Browsing Category

Viagens

0 In Mais recentes/ Viagens

São as pessoas que conhecemos pelo caminho que fazem a viagem inesquecível

Compartilhe:

Não são os lugares pelos quais passamos, as comidas que experimentamos, e as fotos que tiramos que fazem uma viagem inesquecível. O poder de transformar um destino em um lugar que sempre terá espaço na memória é das pessoas que conhecemos pelo caminho. 

Confira mais dicas de viagem aqui

Cada um que somos apresentados durante uma viagem carrega uma história. E ao conhecê-las, um pouco delas fica em nós e nos transforma. 

Ouvi falar que jamais voltamos o mesmo de uma viagem. E isso é verdade. Como voltar o mesmo após aprender mais com quem convivemos durante determinado período? 

Novos sotaques, hábitos, linguagens, olhares. Com nossos novos amigos somos obrigados a enxergar o mundo de uma perspectiva muitas vezes nunca imaginada, nunca vivida. Cada um com a sua realidade, mas que em uma viagem se misturam. 

E é curioso como nossas semelhanças são maiores que as diferenças, né?  

Como pode criarmos um conexão, mesmo que temporária fisicamente, com alguém que nunca tínhamos visto antes?

Mistérios de viagem. Desses que só quem viaja consegue entender.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Gostou desse conteúdo? Então, reserve sua hospedagem, adquira seu seguro viagem e alugue seu carro através do #KariDesbrava. Você ajuda ao blog e não paga nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Faça seu Seguro Viagem com a Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars

Compartilhe:
0 In Fotografia/ Mais recentes/ Viagens

Sua vida não vale uma foto perfeita!

Compartilhe:

Na semana passada, um jovem de 21 anos morreu ao tentar fazer uma selfie na estação de trem do Riachuelo, na Zona Norte do Rio. Testemunhas afirmaram que ele teria morrido eletrocutado ao levar um choque no pé. Infelizmente, casos assim são cada vez mais comuns. Uma pesquisa, publicada na revista científica Journal of Family Medicine and Primary Care, descobriu que ao menos 259 pessoas morreram no mundo tentando tirar uma selfie entre os anos de 2011 e 2017.

Ainda de acordo com o levantamento, na maior parte das vezes, as pessoas que tentaram tirar uma selfie e morreram estavam em lagos, cumes de montanhas ou prédios altos e as causas mais comuns para as mortes são afogamentos, acidentes de trânsito e quedas, além de choques elétricos, fogo e morte por animais.

O levantamento também aponta que as maiores vítimas dos ‘selficídios’ são homens: 115 mortes masculinas contra 27 femininas. Apesar de nem todas as morte ocorrerem em lugares de risco, algumas foram fatalidades mesmo, os dados nos mostram que é preciso ter cautela quando o assunto é a busca pela ‘foto perfeita’. E aqui cabe uma reflexão que precisa ser feita com urgência: será que vale mesmo tudo para ter muitos likes nas redes sociais? Será que a sua vida vale menos que o alcance que sua foto terá?

Nas minhas andaças por aí, não é difícil ver pessoas tendo condutas arriscadas quando o assunto é a busca pela tal foto. Seja na Pedra do Telégrafo, no Rio de Janeiro, ou na Popeye Village, em Malta, esse é um comportamento mundial e que precisamos discutir para evitar que mais casos como esses se repitam.

É preciso ter cautela. Lembre-se sempre: na dúvida, não se arrisque!

***

Atualização: A foto do alto é do Mustang Wanted, que compartilha vídeos e fotos tiradas por ele em lugares extremamente perigosos.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Gostou desse conteúdo? Então, reserve sua hospedagem, adquira seu seguro viagem e alugue seu carro através do #KariDesbrava. Você ajuda ao blog e não paga nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Faça seu Seguro Viagem com a Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars


Compartilhe:
0 In Mais recentes/ Viagens

Como emitir o cartão de vacinação internacional

Compartilhe:

Muitos países exigem que o viajante tenha tomado a vacina de febre amarela e que tenha o certificado de vacinação internacional (CIVP) antes de permitir a entrada no destino. Por isso, ao planejar a sua viagem, é preciso se atentar se você já cumpriu todas as exigências de determinado país.

LEIA MAIS: Febre amarela e como ela afeta a vida do viajante

Para emitir o seu certificado, o processo é bastante simples. Primeiro você precisa se realizar um pré-cadastro no site CIVNET, da Anvisa. Depois é preciso ir a um posto de saúde, tomar a vacina e solicitar lá mesmo o certificado de vacinação internacional.

 

VOCÊ SABIA? O certificado é o documento que comprova que você de fato se vacinou contra a febre amarela ou outras doenças. Por isso, ele é exigido.

 

Nesse caso, o viajante deverá apresentar um documento de identidade original com foto, a carteira de vacinação, o comprovante de que tomou a vacina e um comprovante da viagem, que podem ser o bilhete aéreo. Caso o posto de saúde não faça a emissão, procure um posto da Anvisa ou ainda emita seu certificado online.

Ah, vale lembrar que só poderão solicitar o certificado as pessoas que vão viajar com destino ou escala/conexão em países que exigem a vacinação; e o documento não possui data de validade.

Se você tem dúvidas sobre a vacina de febre amarela, assista ao vídeo abaixo:

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Dicas/ Mais recentes/ Viagens

Como levar dinheiro em uma viagem internacional

Compartilhe:

Você sabe como levar dinheiro para a viagem internacional? Bom, essa é uma das muitas dúvidas que os viajantes possuem na hora de planejar uma trip. Existem três formas de levar a bufunfa quando viajamos. São elas: dinheiro em espécie, cartão de crédito e cartão pré-pago. Abaixo listo para vocês as vantagens e desvantagens de cada uma:

LEIA MAIS: entenda porque você deve fazer um seguro viagem antes de embarcar 

💰 Dinheiro

A grande vantagem de levar dinheiro em uma viagem internacional é não ter que pagar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que fica na casa de 6,38%. Com isso, você acaba fazendo seu dinheiro valer mais. Já a desvantagem é o risco de perder a grana ou ser roubado. O que é uma tremenda furada caso aconteça.

 

💳 Cartão de crédito

No caso do cartão de crédito, a grande vantagem é a maior segurança, já que em casos de roubo basta ligar para a central de atendimento da operadora do cartão e cancela-lo. Além disso, se souber usar, o cartão de crédito é uma ótima oportunidade para o acúmulo de milhas, o que pode proporcionar mais viagens.

Mas, esse tipo de pagamento também possui desvantagens. Nesse caso, é o pagamento do IOF. Outro ponto que quem comprar com cartão de crédito lá fora tem que se atentar é que o valor do câmbio a ser pago pelo produto/serviço é o do dia do fechamento da fatura do cartão e não o do dia da compra, o que pode tornar a transação bem mais cara.

LEIA MAIS: Como viajar com o dólar alto?

💳 Cartão pré-pago

O cartão pré-pago possuí praticamente as mesmas vantagens e desvantagens que um de crédito: maior segurança e pagamento de 6,8% de IOF. Além disso, considero vantagem o fato deles oferecerem um aplicativo para controle dos gastos e devolverem o dinheiro que não foi utilizado, caso tenha recarregado demais, ou o fato de transforma-lo em crédito para a próxima viagem. Um dos mais tradicionais no mercado é o Visa Travel Master.

Agora, como escolho o que irei levar? Bom isso vai depender do destino. Mas, o ideal é SEMPRE mesclar as formas de pagamento. Assim, evita-se imprevistos e o risco de ficar sem grana durante a viagem.

Você pode conferir mais conteúdos sobre viagens aqui.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ Viagens

Dicas para lidar com o medo de avião

Compartilhe:

Ao viajarmos é natural nos deparamos com uma situação: ter que embarcar no avião. Para muitos destinos, esse é a único meio de transporte, ou então o mais rápido, e lidar com o medo se torna algo inevitável. Entretanto, a possibilidade de voar pode deixar algumas pessoas desconfortáveis, ou até mesmo em pânico. Mas, você já pensou da onde surgiu esse medo? Ou como pode superá-lo? Separamos algumas dicas preciosas sobre esse tema: 

VAI VIAJAR? Reserve sua hospedagem pelo Booking.com  

Entenda o seu medo

O medo é um mecanismo de defesa do nosso cérebro. Basicamente, ele pode resultar em três reações: fuga, paralisia ou ataque. Trazendo isso para quem tem medo de avião, você pode deixar de viajar por medo, o que se encaixa na fuga; até embarcar, mas não conseguir relaxar durante o voo: paralisia; ou simplesmente ter uma crise de ansiedade: ataque, por exemplo.

Como ninguém quer ter nenhuma dessas reações, é preciso entender como esse medo se formou. Reflita porque você desenvolveu esse medo e tente pensar em motivos reais que desmitifiquem essa crença.

Entenda como funciona um avião

O desconhecimento pode ser um dos causadores do medo. Como não ficar receoso com o que não conhecemos? Por isso, procure se informar sobre como um avião funciona antes de embarcar. Para já dar aquela ajudinha, confira algumas informações importantes que reuni:

– Os aviões são projetados para aguentar turbulências. Por isso, não se desespere com o tremor.

– Sentar na altura das asas é uma ótima opção para quem tem pavor quando o avião balança em uma turbulência, já que essa é uma mais estável da aeronave. Outra dica é sentar no corredor. Afinal, sentar na janela e olhar a quantos metros de altura você está não ajuda a ficar mais calmo!

– Segundo o Conselho Nacional de Segurança dos Estados Unidos, a chance de uma pessoa morrer em um acidente de carro (1 em 112) é muito maior do que em um acidente de avião (1 em 8.357).

Prepare-se para o voo

Você sabia que é possível fazer o check-in da sua viagem antes de sair de casa, pelo aplicativo da companhia aérea? Ou ainda de que é sempre bom checar em qual aeroporto você vai embarcar para evitar perder o voo?

Pode parecer bobagem, mas medidas como essas nos deixam menos ansiosa, diminuindo assim a probabilidade de ficar nervosa ao entrar no avião. Então, lembre-se: se planejar é essencial para manter a calma durante a viagem e evitar imprevistos.

Leve uma distração

Como enfrentar longas horas de voo sem uma distração? Atualmente, diversas companhias aéreas oferecem filmes e internet a bordo para os passageiros. Mas, para não ficar na mão, seja lá por qual motivo, é sempre bom ter coisas que você gosta para se distrair durante o período dentro do avião.

Leve seu livro preferido, ou o seu Kindle, caso você tenha um; Baixe episódios da sua série favorita ou aquela playlist com as músicas que você ama para já ir entrando no clima da viagem; Leia a revista do voo; ou ainda compre palavras cruzadas, que são ótimas para distrair a mente e esquecer o nervosismo.

Se nada disso adiantar, considere dormir. Um soninho sempre é revigorante! Mas, se você é daqueles que não consegue dormir por nada, verifique se algum passageiro está aberto a um diálogo. Caso não, você pode puxar papo com os comissários de bordo e explicar que tem medo de avião. Geralmente, esses profissionais são treinados para lidar com esse tipo de situação.

Evite bebidas alcoólicas ou com cafeína

Bebidas alcoólicas tem seus efeitos potencializados durante um voo. Por isso, se elas já desidratam em terra firme, imagina no ar?

Já com relação a bebidas que contém cafeína podem ter um efeito duplo: além de te deixa mais desidratado ela também pode desregular o sono. 

As infos deste texto estão lhe ajudando? Então reserve sua hospedagem pelo Booking e ajude o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso 😀  


Booking.com

Mantenha pensamentos positivos

Já ouviu falar de que quanto mais repetimos uma frase para nós mesmo, mais ela se torna verdade? Ao repetir pensamentos positivos para você mesmo fazemos com que nosso cérebro acredite naquilo depois de um tempo. Então, ao invés de ficar pensando bobagem, que tal pensar coisas agradáveis como: “Tô calma e viajar é maravilhoso!”.

Ou ainda, ao invés de pensar no voo em si, procure imaginar o tanto de coisa legal que você vai conhecer no novo destino.

Recorra a exercícios de respiração e meditação

Para espantar o medo de voar, procure investir em exercícios de respiração e meditação. Eles são ótimos para relaxar, deixar a mente mais leve e, consequentemente, você mais calmo.

Esse gif do site Minha Vida, pode te ensinar a respirar da forma correta: 

Se nada disso adiantar…

…Procure ajuda de profissionais de saúde mental. Não é vergonha nenhuma não conseguir lidar com o próprio medo. Se só de pensar  em entrar em um avião você entra em pânico e você não viaja por conta disso, considere marcar uma consulta com um psicólogo e iniciar um tratamento. Lembre-se: saúde mental em dia em primeiro lugar 😀

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ Viagens

Viajar é caro? Confira os destinos que você poderia conhecer com o dinheiro que gasta em outros objetos

Compartilhe:

Muita gente acha que viajar é algo caro. Já abordamos aqui que viajar realmente pode ser um privilégio. Mas, é inegável que atualmente colocar a mochila nas costas e sair por esse mundão é muito mais fácil que há anos trás. Logo, em certas ocasiões, viajar mais pode ser somente falta de prioridade.

E com o intuito de mostrar que viajar pode, e deve, ser mais fácil do que você imagina, separei alguns destinos que é possível conhecer com o dinheiro que gastamos em outros objetos. Duvida? Então confere só:

 

A simulação deste post foi realizada no site “Quanto Custa Viajar?”. Para facilitar o cálculo, consideramos um semana de disponibilidade, com saída do Rio de Janeiro, em Fevereiro de 2019 (alta temporada).

 

Pelo preço de um Iphone você conhece Cancún

Um Iphone pode ser o objeto de desejo de muito gente. Mas, você sabia que pelo preço de um modelo Iphone X 64 GB (R$ 4.449) você poderia conhecer Cancún, no México? Isso mesmo! O destino turístico super conhecido por suas praias paradisíacas e águas cristalinas pode ser conhecido pelo valor pago em um smartphone. 

Outros destinos que você poderia conhecer pelo preço de um Iphone são: Orlando (EUA), Cartagena e San Andrés (Colombia), Bariloche (Argentina); Montevidéu (Uruguai), e Roma (Itália).

Pelo preço de uma TV você conhece Buenos Aires

O preço que você gastaria em uma Smart TV Full HD da LG de 43 polegadas (R$1.599) poderiam ser utilizados para passar uma semana na capital da Argentina, por exemplo. Além de Buenos Aires, de acordo com a nossa simulação, outros destinos que poderiam ser desbravados com esse valor são: Mendoza, também na Argentina; e Campos de Jordão, Salvador, Manaus e Brasília. 

Pelo preço de um ar-condicionado você conheceria Lima

No verão é comum muitas pessoas comprarem um ar-condicionado para aguentar as altas temperaturas. Mas, já parou pra pensar que destinos dá para conhecer com o valor gasto nesse objeto? Bom, com um pouquinho mais de R$ 2 mil (R$ 2.036,80 pra ser mais exata) pagos em um ar-condicionado Springer Midea dá para visitar Lima, no Peru.

Outros destinos que poderiam ser conhecidos com esse valor são: Cidade do Leste, no Paraguai, além de diversas cidades brasileiras como Fortaleza, Foz do Iguaçu, Aracaju, Belém, Porto Alegre e Vitória.

Viu, como viajar não precisa ser necessariamente caro? Com um bom planejamento e foco é possível tirar a tão sonhada viagem do papel!

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Inspiração/ Mais recentes/ Viagens

Não existe receita de bolo para viajar!

Compartilhe:

Um dia desses surgiu em um grupo que participo do Facebook um texto questionando se falta realidade nos blogs de viagem. As reflexões foram feitas pela Adriana Satti, do blog Achados, hospedado na revista eletrônica Viagem E Turismo. Do texto, surgiu um debate sobre como abordamos nossas viagens. E aí me veio a cabeça uma conclusão óbvia: não existe receita de bolo para viajar!

Compartilhamos percepções. Não há como um visitante ler nossos textos e acreditar que a viagem dele será igual, tanto nas coisas boas quanto nas ruins. E mais, você pode muito bem ler um texto — ou assistir a um vídeo, entre outras formas de consumir um conteúdo — e concordar ou não com o que o autor está dizendo. E tá tudo bem com isso!

Por isso, me incomodo tanto com perguntas genéricas como “Quanto vou gastar nesse destino?”, “Você gostou da viagem?”, entre outras variações desses questionamentos. O que me agrada, pode não ser o que agrada você. A mesma coisa vale para o que incomoda. Repito: blogs de viagem compartilham percepções! Não ditamos regras.

A principal diferença entre a viagem de um blogueiro/produtor de conteúdo para uma pessoa comum é o olhar, geralmente mais crítico. E a crítica tem um objetivo muito claro: deixar o leitor informado sobre as características do destino, para ele decidir se combina com ele ou não.

Agora quanto se vai gastar, se a viagem será mais econômica ou mais luxuosa, se o leitor irá gostar ou não, isso são variáveis. Exatamente por esses motivos que não há uma resposta pronta para se planejar e executar uma viagem.

Leia mais textos narrativos de viagem na categoria Inspiração

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ Viagens

2019: confira a lista de feriados e pontos facultativos

Compartilhe:

Feriados são datas sempre esperadas, pois é a grande chance de quem trabalha ter o tão merecido descanso. Afinal, uma pausa na rotina, nunca cai mal né?

Mas, que tal verificar a lista de feriados de 2019 e já ir programando as próximas viagens? Já pensou, a cada feriadão um destino novo? Tudo é possível com um bom planejamento.

E para você já ir se programando fiz um lista dos feriados nacionais e pontos facultativos que rolarão em 2019. Confere só:

Vai viajar? Reserve sua hospedagem através do Booking.com

 

1º de janeiro: Confraternização Universal (feriado nacional);

4 de março, Carnaval (ponto facultativo);

5 de março, Carnaval (ponto facultativo);

6 de março, quarta-feira de cinzas (ponto facultativo até as 14 horas);

19 de abril, Paixão de Cristo (feriado nacional);

21 de abril, Tiradentes (feriado nacional);

1º de maio, Dia Mundial do Trabalho (feriado nacional);

20 de junho, Corpus Christi (ponto facultativo);

7 de setembro, Independência do Brasil (feriado nacional);

12 de outubro, Nossa Senhora Aparecida (feriado nacional);

28 de outubro, Dia do Servidor Público (ponto facultativo);

2 de novembro, Finados (feriado nacional);

15 de novembro, Proclamação da República (feriado nacional);

24 de dezembro, véspera de natal (ponto facultativo após as 14 horas);

25 de dezembro, Natal (feriado nacional);

31 de dezembro, véspera de ano novo (ponto facultativo após as 14 horas)

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Viagens

Brasil ganha voo de baixo custo para o Reino Unido

Compartilhe:

A aérea low cost Norwegian começou a vender ontem (dia 27 de novembro), os primeiros voos ligando o Reino Unido ao Brasil, com uma rota direta entre Londres e Rio de Janeiro. As operações começarão a partir de 31 de março de 2019, com rotas às segundas, quartas, sextas-feiras e domingos.

Para Teté Bezerra, presidente do Instituto Brasileiro de Turismo, a medida representa um importante passo na internacionalização do turismo brasileiro “e reforça a competitividade do turismo nacional, na medida em que permite a ampliação da oferta e a consequente redução do custo de passagens”.

Em agosto deste ano, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) liberou a companhia norueguesa com base no Reino Unido para fazer o transporte aéreo internacional regular de passageiro, carga e mala posta no Brasil. O valor de algumas tarifas já foram divulgadas. Os preços partem de, aproximadamente, R$1.200 (equivalente a £240) por pessoa por trecho (www.norwegian.com/uk).

A Norwegian é a terceira maior entre as empresas aéreas de baixo custo da Europa, conhecidas como low cost, e  foi classificada como a companhia aérea mais eficiente em combustível em rotas transatlânticas pelo Conselho Internacional de Transporte Limpo (ICCT) e tem uma das frotas de aeronaves mais recentes do mundo, com uma idade média de 3,7 anos. Além do Brasil, atualmente, a empresa oferece uma rede crescente de voos de longa distância entre Londres e 12 destinos populares nos Estados Unidos e na Argentina.

Desde outubro, a companhia Sky Airline, uma low cost chilena, opera voos de Santiago, no Chile, para Rio de Janeiro, São Paulo e Florianópolis.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ Relato dos colaboradores/ Viagens

Todo mundo deveria ser imigrante um dia | Por Binha Silveira

Compartilhe:

Na sessão “relato dos colaboradores” de hoje vamos conferir as dicas da viajante Binha Silveira sobre a vida de imigrante, com suas dores e sabores. Confira!

Quer compartilhar seu relato com outros viajantes? Envie um texto contando como foi sua experiência para o e-mail: karidesbrava@gmail.com

***

Vida de imigrante, para quem nunca foi, é só glamour, romantismo. Mas a realidade é bem diferente disso! O fato é que é um reaprender a caminhar, é sair da zona de conforto, sem ter onde, em quem se apoiar.

Se o açúcar acabou ou não tem grana, não tem vizinho ou amigo para pedir emprestado. Não tem cheque especial ou cartão de crédito a pagar fora da vista. Não tem “jeitinho”.

Se quer vida social, tem que conquistar, a duras penas. Isso sempre lidando com o preconceito e desconfiança dos nativos, que sempre o terão como um forasteiro (o que na verdade é).

Ser imigrante te faz ser mais humilde, menos egocêntrico e mais centrado. É uma luta constante pela sobrevivência e permanência no espaço.

É provar o tempo inteiro que você não faz parte do “bando” conhecido – o que às vezes se torna cansativo – e conquistar diariamente o seu espaço por si só, sem referências. E isso te torna mais forte, te mostra caminhos que antes você desconhecia, te faz se redescobrir, se reinventar.

As relações às quais você está acostumado jamais serão as mesmas. Os lugares também não. Isso pode ser bom ou ruim, depende de como você enxerga. Fato é que imigrar é para os fortes (ou para quem se permite ser lapidado).

Você vai deixar de estar presente fisicamente em comemorações, nascimentos, velórios, aniversários e tantos outros acontecimentos diários que perderá a conta.

Vai sentir muita falta dos seus amigos e família e ter que vê-los através de uma tela de computador ou celular.

Não tem cheiro, nem abraço. Mas vai ter novas relações, novas experiências, aprendizados e descobertas. Vai te libertar de uma mentalidade, por vezes, bairrista e provinciana.

Eu, como uma amante da vida e das boas relações interpessoais, por não abrir mão delas, me entrego às experiências. Mas dizer que é fácil, seria hipocrisia da minha parte. Não, não é. E quem disse que seria? E isso é o que torna ainda mais gratificante o resultado dessa constante busca: a descoberta.

Bom, para quem está disposto. E tem estrutura para aguentar. Quem não tem, sucumbe, retorna, desiste.

Mas, se posso dar um conselho para um crescimento e amadurecimento pessoal é: seja imigrante pelo menos uma vez em sua vida. Você vai se surpreender!”

Para conferir mais textos da Binha, conheça o blog dela.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe: