All Posts By

Karilayn Areias

0 In Mais recentes/ Viagens

Dicas para lidar com o medo de avião

Compartilhe:

Ao viajarmos é natural nos deparamos com uma situação: ter que embarcar no avião. Para muitos destinos, esse é a único meio de transporte, ou então o mais rápido, e lidar com o medo se torna algo inevitável. Entretanto, a possibilidade de voar pode deixar algumas pessoas desconfortáveis, ou até mesmo em pânico. Mas, você já pensou da onde surgiu esse medo? Ou como pode superá-lo? Separamos algumas dicas preciosas sobre esse tema: 

VAI VIAJAR? Reserve sua hospedagem pelo Booking.com  

Entenda o seu medo

O medo é um mecanismo de defesa do nosso cérebro. Basicamente, ele pode resultar em três reações: fuga, paralisia ou ataque. Trazendo isso para quem tem medo de avião, você pode deixar de viajar por medo, o que se encaixa na fuga; até embarcar, mas não conseguir relaxar durante o voo: paralisia; ou simplesmente ter uma crise de ansiedade: ataque, por exemplo.

Como ninguém quer ter nenhuma dessas reações, é preciso entender como esse medo se formou. Reflita porque você desenvolveu esse medo e tente pensar em motivos reais que desmitifiquem essa crença.

Entenda como funciona um avião

O desconhecimento pode ser um dos causadores do medo. Como não ficar receoso com o que não conhecemos? Por isso, procure se informar sobre como um avião funciona antes de embarcar. Para já dar aquela ajudinha, confira algumas informações importantes que reuni:

– Os aviões são projetados para aguentar turbulências. Por isso, não se desespere com o tremor.

– Sentar na altura das asas é uma ótima opção para quem tem pavor quando o avião balança em uma turbulência, já que essa é uma mais estável da aeronave. Outra dica é sentar no corredor. Afinal, sentar na janela e olhar a quantos metros de altura você está não ajuda a ficar mais calmo!

– Segundo o Conselho Nacional de Segurança dos Estados Unidos, a chance de uma pessoa morrer em um acidente de carro (1 em 112) é muito maior do que em um acidente de avião (1 em 8.357).

Prepare-se para o voo

Você sabia que é possível fazer o check-in da sua viagem antes de sair de casa, pelo aplicativo da companhia aérea? Ou ainda de que é sempre bom checar em qual aeroporto você vai embarcar para evitar perder o voo?

Pode parecer bobagem, mas medidas como essas nos deixam menos ansiosa, diminuindo assim a probabilidade de ficar nervosa ao entrar no avião. Então, lembre-se: se planejar é essencial para manter a calma durante a viagem e evitar imprevistos.

Leve uma distração

Como enfrentar longas horas de voo sem uma distração? Atualmente, diversas companhias aéreas oferecem filmes e internet a bordo para os passageiros. Mas, para não ficar na mão, seja lá por qual motivo, é sempre bom ter coisas que você gosta para se distrair durante o período dentro do avião.

Leve seu livro preferido, ou o seu Kindle, caso você tenha um; Baixe episódios da sua série favorita ou aquela playlist com as músicas que você ama para já ir entrando no clima da viagem; Leia a revista do voo; ou ainda compre palavras cruzadas, que são ótimas para distrair a mente e esquecer o nervosismo.

Se nada disso adiantar, considere dormir. Um soninho sempre é revigorante! Mas, se você é daqueles que não consegue dormir por nada, verifique se algum passageiro está aberto a um diálogo. Caso não, você pode puxar papo com os comissários de bordo e explicar que tem medo de avião. Geralmente, esses profissionais são treinados para lidar com esse tipo de situação.

Evite bebidas alcoólicas ou com cafeína

Bebidas alcoólicas tem seus efeitos potencializados durante um voo. Por isso, se elas já desidratam em terra firme, imagina no ar?

Já com relação a bebidas que contém cafeína podem ter um efeito duplo: além de te deixa mais desidratado ela também pode desregular o sono. 

As infos deste texto estão lhe ajudando? Então reserve sua hospedagem pelo Booking e ajude o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso 😀  


Booking.com

Mantenha pensamentos positivos

Já ouviu falar de que quanto mais repetimos uma frase para nós mesmo, mais ela se torna verdade? Ao repetir pensamentos positivos para você mesmo fazemos com que nosso cérebro acredite naquilo depois de um tempo. Então, ao invés de ficar pensando bobagem, que tal pensar coisas agradáveis como: “Tô calma e viajar é maravilhoso!”.

Ou ainda, ao invés de pensar no voo em si, procure imaginar o tanto de coisa legal que você vai conhecer no novo destino.

Recorra a exercícios de respiração e meditação

Para espantar o medo de voar, procure investir em exercícios de respiração e meditação. Eles são ótimos para relaxar, deixar a mente mais leve e, consequentemente, você mais calmo.

Esse gif do site Minha Vida, pode te ensinar a respirar da forma correta: 

Se nada disso adiantar…

…Procure ajuda de profissionais de saúde mental. Não é vergonha nenhuma não conseguir lidar com o próprio medo. Se só de pensar  em entrar em um avião você entra em pânico e você não viaja por conta disso, considere marcar uma consulta com um psicólogo e iniciar um tratamento. Lembre-se: saúde mental em dia em primeiro lugar 😀

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Notícias

Estrangeiros elegem os estados mais hospitaleiros do Brasil

Compartilhe:

Uma pesquisa do Ministério do Turismo (MTur) revelou quais são os estados brasileiros mais hospitaleiros segundo a perspectiva de turistas estrangeiros. O resultado do estudo foi publicado nesta terça-feira (29), Dia da Hospitalidade.

De acordo com a pesquisa, os turistas estrangeiros consideraram Mato Grosso do Sul (99,6%) o estado mais receptivo do Brasil. Logo depois aparecem os estados de Santa Catarina (99,2%), Rio Grande do Sul (98,9%), e Paraná (98,5%), localizados na região Sul; e São Paulo e do Rio Grande do Norte, ambos com percentuais de aprovação de 98,4%.

Orla do Rio Paraguai, em Corumbá, Mato Grosso do Sul. Fotos: Flávio André/Mtur

Ainda segundo o Mtur, a hospitalidade lidera em avaliação positiva entre os 19 itens de infraestrutura e serviços pesquisados no estudo da demanda internacional. Somada aos alojamentos, gastronomia, restaurantes e aeroportos, que também influenciam a percepção do turista, compõe o conjunto de atributos fundamentais da boa experiência turística.

Em 2017, por exemplo, o modo de receber do brasileiro recebeu aprovação de 98,1% dos estrangeiros que visitaram destinos nacionais, maior percentual registrado nos últimos cinco anos.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ Viagens

Viajar é caro? Confira os destinos que você poderia conhecer com o dinheiro que gasta em outros objetos

Compartilhe:

Muita gente acha que viajar é algo caro. Já abordamos aqui que viajar realmente pode ser um privilégio. Mas, é inegável que atualmente colocar a mochila nas costas e sair por esse mundão é muito mais fácil que há anos trás. Logo, em certas ocasiões, viajar mais pode ser somente falta de prioridade.

E com o intuito de mostrar que viajar pode, e deve, ser mais fácil do que você imagina, separei alguns destinos que é possível conhecer com o dinheiro que gastamos em outros objetos. Duvida? Então confere só:

 

A simulação deste post foi realizada no site “Quanto Custa Viajar?”. Para facilitar o cálculo, consideramos um semana de disponibilidade, com saída do Rio de Janeiro, em Fevereiro de 2019 (alta temporada).

 

Pelo preço de um Iphone você conhece Cancún

Um Iphone pode ser o objeto de desejo de muito gente. Mas, você sabia que pelo preço de um modelo Iphone X 64 GB (R$ 4.449) você poderia conhecer Cancún, no México? Isso mesmo! O destino turístico super conhecido por suas praias paradisíacas e águas cristalinas pode ser conhecido pelo valor pago em um smartphone. 

Outros destinos que você poderia conhecer pelo preço de um Iphone são: Orlando (EUA), Cartagena e San Andrés (Colombia), Bariloche (Argentina); Montevidéu (Uruguai), e Roma (Itália).

Pelo preço de uma TV você conhece Buenos Aires

O preço que você gastaria em uma Smart TV Full HD da LG de 43 polegadas (R$1.599) poderiam ser utilizados para passar uma semana na capital da Argentina, por exemplo. Além de Buenos Aires, de acordo com a nossa simulação, outros destinos que poderiam ser desbravados com esse valor são: Mendoza, também na Argentina; e Campos de Jordão, Salvador, Manaus e Brasília. 

Pelo preço de um ar-condicionado você conheceria Lima

No verão é comum muitas pessoas comprarem um ar-condicionado para aguentar as altas temperaturas. Mas, já parou pra pensar que destinos dá para conhecer com o valor gasto nesse objeto? Bom, com um pouquinho mais de R$ 2 mil (R$ 2.036,80 pra ser mais exata) pagos em um ar-condicionado Springer Midea dá para visitar Lima, no Peru.

Outros destinos que poderiam ser conhecidos com esse valor são: Cidade do Leste, no Paraguai, além de diversas cidades brasileiras como Fortaleza, Foz do Iguaçu, Aracaju, Belém, Porto Alegre e Vitória.

Viu, como viajar não precisa ser necessariamente caro? Com um bom planejamento e foco é possível tirar a tão sonhada viagem do papel!

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Intercâmbio/ Mais recentes

Dicas para escolher a melhor agência de intercâmbio

Compartilhe:

Quando decidimos fazer um intercâmbio temos que buscar por informações para planejá-lo. E caso você conclua que fará ele através de uma agência, é preciso escolher uma empresa de confiança para que a sua experiência seja boa.

Para não passar por perrengues antes, durante ou depois da viagem, o intercambista precisa se atentar a alguns quesitos antes de fechar o contrato. Mas, você sabe que quesitos são esses? Esse post tem o intuito de esclarecer essa dúvida. Confira:

Procure referências

Nunca assine um contrato com uma agência por impulso. Primeiro, é preciso pesquisar as referências da empresa para evitar problemas. Buscar na internet comentários e reclamações sobre a empresa é uma ótima alternativa para descobrir como ela trata seus clientes. Sites como Reclame Aqui e redes sociais ótimas fontes neste caso.

Além disso, você pode pesquisar também em sites oficiais, como Receita Federal e Procon. Para isso, utilize o CNPJ, CEP ou razão social da agência para conferir se ela está registrada, sem tem algum problema. Empresas que não têm registros, que estão inativas ou que enfrentam processos judiciais não são boas escolhas.

Compare

Para encontrar o melhor custo-benefício é preciso pesquisar bastante e fazer comparações entre as empresas cotadas. Uma boa dica é começar a pesquisa com pelo menos um ano antes da data que você pretende viajar, para ter tempo o suficiente para planejar o intercâmbio. Lembre de avaliar as agências, programas e custos de cada agência e, como citamos acima, não feche o contrato na pressa.

Geralmente, os programas de intercâmbios são muito parecidos, já que a maioria é regulamentada pelos governos dos países de destino. O que realmente pode mudar de uma agência para a outra são os custos, as condições de pagamento, a oferta de moradia, as instituições ou empresas parceiras no exterior, o suporte oferecido e o atendimento prestado pelos agentes.

Dê preferência para as empresas que oferecem suporte

A gente sempre acha que não precisa de suporte até pintar aquela situação tensa! Você já está enfrentando o desafio de estar em outro país, aprendendo outra atividade, a última coisa que você quer é se desesperar para resolver um problema. Por isso, dê preferência para agências que oferecem um suporte durante a viagem.

Alguns serviços que você pode solicitar ajuda são: regularização de algum documento, encontrar uma moradia ou a melhorar a sua relação com o seu anfitrião, professor ou chefe.

Também verifique se a empresa tem alguma ferramenta online, um aplicativo ou um telefone para resolver qualquer pendência que surgir.

Dica extra: fique atento a cláusula de cancelamento

Antes de assinar o contrato com uma agência, leia atentamente a cláusula de cancelamento. Verifique se tem multa, qual o valor, se há ressarcimento. É sempre bom estar por dentro das normas do contrato, para no caso de algum imprevisto não ser pego de surpresa.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Inspiração/ Mais recentes/ Viagens

Não existe receita de bolo para viajar!

Compartilhe:

Um dia desses surgiu em um grupo que participo do Facebook um texto questionando se falta realidade nos blogs de viagem. As reflexões foram feitas pela Adriana Satti, do blog Achados, hospedado na revista eletrônica Viagem E Turismo. Do texto, surgiu um debate sobre como abordamos nossas viagens. E aí me veio a cabeça uma conclusão óbvia: não existe receita de bolo para viajar!

Compartilhamos percepções. Não há como um visitante ler nossos textos e acreditar que a viagem dele será igual, tanto nas coisas boas quanto nas ruins. E mais, você pode muito bem ler um texto — ou assistir a um vídeo, entre outras formas de consumir um conteúdo — e concordar ou não com o que o autor está dizendo. E tá tudo bem com isso!

Por isso, me incomodo tanto com perguntas genéricas como “Quanto vou gastar nesse destino?”, “Você gostou da viagem?”, entre outras variações desses questionamentos. O que me agrada, pode não ser o que agrada você. A mesma coisa vale para o que incomoda. Repito: blogs de viagem compartilham percepções! Não ditamos regras.

A principal diferença entre a viagem de um blogueiro/produtor de conteúdo para uma pessoa comum é o olhar, geralmente mais crítico. E a crítica tem um objetivo muito claro: deixar o leitor informado sobre as características do destino, para ele decidir se combina com ele ou não.

Agora quanto se vai gastar, se a viagem será mais econômica ou mais luxuosa, se o leitor irá gostar ou não, isso são variáveis. Exatamente por esses motivos que não há uma resposta pronta para se planejar e executar uma viagem.

Leia mais textos narrativos de viagem na categoria Inspiração

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ O que comer no Rio/ Rio de Janeiro

Mirante da Floresta: café da manhã no Rio de Janeiro ao lado da maior floresta urbana do mundo

Compartilhe:

Imagina ter a experiência de tomar um suculento café da manhã ao lado da maior floresta urbana do mundo, replantada pelo homem, a Floresta da Tijuca? Pois fique sabendo que isso é possível sim! E o serviço é oferecido pelo Mirante da Floresta, que fica no bairro da Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Localizado fora do rota tradicional geralmente procurada por turistas e moradores, o Mirante da Tijuca reúne boa comida, um local aconchegante, além de estar bem pertinho da natureza. O local é tão silencioso que a gente até esquece que está em uma cidade grande.

+ Pedra Bonita: o que você precisa saber para fazer essa trilha

As panelas são comandadas pelo receptivo chef Rodrigo Dirques. No buffet, servido de 9h30 às 12h, é possível experimentar uma grande variedade de pratos, dignos de um hotel 4 estrelas, segundo os responsáveis pelo estabelecimento. Pra comer, você encontrará bolos, pães caseiros, frutas, sucos, frios, ovos mexidos, entre outras iguarias.

  + Dicas para conhecer o Parque Lage, no Rio de Janeiro

E participar dessa “orgia gastronômica” não custa os olhos da cara, leitor. O preço cobrado é R$ 45 por pessoa, sendo que crianças de 6 a 12 anos pagam 50% e crianças com menos de 5 anos não pagam. Mas, fique atento, pois o serviço deve ser pago em dinheiro ou no débito, já que eles não aceitam cartão de crédito.

Ah, como o espaço é relativamente pequeno, as vagas para o café da manhã são limitadas. Vale dá uma ligada para o Mirante para verificar a disponibilidade da casa. Já as reservas acima de oito pessoas devem ser solicitadas através do e-mail: atendimento@mirantedafloresta.com.br . Todos os pedidos estão sujeitos a confirmação, que será realizada através do e-mail informado pelo cliente.

Sobre a melhor forma de chegar ao local, o ideal é ir de táxi ou Uber, já que o local não possui estacionamento.

+ Onde se hospedar no Rio de Janeiro?

Hospedagem e sustentabilidade

Além do serviço de café da manhã, o Mirante da Floresta também oferece hospedagem, já que o local é categorizado como bed and breakfast (cama e café), segundo o Ministério do Turismo e o Sebrae. O local possui três quatros, que podem ser alugados por mês.

O Rodrigo e o Ivan Fortes, donos do estabelecimento, fundaram o mirante com quatro pilares: gastronômica, turismo, ambiental e social. A gastronomia fica por conta do café e o turismo pela ida até o mirante, que como disse, fica ao lado da Floresta da Tijuca.

Já o ambiental e social me chamaram a atenção e também merecem ser destacados. A decoração do mirante foi feita com objetos reciclados ou comprados em brechós, e a parede, por exemplo foi pintada com uma mistura de barro, coletado no próprio terreno, e cola. De acordo com o Ivan, eles também recolhem água da chuva e a reutilizam.

A parte social fica por conta das oportunidades de emprego dadas a quem mora na comunidade que fica ao lado do mirante, a Favela da Coreia.

Você pode conferir mais sobre como o Mirante da Floresta foi construído assistindo a esse vídeo do Projeto Colabora:

Serviço:

Mirante da Floresta. Rua Henrique Fleiuss, 450 – Tijuca. Telefone: (21) 2527-2907. Café da Manhã servido de 9h às 12h30. Preço: R$45 por pessoa. Crianças de 6 a 12 anos pagam 50%. Crianças com menos de 5 anos não pagam. Formas de pagamento: Cartão de débito ou dinheiro.

*O blog foi conhecer o destino a convite da administração do Mirante da Floresta. Entretanto, o texto reflete a opinião do autor. Para dúvidas sobre parcerias, consulte nossas políticas editoriais.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ O que fazer no Rio/ Rio de Janeiro

Passeios pelo Rio de Janeiro: como visitar a Ilha Fiscal

Compartilhe:

Quem nunca se perguntou o que funciona naquele castelo bem no meio da Baía de Guanabara? O edifício verde, com arquitetura digna de um prédio pertencente a contos de fadas é a Ilha Fiscal, local onde ocorreu “O Último Baile do Império”, realizado alguns dias antes da Proclamação da República.

O passeio na ilha é uma verdadeira volta pelo túnel do tempo, e fica difícil não imaginar como funcionava a rotina do local em outros tempos. Para ajudar ainda mais a imaginação dos viajantes, o guia que acompanha o grupo vai salpicando relatos, para o delírio dos visitantes, que não poupam interjeições que demostram ora surpresa, ora espanto.

Como visitar

O passeio até à Ilha Fiscal é feito na escuna Nogueira da Gama, trajeto que dura cerca de 10 minutos. Em caso de mau tempo, o deslocamento é realizado de van. Entretanto, segundo a guia que nos acompanhava, se a mar estiver muito revolto, as visitas podem ser canceladas, já que as ondas alcançam a pista por onde passa o veículo, impossibilitando a visitação.

Conhecendo a Ilha Fiscal, no Rio de Janeiro: tempo nublado não ofuscou a beleza do passeio

Os ingressos para conhecer a Ilha custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) e são vendidos no período das 11h às 15h10. Já as visitas acontecem de quinta a domingo em três horários: 12h30, 14h 15h30. Os ingressos devem ser comprados no Espaço Cultural da Marinha e o embarque acontece 20 minutos antes do horário marcado para o início do passeio. Ou seja, se você comprar o passeio de 12h30 deve embarcar 12h10, para que a visita comece no horário agendado.

Além da Ilha Fiscal, o visitante ainda pode conhecer o Navio Bauru, que participou da Segunda Guerra Mundial e está atracado no píer, e o Submarino Riachuelo. Nesse caso, outro ingresso, que dá direito as duas visitas, nos valores de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) devem ser adquiridos. A visitação de ambas as embarcações é feita de quarta a domingo, das 12h às 17h. Às terças a visitação é gratuita.

Serviço:

Visita a Ilha Fiscal – Avenida Alfred Agache, s/n Centro Cultural da Marinha – Centro. De quinta à domingo em três horários: 12h30, 14h e 15h30. Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Os ingressos serão vendidos no período das 11h às 15h10. O embarque acontece 20 minutos antes.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ Viagens

2019: confira a lista de feriados e pontos facultativos

Compartilhe:

Feriados são datas sempre esperadas, pois é a grande chance de quem trabalha ter o tão merecido descanso. Afinal, uma pausa na rotina, nunca cai mal né?

Mas, que tal verificar a lista de feriados de 2019 e já ir programando as próximas viagens? Já pensou, a cada feriadão um destino novo? Tudo é possível com um bom planejamento.

E para você já ir se programando fiz um lista dos feriados nacionais e pontos facultativos que rolarão em 2019. Confere só:

Vai viajar? Reserve sua hospedagem através do Booking.com

 

1º de janeiro: Confraternização Universal (feriado nacional);

4 de março, Carnaval (ponto facultativo);

5 de março, Carnaval (ponto facultativo);

6 de março, quarta-feira de cinzas (ponto facultativo até as 14 horas);

19 de abril, Paixão de Cristo (feriado nacional);

21 de abril, Tiradentes (feriado nacional);

1º de maio, Dia Mundial do Trabalho (feriado nacional);

20 de junho, Corpus Christi (ponto facultativo);

7 de setembro, Independência do Brasil (feriado nacional);

12 de outubro, Nossa Senhora Aparecida (feriado nacional);

28 de outubro, Dia do Servidor Público (ponto facultativo);

2 de novembro, Finados (feriado nacional);

15 de novembro, Proclamação da República (feriado nacional);

24 de dezembro, véspera de natal (ponto facultativo após as 14 horas);

25 de dezembro, Natal (feriado nacional);

31 de dezembro, véspera de ano novo (ponto facultativo após as 14 horas)

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Mais recentes/ Rio de Janeiro

Tour hop-on hop-off no RJ: conhecendo a cidade de ônibus

Compartilhe:

Vocês sabiam que é possível conhecer o Rio de Janeiro com um ônibus panorâmico que passa pelos principais pontos turísticos da cidade? Pois é! O passeio é organizado pela Rio Line Turismo, que tem sua sede localizada em Copacabana, na Zona Sul.

O tour tem início na praia do Leblon e passa por pontos como as praias de Ipanema, Copacabana, Leme e Vermelha, na Urca; a região Central da cidade, com destaque para a Cinelândia, Lapa, o AquaRio e a Zona Portuária, a Cidade do Samba (onde dá para fazer o tour Carnaval Experience); e o Maracanã, na Zona Norte.

LEIA MAIS: Ônibus panorâmico| passeando com a linha de turismo em Porto Alegre

O que é hop-on hop-off?

Nos tours hop-on hop-off você pode embarcar e desembarcar quantas vezes quiser durante o período de validade do bilhete, que pode ser de 24h, 48h ou 72h. Esse tipo de passeio tem o objetivo de facilitar a locomoção dos turistas, já que o trajeto feito pelo ônibus é sempre turístico, e é uma ótima opção para quem está viajando sozinha, por exemplo.

No caso do tour realizado pela Rio Line Turismo, os pontos de embarque e desembarque são: Praia do Leblon; Praia de Ipanema; Praia de Copacabana; Praia do Leme; Pão de Açúcar; Marina da Glória; Catedral Metropolitana; AquaRio; Cidade do Samba; Rio Zoo; Maracanã; Sambódromo; Trem do Corcovado; e Lagoa Rodrigo de Freitas.

Funcionamento, preços e gratuidades

O tour hop-on hop-off (que você desembarca e embarca em pontos pré-estabelecidos) acontecem todos os dias, das 9h às 17h. Porém, você deve ficar de olho no horário de embarque na parte da tarde, pois o Maracanã só está incluído nas rotas que saem do ponto inicial até as 14h por conta do horário de funcionamento do estádio.

Com relação aos preços, há três opções de tarifas: a light, a 24h e a 48h. Na light, que custa R$75, você embarca no ônibus, mas não tem direito a descer e embarcar no ônibus. Logo, o ingresso dá direito a volta completa sem desembarque e embarque.

Já na 24 h (R$ 95), o número de embarques e desembarques é ilimitado dentro do período determinado no bilhete. No de 48h, o ingresso custa R$ 115, e dá direito a acesso ilimitado por esse período. Os ingressos podem ser comprados diretamente no ônibus ou na agência da empresa Rio Line.

Sobre as gratuidades, crianças abaixo de 5 anos têm direito a entrada franca. Crianças maiores de 5 e menores de 10 anos, pagam meia tarifa. Maiores de 10 anos, pagam tarifa cheia. Maiores de 60 anos não tem descontos.

Serviço:

Rio Line Turismo. Avenida Atlântica, n° 2364, Copacabana.

 

*O Kari Desbrava participou do tour inaugural do ônibus hop-on hop-off no Rio de Janeiro a convite da Rio Line. Entretanto, este texto expressa a opinião da autora, independente da parceria.

 

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Brasil/ Mais recentes/ São Paulo

Onde se hospedar em São Paulo: review Mercure Bela Vista

Compartilhe:

Na minha participação no encontro Japão.BR tive a oportunidade de conhecer o Hotel Mercure Bela Vista, localizado no bairro Bela Vista, na região central de São Paulo. Pertencente a rede Accor hotels, o estabelecimento possui instalações modernas e ao mesmo tempo acolhedoras.

Tá procurando hospedagem em SP? Reserve sua hospedagem com o Booking.com

O destaque com certeza vai para os quartos, que possuem camas confortáveis; para a piscina aquecida, academia, sauna seca e úmida; a recepção, que foi reformada recentemente; e para o heliponto, que nos permite ver SP por um outro ângulo.

Ah, como não falar do café da manhã? O farto buffet dispõe dos mais variados pratos, em que é possível experimentar frutas, sucos, café, pães e guloseimas como bolos e um maravilhoso pão de queijo.

E tenho uma boa notícia para você! Não é preciso estar hospedado no Mercure para desfrutar do café da manhã de lá. O buffet também é aberto para terceiros e o custo é de R$ 38 por pessoa.

Localização

O Mercure Bela Vista fica em um dos bairros mais tradicionais de São Paulo. Perto dele você encontra diversas cantinas italianas e uma grande programação cultural.

De lá você consegue facilmente visitar o Teatro Renault, o Teatro Gazeta, a Avenida Paulista, o MASP e o Centro Cultural São Paulo, além de lugares bem conhecidos como a 25 de Março, o Mercado Municipal e a lendária Galeria do Rock.

O hotel também fica a apenas 8,7 km do Aeroporto de Congonhas e tem fácil acesso para os agitados bairros de Vila Mariana e Liberdade.

Heliponto

Durante o Japão.BR eu e outros blogueiros de viagem tivemos acesso ao heliponto, o que nos proporcionou vivenciar São Paulo de uma outra maneira. O local não é liberado normalmente, mas vale se informar na recepção como faz para conhecê-lo.

Serviço:

Hotel Mercure Bela Vista. Rua Maestro Cardim, n° 407. Tel: (11)2853-7000. Fax: (11)2853-7088. Check-in a partir das 12h | Check out até as 12h.

O Japão.Br teve a realização e apoio de:

 

 

Você também pode saber o que rolou no Japão.BR através dos sites dos outros participantes. Confira: Bagagem de Memórias, Tá na minha rota, SP da Garoa, Turistando com a Lu, Orientando-se pelo Mundo, Yomitai, Casa de Doda, Mulheres Viajantes, Abraço Mundo, Top 5 Tour, Itinerário de Viagem, Ideias na Mala, Viajante Móvel e Trippolis.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe: