Browsing Category

Viagens

0 In Dicas/ Mais recentes/ Viagens

Como levar dinheiro em uma viagem internacional

Compartilhe:

Você sabe como levar dinheiro para a viagem internacional? Bom, essa é uma das muitas dúvidas que os viajantes possuem na hora de planejar uma trip. Existem três formas de levar a bufunfa quando viajamos. São elas: dinheiro em espécie, cartão de crédito e cartão pré-pago. Abaixo listo para vocês as vantagens e desvantagens de cada uma:

LEIA MAIS: entenda porque você deve fazer um seguro viagem antes de embarcar 

💰 Dinheiro

A grande vantagem de levar dinheiro em uma viagem internacional é não ter que pagar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que fica na casa de 6,38%. Com isso, você acaba fazendo seu dinheiro valer mais. Já a desvantagem é o risco de perder a grana ou ser roubado. O que é uma tremenda furada caso aconteça.

 

💳 Cartão de crédito

No caso do cartão de crédito, a grande vantagem é a maior segurança, já que em casos de roubo basta ligar para a central de atendimento da operadora do cartão e cancela-lo. Além disso, se souber usar, o cartão de crédito é uma ótima oportunidade para o acúmulo de milhas, o que pode proporcionar mais viagens.

Mas, esse tipo de pagamento também possui desvantagens. Nesse caso, é o pagamento do IOF. Outro ponto que quem comprar com cartão de crédito lá fora tem que se atentar é que o valor do câmbio a ser pago pelo produto/serviço é o do dia do fechamento da fatura do cartão e não o do dia da compra, o que pode tornar a transação bem mais cara.

LEIA MAIS: Como viajar com o dólar alto?

💳 Cartão pré-pago

O cartão pré-pago possuí praticamente as mesmas vantagens e desvantagens que um de crédito: maior segurança e pagamento de 6,8% de IOF. Além disso, considero vantagem o fato deles oferecerem um aplicativo para controle dos gastos e devolverem o dinheiro que não foi utilizado, caso tenha recarregado demais, ou o fato de transforma-lo em crédito para a próxima viagem. Um dos mais tradicionais no mercado é o Visa Travel Master.

Agora, como escolho o que irei levar? Bom isso vai depender do destino. Mas, o ideal é SEMPRE mesclar as formas de pagamento. Assim, evita-se imprevistos e o risco de ficar sem grana durante a viagem.

Você pode conferir mais conteúdos sobre viagens aqui.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ Viagens

Dicas para lidar com o medo de avião

Compartilhe:

Ao viajarmos é natural nos deparamos com uma situação: ter que embarcar no avião. Para muitos destinos, esse é a único meio de transporte, ou então o mais rápido, e lidar com o medo se torna algo inevitável. Entretanto, a possibilidade de voar pode deixar algumas pessoas desconfortáveis, ou até mesmo em pânico. Mas, você já pensou da onde surgiu esse medo? Ou como pode superá-lo? Separamos algumas dicas preciosas sobre esse tema: 

VAI VIAJAR? Reserve sua hospedagem pelo Booking.com  

Entenda o seu medo

O medo é um mecanismo de defesa do nosso cérebro. Basicamente, ele pode resultar em três reações: fuga, paralisia ou ataque. Trazendo isso para quem tem medo de avião, você pode deixar de viajar por medo, o que se encaixa na fuga; até embarcar, mas não conseguir relaxar durante o voo: paralisia; ou simplesmente ter uma crise de ansiedade: ataque, por exemplo.

Como ninguém quer ter nenhuma dessas reações, é preciso entender como esse medo se formou. Reflita porque você desenvolveu esse medo e tente pensar em motivos reais que desmitifiquem essa crença.

Entenda como funciona um avião

O desconhecimento pode ser um dos causadores do medo. Como não ficar receoso com o que não conhecemos? Por isso, procure se informar sobre como um avião funciona antes de embarcar. Para já dar aquela ajudinha, confira algumas informações importantes que reuni:

– Os aviões são projetados para aguentar turbulências. Por isso, não se desespere com o tremor.

– Sentar na altura das asas é uma ótima opção para quem tem pavor quando o avião balança em uma turbulência, já que essa é uma mais estável da aeronave. Outra dica é sentar no corredor. Afinal, sentar na janela e olhar a quantos metros de altura você está não ajuda a ficar mais calmo!

– Segundo o Conselho Nacional de Segurança dos Estados Unidos, a chance de uma pessoa morrer em um acidente de carro (1 em 112) é muito maior do que em um acidente de avião (1 em 8.357).

Prepare-se para o voo

Você sabia que é possível fazer o check-in da sua viagem antes de sair de casa, pelo aplicativo da companhia aérea? Ou ainda de que é sempre bom checar em qual aeroporto você vai embarcar para evitar perder o voo?

Pode parecer bobagem, mas medidas como essas nos deixam menos ansiosa, diminuindo assim a probabilidade de ficar nervosa ao entrar no avião. Então, lembre-se: se planejar é essencial para manter a calma durante a viagem e evitar imprevistos.

Leve uma distração

Como enfrentar longas horas de voo sem uma distração? Atualmente, diversas companhias aéreas oferecem filmes e internet a bordo para os passageiros. Mas, para não ficar na mão, seja lá por qual motivo, é sempre bom ter coisas que você gosta para se distrair durante o período dentro do avião.

Leve seu livro preferido, ou o seu Kindle, caso você tenha um; Baixe episódios da sua série favorita ou aquela playlist com as músicas que você ama para já ir entrando no clima da viagem; Leia a revista do voo; ou ainda compre palavras cruzadas, que são ótimas para distrair a mente e esquecer o nervosismo.

Se nada disso adiantar, considere dormir. Um soninho sempre é revigorante! Mas, se você é daqueles que não consegue dormir por nada, verifique se algum passageiro está aberto a um diálogo. Caso não, você pode puxar papo com os comissários de bordo e explicar que tem medo de avião. Geralmente, esses profissionais são treinados para lidar com esse tipo de situação.

Evite bebidas alcoólicas ou com cafeína

Bebidas alcoólicas tem seus efeitos potencializados durante um voo. Por isso, se elas já desidratam em terra firme, imagina no ar?

Já com relação a bebidas que contém cafeína podem ter um efeito duplo: além de te deixa mais desidratado ela também pode desregular o sono. 

As infos deste texto estão lhe ajudando? Então reserve sua hospedagem pelo Booking e ajude o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso 😀  


Booking.com

Mantenha pensamentos positivos

Já ouviu falar de que quanto mais repetimos uma frase para nós mesmo, mais ela se torna verdade? Ao repetir pensamentos positivos para você mesmo fazemos com que nosso cérebro acredite naquilo depois de um tempo. Então, ao invés de ficar pensando bobagem, que tal pensar coisas agradáveis como: “Tô calma e viajar é maravilhoso!”.

Ou ainda, ao invés de pensar no voo em si, procure imaginar o tanto de coisa legal que você vai conhecer no novo destino.

Recorra a exercícios de respiração e meditação

Para espantar o medo de voar, procure investir em exercícios de respiração e meditação. Eles são ótimos para relaxar, deixar a mente mais leve e, consequentemente, você mais calmo.

Esse gif do site Minha Vida, pode te ensinar a respirar da forma correta: 

Se nada disso adiantar…

…Procure ajuda de profissionais de saúde mental. Não é vergonha nenhuma não conseguir lidar com o próprio medo. Se só de pensar  em entrar em um avião você entra em pânico e você não viaja por conta disso, considere marcar uma consulta com um psicólogo e iniciar um tratamento. Lembre-se: saúde mental em dia em primeiro lugar 😀

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ Viagens

Viajar é caro? Confira os destinos que você poderia conhecer com o dinheiro que gasta em outros objetos

Compartilhe:

Muita gente acha que viajar é algo caro. Já abordamos aqui que viajar realmente pode ser um privilégio. Mas, é inegável que atualmente colocar a mochila nas costas e sair por esse mundão é muito mais fácil que há anos trás. Logo, em certas ocasiões, viajar mais pode ser somente falta de prioridade.

E com o intuito de mostrar que viajar pode, e deve, ser mais fácil do que você imagina, separei alguns destinos que é possível conhecer com o dinheiro que gastamos em outros objetos. Duvida? Então confere só:

 

A simulação deste post foi realizada no site “Quanto Custa Viajar?”. Para facilitar o cálculo, consideramos um semana de disponibilidade, com saída do Rio de Janeiro, em Fevereiro de 2019 (alta temporada).

 

Pelo preço de um Iphone você conhece Cancún

Um Iphone pode ser o objeto de desejo de muito gente. Mas, você sabia que pelo preço de um modelo Iphone X 64 GB (R$ 4.449) você poderia conhecer Cancún, no México? Isso mesmo! O destino turístico super conhecido por suas praias paradisíacas e águas cristalinas pode ser conhecido pelo valor pago em um smartphone. 

Outros destinos que você poderia conhecer pelo preço de um Iphone são: Orlando (EUA), Cartagena e San Andrés (Colombia), Bariloche (Argentina); Montevidéu (Uruguai), e Roma (Itália).

Pelo preço de uma TV você conhece Buenos Aires

O preço que você gastaria em uma Smart TV Full HD da LG de 43 polegadas (R$1.599) poderiam ser utilizados para passar uma semana na capital da Argentina, por exemplo. Além de Buenos Aires, de acordo com a nossa simulação, outros destinos que poderiam ser desbravados com esse valor são: Mendoza, também na Argentina; e Campos de Jordão, Salvador, Manaus e Brasília. 

Pelo preço de um ar-condicionado você conheceria Lima

No verão é comum muitas pessoas comprarem um ar-condicionado para aguentar as altas temperaturas. Mas, já parou pra pensar que destinos dá para conhecer com o valor gasto nesse objeto? Bom, com um pouquinho mais de R$ 2 mil (R$ 2.036,80 pra ser mais exata) pagos em um ar-condicionado Springer Midea dá para visitar Lima, no Peru.

Outros destinos que poderiam ser conhecidos com esse valor são: Cidade do Leste, no Paraguai, além de diversas cidades brasileiras como Fortaleza, Foz do Iguaçu, Aracaju, Belém, Porto Alegre e Vitória.

Viu, como viajar não precisa ser necessariamente caro? Com um bom planejamento e foco é possível tirar a tão sonhada viagem do papel!

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Inspiração/ Mais recentes/ Viagens

Não existe receita de bolo para viajar!

Compartilhe:

Um dia desses surgiu em um grupo que participo do Facebook um texto questionando se falta realidade nos blogs de viagem. As reflexões foram feitas pela Adriana Satti, do blog Achados, hospedado na revista eletrônica Viagem E Turismo. Do texto, surgiu um debate sobre como abordamos nossas viagens. E aí me veio a cabeça uma conclusão óbvia: não existe receita de bolo para viajar!

Compartilhamos percepções. Não há como um visitante ler nossos textos e acreditar que a viagem dele será igual, tanto nas coisas boas quanto nas ruins. E mais, você pode muito bem ler um texto — ou assistir a um vídeo, entre outras formas de consumir um conteúdo — e concordar ou não com o que o autor está dizendo. E tá tudo bem com isso!

Por isso, me incomodo tanto com perguntas genéricas como “Quanto vou gastar nesse destino?”, “Você gostou da viagem?”, entre outras variações desses questionamentos. O que me agrada, pode não ser o que agrada você. A mesma coisa vale para o que incomoda. Repito: blogs de viagem compartilham percepções! Não ditamos regras.

A principal diferença entre a viagem de um blogueiro/produtor de conteúdo para uma pessoa comum é o olhar, geralmente mais crítico. E a crítica tem um objetivo muito claro: deixar o leitor informado sobre as características do destino, para ele decidir se combina com ele ou não.

Agora quanto se vai gastar, se a viagem será mais econômica ou mais luxuosa, se o leitor irá gostar ou não, isso são variáveis. Exatamente por esses motivos que não há uma resposta pronta para se planejar e executar uma viagem.

Leia mais textos narrativos de viagem na categoria Inspiração

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ Viagens

2019: confira a lista de feriados e pontos facultativos

Compartilhe:

Feriados são datas sempre esperadas, pois é a grande chance de quem trabalha ter o tão merecido descanso. Afinal, uma pausa na rotina, nunca cai mal né?

Mas, que tal verificar a lista de feriados de 2019 e já ir programando as próximas viagens? Já pensou, a cada feriadão um destino novo? Tudo é possível com um bom planejamento.

E para você já ir se programando fiz um lista dos feriados nacionais e pontos facultativos que rolarão em 2019. Confere só:

Vai viajar? Reserve sua hospedagem através do Booking.com

 

1º de janeiro: Confraternização Universal (feriado nacional);

4 de março, Carnaval (ponto facultativo);

5 de março, Carnaval (ponto facultativo);

6 de março, quarta-feira de cinzas (ponto facultativo até as 14 horas);

19 de abril, Paixão de Cristo (feriado nacional);

21 de abril, Tiradentes (feriado nacional);

1º de maio, Dia Mundial do Trabalho (feriado nacional);

20 de junho, Corpus Christi (ponto facultativo);

7 de setembro, Independência do Brasil (feriado nacional);

12 de outubro, Nossa Senhora Aparecida (feriado nacional);

28 de outubro, Dia do Servidor Público (ponto facultativo);

2 de novembro, Finados (feriado nacional);

15 de novembro, Proclamação da República (feriado nacional);

24 de dezembro, véspera de natal (ponto facultativo após as 14 horas);

25 de dezembro, Natal (feriado nacional);

31 de dezembro, véspera de ano novo (ponto facultativo após as 14 horas)

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Viagens

Brasil ganha voo de baixo custo para o Reino Unido

Compartilhe:

A aérea low cost Norwegian começou a vender ontem (dia 27 de novembro), os primeiros voos ligando o Reino Unido ao Brasil, com uma rota direta entre Londres e Rio de Janeiro. As operações começarão a partir de 31 de março de 2019, com rotas às segundas, quartas, sextas-feiras e domingos.

Para Teté Bezerra, presidente do Instituto Brasileiro de Turismo, a medida representa um importante passo na internacionalização do turismo brasileiro “e reforça a competitividade do turismo nacional, na medida em que permite a ampliação da oferta e a consequente redução do custo de passagens”.

Em agosto deste ano, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) liberou a companhia norueguesa com base no Reino Unido para fazer o transporte aéreo internacional regular de passageiro, carga e mala posta no Brasil. O valor de algumas tarifas já foram divulgadas. Os preços partem de, aproximadamente, R$1.200 (equivalente a £240) por pessoa por trecho (www.norwegian.com/uk).

A Norwegian é a terceira maior entre as empresas aéreas de baixo custo da Europa, conhecidas como low cost, e  foi classificada como a companhia aérea mais eficiente em combustível em rotas transatlânticas pelo Conselho Internacional de Transporte Limpo (ICCT) e tem uma das frotas de aeronaves mais recentes do mundo, com uma idade média de 3,7 anos. Além do Brasil, atualmente, a empresa oferece uma rede crescente de voos de longa distância entre Londres e 12 destinos populares nos Estados Unidos e na Argentina.

Desde outubro, a companhia Sky Airline, uma low cost chilena, opera voos de Santiago, no Chile, para Rio de Janeiro, São Paulo e Florianópolis.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ Relato dos colaboradores/ Viagens

Todo mundo deveria ser imigrante um dia | Por Binha Silveira

Compartilhe:

Na sessão “relato dos colaboradores” de hoje vamos conferir as dicas da viajante Binha Silveira sobre a vida de imigrante, com suas dores e sabores. Confira!

Quer compartilhar seu relato com outros viajantes? Envie um texto contando como foi sua experiência para o e-mail: karidesbrava@gmail.com

***

Vida de imigrante, para quem nunca foi, é só glamour, romantismo. Mas a realidade é bem diferente disso! O fato é que é um reaprender a caminhar, é sair da zona de conforto, sem ter onde, em quem se apoiar.

Se o açúcar acabou ou não tem grana, não tem vizinho ou amigo para pedir emprestado. Não tem cheque especial ou cartão de crédito a pagar fora da vista. Não tem “jeitinho”.

Se quer vida social, tem que conquistar, a duras penas. Isso sempre lidando com o preconceito e desconfiança dos nativos, que sempre o terão como um forasteiro (o que na verdade é).

Ser imigrante te faz ser mais humilde, menos egocêntrico e mais centrado. É uma luta constante pela sobrevivência e permanência no espaço.

É provar o tempo inteiro que você não faz parte do “bando” conhecido – o que às vezes se torna cansativo – e conquistar diariamente o seu espaço por si só, sem referências. E isso te torna mais forte, te mostra caminhos que antes você desconhecia, te faz se redescobrir, se reinventar.

As relações às quais você está acostumado jamais serão as mesmas. Os lugares também não. Isso pode ser bom ou ruim, depende de como você enxerga. Fato é que imigrar é para os fortes (ou para quem se permite ser lapidado).

Você vai deixar de estar presente fisicamente em comemorações, nascimentos, velórios, aniversários e tantos outros acontecimentos diários que perderá a conta.

Vai sentir muita falta dos seus amigos e família e ter que vê-los através de uma tela de computador ou celular.

Não tem cheiro, nem abraço. Mas vai ter novas relações, novas experiências, aprendizados e descobertas. Vai te libertar de uma mentalidade, por vezes, bairrista e provinciana.

Eu, como uma amante da vida e das boas relações interpessoais, por não abrir mão delas, me entrego às experiências. Mas dizer que é fácil, seria hipocrisia da minha parte. Não, não é. E quem disse que seria? E isso é o que torna ainda mais gratificante o resultado dessa constante busca: a descoberta.

Bom, para quem está disposto. E tem estrutura para aguentar. Quem não tem, sucumbe, retorna, desiste.

Mas, se posso dar um conselho para um crescimento e amadurecimento pessoal é: seja imigrante pelo menos uma vez em sua vida. Você vai se surpreender!”

Para conferir mais textos da Binha, conheça o blog dela.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Felicidade/ Mais recentes/ Viagens

Aprenda a transformar metas em realidade

bloco de notas e lápis
Compartilhe:

Com frequência escuto as pessoas reclamarem que viajar muito é impossível. Perguntam admiradas como pode alguém viajar com tanta frequência. Bom, respondo para vocês: esse pessoa tornou as viagens uma prioridade na vida dela.

Já falamos aqui, que dependendo da sua situação, viajar ainda é um privilégio. Mas, hoje vamos tratar de outro ponto: daqueles que querem viajar mais, porém não o fazem por pura falta de organização financeira.

O primeiro passo para quem deseja viajar com frequência passa pela tomada de decisão. Você precisa querer isso. Querer muito. Pois só assim conseguirá resistir a todas as tentações que aparecerão pelo caminho. E olha… serão muitas.

E lembre-se, viajar é prazeroso, mas não traz prazer imediato como “bruzinhas”, saídas e afins. Repito: por isso é tão importante você ter convicção de que isso (viajar) é o que você deseja. Como dizem por aí: “pra quem não sabe para onde vai, qualquer caminho vale“.

Depois será preciso fazer uma revisão nas próprias finanças. Detectar onde está havendo desperdícios e cortá-los é o começo para fazer suas viagens acontecerem.

Tomada a decisão e feita a análise de como anda sua vida financeira é hora de estipular quanto é preciso juntar e em quanto tempo. Escreva em uma papel, no notes do celular, em um mural. O local não importa muito, o que vale aqui é que isso esteja a seu alcance a qualquer momento.

Por fim, inspire-se! Lembre-se sempre que possível o quanto isso é valioso. Pode ser através de fotos no celular (colocar seu objetivo como capa do seu aparelho é uma boa!), vendo vídeos, assistindo a filmes, lendo textos como esse aqui. Recorde sua meta com frequência, pois só assim você não irá trocá-la pelo primeiro convite para sair.

Obs: Dei o exemplo das viagens no texto, mas essa “fórmula” do Decide + Poupe + Execute funciona para qualquer objetivo que você queira ter na vida 😀 Por isso, o título. 

Obs2: O texto acima é baseado nas minhas experiências e na forma que encontrei de concretizar o que sonho. Mas, apesar de tê-lo simplificado, não há aqui o intuito de apresentar uma fórmula mágica. Para transformar qualquer objetivo em realidade é preciso esforço. Por isso, desconfie de tudo e todos que te prometam um resultado milagroso.

Se você gostou deste texto, confira nossa sessão de textos inspiradores.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
1 In Dicas/ Mais recentes/ Viagens

Como viajar com o dólar alto?

dolar
Compartilhe:

Viajar com o dólar batendo R$ 4,50 não é das tarefas mais fácies. A desvalorização do real frente a moeda americana pode desanimar muitos de fazerem a tão sonhada viagem. Mas, o blog vem aqui te dá uma boa notícia: viajar com o dólar alto é possível, mas para isso é preciso ter um bom planejamento.

E para te ajudar no antes, durante e depois da sua viagem reuni as melhores dicas sobre como viajar com o dólar alto! Confere só:

Cuidado com a escolha do destino!

Pesquise muito os destinos antes de embarcar. Verifique se não é melhor conhecer países com moedas mais em conta. Bons lugares para se viajar com o dólar está alto são países da América do Sul, como Chile, Argentina, Peru e Bolívia, destinos mais alternativos da Europa, com Hungria e outros países do leste europeu, ou então países como México, Índia e Africa do Sul, que possuem culturas muito interessantes e são bem mais em conta que os Estados Unidos.

Mas, se o seu sonho é mesmo se esbaldar em Nova Iorque, Miami ou Paris, calma! Como eu disse acima, nada como planejamento para conseguir realizar esta meta.

Não compre dólar na última hora

Ao invés de comprar dólar em cima da hora, vá comprando a moeda aos poucos. Assim você consegue pagar a média do que a moeda vale, ao invés de pagar o valor mais alto. Lembre-se: em tempos de crise econômico, período na qual vivemos hoje, a cotação das moedas varia muito. Por isso, comprar tudo de uma vez pode causar um roubo no seu orçamento.

Fique mais tempo nos lugares

Tempo de dólar alto pede cuidados redobrados. Ao invés de fazer um pinga pinga entre destinos porque não passar mais tempo no mesmo lugar? Quando ficamos mais tempo em um destino, a tendência é que economizemos mais, pois assim temos tempo de andar de transporte público, pesquisar preços de onde comer, sem falar na economia que se faz pelo fato de não estar se locomovendo a todo momento.

Atenção com a hospedagem

A hospedagem é uma das grandes custos de uma viagem, por isso, tenha atenção ao escolher a sua. Mas, guarde bem este conselho: sempre priorize um local com boa localização. Escolher pagar mais barato, mas fica em um local longe é cilada! O que você economiza com a hospedagem, gasta com transporte. E gasto excessivo é tudo o que você deve evitar com o dólar alto.

Viaje no meio da semana

Viajar no meio da semana barateia os custos da passagem. Então, se você tem como viajar na terça, quarta e quinta ao invés do fim de semana, faça isso! Afinal, assim você utiliza o dinheiro economizado na passagem para gastos durante a viagem.

Use as milhas

Lembra do seu cadastro nos programas de fidelidade da companhia aerea? Então! Acesse e verifique se a quantidade de milhas acumuladas podem te ajudar a comprar uma passagem.

Fuja dos períodos de alta temporada

Além de tentar não viajar no fim de semana, em período de dólar alto, fuja da alta temporada. Como bom viajante, você sabe que alta temporada é sinônimo de preços mais elevados. E adivinha? Você deve correr disso!

Compre os passeios com antecedência

Na hora do planejamento, pesquise quais atrações você quer conhecer e verifique se comprar os ingressos para elas com antecedência te fará economizar. Provavelmente a resposta será sim, e diante da certeza que alguma grana será poupada, nem pisque: compre logo suas entradas.

Calcule a média diária dos gastos

Uma ótima estratégia para viajar com o orçamento mais apertado é orça o quanto você pode gastar por dia. Assim, se você economiza em uma dia, pode gastar mais um pouquinho no outro. E vice-versa. Uma ótima forma de fazer esse cálculo é através do site Quanto Custa Viajar.

Esqueça as compras

Tempos de dólar alto não é um período favorável para compras. Ao invés isso, foque em conhecer mais o destino. Considere também atrações gratuitas como freewalking tours ou os dias de entrada gratuitas em museus e centros culturais.

Prefira dinheiro vivo

Usar o cartão de crédito em viagens internacionais pode ser a maior furada. Com o dólar alto então… Tudo isso porque a conversão do que você irá pagar só é feita no fechamento da fatura e, até lá, a moeda pode ter se valorizado. Por isso, opte por usar dinheiro vivo ao invés do cartão de crédito.

Ainda tá difícil viajar?

Se mesmo com as dicas acima ainda tá difícil tirar seus planos do papel, considere parcelar a viagem. Mas, antes de sair parcelando tudo e se enfiar em uma dívida, conheça bem sua vida financeira e verifique em quanto tempo você vai conseguir quitar essa dívida! Se você comprovar que o parcelamento não é uma boa opção, considere então viajar pelo Brasil. Geralmente, achamos o Brasil caro, mas muitas vezes comparamos os preços da alta temporada daqui com a baixa temporada dos destinos internacionais.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
2 In Mais recentes/ Viagens

Destinos inesquecíveis! Eternize suas viagens com berloques

Compartilhe:

Viajar pode ser uma experiência transformadora. O contato com novos costumes, idiomas, hábitos e paisagens nos apresentam outras visões de mundo e, com certeza, esse é um dos grandes benefícios de desbravar. Mas, que tal ter alguma lembrança daquela sua viagem marcante?

Entre as maneiras de recordar uma viagem, há a possibilidade de colecionar berloques, uma espécie de pingente de pulseiras. Há pouco tempo conheci a loja Amo Berloque, o maior e-commerce brasileiro especializado nas vendas de berloques e considerada a maior loja virtual com variedades de berloques com o tema viagem do Brasil. E como recordar bons momentos é viver, resolvi listar três destinos inesquecíveis para mim e seus berloques, que são só amor <3  Confira:

Lençóis Maranhenses e São Luís, no Maranhão

Conhecer os Lençóis Maranhenses foi um sonho realizado. Com uma paisagem surreal de linda, é impossível não se encantar com tanta beleza natural. As dunas, o pôr-do-sol no meio do ‘deserto brasileiro’, o rali da volta, os 13 km de caminhada. Tudo valeu a pena para conhecer e viver essa experiência mágica!

Já em São Luís temos contato com a nossa história, presentes nas fachadas dos prédios, na culinária e nas danças. Como uma forma de lembrar essa viagem escolhi o berloque prata do Bumba Meu Boi, um dos símbolos do estado. 

Lagoa nos Lençóis Maranhenses

Rio de Janeiro

A carioca aqui tem uma queda pelo Rio de Janeiro. Viajo, viajo e viajo, mas sempre sinto uma sensação incrível em estar em casa. Tanto é que desbravar o Rio é um dos mandamentos deste blog.

Cheia de encantos, o RJ tem muitos atrativos: que vão desde os mais conhecidos como as praias, o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar, à trilhas e programas culturais.

Trilha da Pedra Bonita. Ao fundo, a Pedra da Gávea

 

Como uma forma de eternizar os momentos vividos aqui, escolhi o berloque do Cristo Redentor, uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. 

Buenos Aires, na Argentina

E para fechar a lista com chave de ouro, indico Buenos Aires, capital da Argentina. Bucólica, charmosa e com um ar dramático, BA reúne diversos atrativos como o tango, a culinária, com influência espanhola e italiana, as livrarias e cafeterias, além de personagens clássicos como a Mafalda. O berloque escolhido nesse caso é o da bandeira da Argentina.  

Com a estátua da Mafalda, no bairro de San Telmo

 

Quem quiser adquirir qualquer berloque com desconto de 10%, válido até 31 de dezembro de 2018, basta usar o cupom promocional HELLO_KARI no ato da compra.

Confira também a coleção Viagem completa, com pingentes de prata, folheado a ouro e bijuteria e escolha o seu!

 

*Este é um post publicitário. Para dúvidas consulte nossas políticas editoriais.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe: