Browsing Tag

Gratidão

0 In Felicidade

O que aprendi em 2015…

Compartilhe:

Dois mil e quinze foi um ano conturbado. Alegrias, tristezas, decepções, esperança, términos, revira-voltas, demissões, crise, boas ações. Acho que todas essas classificações não são capazes de descrever a turbulência de acontecimentos que 2015 foi.

Mesmo com as tormentas que a vida me apresenta prefiro ter uma visão mais otimista sobre ela. Aquela velha história de ver o copo meio cheio ou meio vazio. E isso com certeza foi um dos aprendizados deste ano.

Crescer dói. E sofrimento faz crescer. Como amadurecermos se não através das dificuldades? É quando saímos da zona de conforto que a vida põe a gente à prova e quer ver do que somos capazes para conseguir realizar nosso sonhos. 

E olha…. pelo que tenho visto nas timelines da vida esse ano foi o-concur nisso: Em nos testar, e nos mostrar que precisamos amadurecer. Pensando nisso fiz uma pequena lista de aprendizados. Compartilho ela com vocês, e espero que vocês compartilhem os seus comigo.

1 – Pessoas entram e saem de nossas vidas, mas as que são importantes arrumam um jeito de ficar, ou voltar.

2 – Tem ciclos que precisam ser encerrados para que outros comecem.

3 – Nenhuma espécie de idealização é bacana. Idealizar é criar expectativa e quando a realidade não condiz com que imaginamos, nos frustamos.

4 – Aprender a viver na desarmonia é tão importante quanto correr atrás de um ambiente harmônico. Nem sempre as pessoas envolvidas tem noção de que precisam mudar ou querem mudar.

5 – E quem disse que alguém precisa mudar? Aprender a entender o ponto de vista do outro é tão importante quanto querer que o outro entenda o seu.

6 – Levar a vida com mais leveza é fundamental. Isso nos dá uma força danada naquelas situações em que tudo parece estar fora de lugar.

7 – Beba água. Não tem como viver bem sem água. Precisamos dela para nos manter hidratados e consequentemente ficarmos com a saúde em dia.

8 – Se alimente bem. Resolvi começar uma reeducação alimentar depois de hábitos “rudimentares” durante décadas. Percebi na marra (sentindo um cansaço enorme) que me alimentar bem é apenas um dos pilares para uma longevidade que quero cultivar.

9- Exercite-se. Aquela velha história de corpo sã mente sã. É bem por aí.

10 – E por fim. Exercite sua espiritualidade. Não falo de religião em si. Aliás, falo também se você crê em alguma. Seja grato, dê valor ao que você tem e crie um maior contato com Deus (se você acredita nele) ou com você mesmo. Com certeza assim, você se conhecerá mais e aprenderá a ver o lado positivo até nas coisas ruins.

Que 2016 venha colocando o pé na porta e trazendo muita paz, alegria e prosperidade para todos nós!

Ano novo 2016 Pixabay

Se você gostou deste post compartilhe nas redes sociais. 😉

Beijos,
Kari.



Compartilhe:
0 In Felicidade

Gratidão: O elemento das pessoas felizes

Compartilhe:

“A gratidão é o único tesouro dos humildes.”

(William Shakespeare)

Independentemente do que aconteça em sua vida sempre seja grato. Um dia desses li esta frase na minha timeline do Facebook e fiquei refletindo por horas a fio. O que é ser grato? Por que ser grato? Como ser grato? Essas foram só algumas das questões que me rondaram.

Até que conclui: Todos temos problemas. Todos. Sem exceção. Mas na vida temos duas alternativas: Sermos conduzidos por eles ou agimos para resolvê-lo. Claro que nem todo problema é assim tão simples de solucionar. Há uma infinidades de coisas envolvidas. Comportamentos, crenças enraizadas, pessoas.

Não existe um receita mágica que lhe ensine como superar um desafio ou melhorar em tal coisa. Talvez seja aí que a gratidão entra. Reconhecer o problema, aprender a viver na desarmonia e exercer a gratidão é o primeiro passo para a tão buscada felicidade. Por que esperar ter o carro do ano para ser feliz? Por que esperar para ter um namorado(a)? Ou um marido/esposa? Por que acreditar que um bem material vai te trazer a realização?

Aprender a ser grato pelo o que você tem hoje — mesmo com a celulite, mesmo com a falta de grana, ou seja lá qual for o seu problema — com certeza vai ter fazer ter muito mais gás para superar as adversidades e dar valor quando vier a bonança. Portanto, seja grato. Você está vivo. Muitos já não tem mais essa opção.

 

Beijos,

Kari.

 



Compartilhe: