Browsing Tag

Trilhas

0 In O que fazer no Rio/ Rio de Janeiro/ Trilhas

Pedra Bonita: o que você precisa saber para fazer essa trilha

trilha-pedra-bonita-kari-desbtrava-5

A Trilha da Pedra Bonita é um dos picos mais lindos e mais fáceis de fazer do Rio de Janeiro. Ela fica dentro do Parque Nacional da Tijuca, entre a Pedra da Gávea e os bairros de São Conrado e Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

Dito isso, a intenção desse texto é te ajudar a fazer ela sozinha, caso queira, ou te apresentar a opção de ir em grupo.

LEIA MAIS: Tudo sobre voar de asa delta

A trilha

Apesar de apresentar alguns trechos íngremes, a Trilha da Pedra Bonita é considerada leve. Na minha opinião, “a pior parte” é o trecho íngreme para chegar até a entrada da trilha. Mas, existe um macete para aqueles que não quiserem subir essa parte a pé. É possível subir essa ladeira de carro e estacionar o veículo próximo a rampa de voo livre. Neste caso, só existe dois poréns: você terá que pagar o estacionamento e terá que chegar cedo, já que ele é pequeno e lota rápido.

DCIM100GOPROGOPR1629.
Sobre a trilha, ela é bem tranquila. Só atente-se a altitude, que pode dificultar um pouco a respiração (principalmente se você tiver algum problema respiratório). Portanto, lembre-se de levar aqueles itens necessários de toda trilha.

Na maior parte do percurso, a caminhada é agradável, pois os visitantes passam por dentro da mata fechada, o que significa sombra e uma brisa. Próximo ao cume, a vegetação fica mais baixa, sem a proteção natural das árvores, e o sol mais forte. Logo, um boné/chapéu nessas horas cai super bem.  

DCIM100GOPROGOPR1588.

DCIM100GOPROGOPR1579.

DCIM100GOPROGOPR1576.

Assim que se chega na Pedra Bonita, temos uma surpresa mais do que agradável: uma vista linda! Lá de cima podemos ver a Pedra da Gávea, Praias da Barra, São Conrado, Leblon e Ipanema, além do Morro Dois Irmãos, Floresta da Tijuca e algumas partes da Zona Sul. Sério, não tem como sair de lá sem achar essa cidade MARAVILHOSA!

DCIM100GOPROG0071563.

trilha-pedra-bonita-kari-desbtrava-12

trilha-pedra-bonita-kari-desbtrava-11

DCIM100GOPROG0031436.

trilha-pedra-bonita-kari-desbtrava-6

Para os mais animados, vale levar comidinhas frescas e fazer um piquenique lá em cima. Com aquele vistão da cair o queixo, não tem como não ser um programa bacana.

Por fim, na descida dê uma passadinha na pista de voo livre, da onde partem os vôos de asa delta e parapente. Quem sabe você não se anima e não topa voar? 

DCIM100GOPROGOPR1609.

Como chegar

Falei no tópico anterior que é possível ir de carro para a Pedra Bonita. Mas, também é possível ir de transporte público. Aqui vou ensinar as duas formas.

De carro, se você vier da Zona Sul ou Zona Oeste, a opção é ir pela Estrada da Canoa até encontrar uma placa indicando o início do trajeto (Estrada da Pedra Bonita). Agora, se você vier da Zona Norte ou Baixada Fluminense, a melhor opção é pelo Alto da Boa Vista. Caso você não tenha um carro, você pode alugar um através do link de afiliados aqui do blog. Nesse caso, você ajuda o Kari Desbrava a continuar produzindo conteúdo sem pagar nada a mais por isso 😉

Já de ônibus, você pode pegar um até o Alto da Boa Vista, descer no Corpo de Bombeiros do Alto e pegar o ônibus 448 (Alto da Boa Vista – São Conrado). Ele te deixará na porta da ladeira rumo ao início da trilha. Caso tenha dúvida, basta perguntar ao motorista 😉 

DCIM100GOPROGOPR1635.

Se mesmo com as dicas acima, restar alguma dúvida, vale consultar os aplicativos Google Maps e Moovit.

Por conta própria ou em grupo?

Você pode fazer as trilhas do Rio por conta própria ou em grupo. Na minha opinião, para fazer por conta própria, só se você já tiver feito o percurso antes. Para uma primeira vez, ainda mais se você não for do Rio, aconselho a ir com grupos de trilha. Digo isso, para evitar transtornos de se perder na mata ou ainda de se perder no trajeto e acabar parando em alguma favela e acontecer algo mais grave. Sem falar, que em passeios em grupo você sempre acaba fazendo amizades :)

Esse passeio da Pedra Bonita fiz com o pessoal do Sou+Carioca, um projeto idealizado pela Gabriela Palma, do blog Gaby Pelo Mundo. O Sou+Carioca tem basicamente a mesma filosofia deste blog: a de incentivar as pessoas a conhecerem a própria cidade. 

Geralmente, em cada passeio paga-se um valor (em torno de R$ 20 por pessoa). O pagamento é feito no início do passeio e você ganha uma pulseira para identificar quem é do grupo.

Vale lembrar, que os grupos de trilhas, são compostos por pessoas das mais variadas idades, tipos e condicionamentos físicos. Logo, tenha paciência e seja cordial, pois nem todo mundo tem o mesmo pique que você. Um boa dose de empatia e alegria fazem o passeio ser bom para todos!

Também verifique se a empresa contratada para o tour ou se os guias do grupo de trilha são credenciados no Ministério do Turismo. Evite fazer passeios com pessoas ou empresas não credenciadas. O profissional credenciado foi treinado e está apto a fazer passeios turísticos, diferentemente de alguém não credenciado. Isso é de suma importância para a sua segurança.

Trilha da Pedra Bonita

Nível:  Leve a moderado
Tempo de duração Até 40 minutos
Onde Parque Nacional da Tijuca
Quanto Grátis

 

Confira posts sobre outras trilhas:

Morro da Urca

Pedra do Telégrafo

Dois Irmãos

Pedra do Pontal

Parque Nacional da Serra dos Órgãos

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Trilhas

Visita ao Parque Nacional da Serra dos Órgãos, em Guapimirim

12141702_916855181740061_5622725336164858191_n

[Leia o post ouvindo A Dois Passos do Paraíso]

Heeeeeeyy!

No último domingo (18), visitei o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, na sede de Guapimirim. A área é tão grande e lindaaa que também abrange os municípios de Petrópolis e Teresópolis. No passeio conheci a cachoeira do Poço Verde, Poço da Preguiça, Trilha da Capela, a Cachoeira da Mãe d’água e a do Garrafão. Tem muito mais coisa para ver lá, mas o passeio foi um pouco prejudicado por causa do mal tempo.

Ksri Desbrava em Guapimirim

Apesar dos pesares, a natureza é de encantar. Não tem como não se apaixonar pela mata verdinha, as águas limpas, o ar puro. Tá parei, hehehe. Brincadeiras à parte, o local é realmente espetacular. Faça chuva ou faça sol, realmente vale a visita. [Não resisti a piadinha! 😉 ]

A entrada no parque é cobrada e os ingressos custam R$ 14 para brasileiros e R$ 27 para estrangeiros.  Moradores dos municípios de Guapimirim, Magé, Petrópolis e Teresópolis tem desconto no ingresso pagando o valor de R$ 3. Com uma boa infraestrutura o local tem estacionamento, campings, banheiros e áreas para piqueniques. Fiquei impressionada com a limpeza dos banheiros! Nós brasileiros sabemos o quanto é difícil achar um banheiro em um estabelecimento de lazer que seja decente.

Falando um pouquinho das atrações do parque, a que eu mais gostei com toda a certeza da vida foi a Cachoeira da Mãe d’Água. O fácil acesso, sua proximidade da área do piquenique, e claro, sua vista foi a que mais me deu vontade de mergulhar. Destaco também o Poço Verde. Para acessá-lo, é preciso passar por uma espécie de gruta, mas o visual com toda certeza compensa.

Um pouquinho mais difícil de chegar, lembrando que estava chovendo no dia que fui :( , a cachoeira do Garrafão é aquele lugar que você tem que ir quando visitar o parque. Ela tem uma queda d’água impressionante e um visual muito incrível. Acho que já falei isso antes, hahaha. Mais sério, o lugar é demais de incrível. Já a trilha para Capela da Nossa Senhora do Soberbo, fundada em 1713 e que deu nome ao rio que margeia o parque, é super tranquilinha e também dá acesso a outra cachoeira.

Cachoeira do Garrafão - Kari Desbrava

Cachoeira do Garrafão. Foto: Divulgação / Pé na Trilha RJ

Como vocês puderam ler, o que não falta é cachoeira para se refrescar. Mas, acho que já falei muito e agora vou deixar vocês com as fotos desse lugar I-N-C-R-Í-V-E-L, pois imagens falam mais que mil palavras.

Serviço:

Estrada Rio-Teresópolis (BR 116), Km 98 – Barreira – Guapimirim. Aberto todos os dias das 8 às 17h. Telefone: (21) 3633-1898. Site: http://www.icmbio.gov.br/parnaserradosorgaos/

 

Se você gostou desse conteúdo compartilhe nas redes sociais 😉

 

Beijos,

Kari.

 



1 In Trilhas

Trilha do Morro da Urca: Um passeio bacana e barato

Trilha_Morro_da_Urca_Kari_Desbrava

Heeeey pessoal! Tudo bom?

Hoje o #KariDesbrava vai falar sobre a trilha do Morro da Urca. Aquele onde fica o Pão de Açúcar…

Para quem não conhece, a trilha do Morro da Urca é moderada e o começo dela é na pista Claúdio Coutinho, na Urca. Para chegar lá é bem tranquilo. Você pode pegar o metrô/ônibus/trem, descer na Central do Brasil e depois pegar o 107 (Central X Urca) se você vem da Zona Norte/Oeste ou, então, pegar o 513 em Botafogo, se você vem da Zona Sul.

Fiz a trilha com um grupo de turismo, mas você pode fazê-la sem um guia já que ela é bem fácil e bem sinalizada. O começo da trilha, como falei, é na pista Claudio Coutinho, então o chão nesse momento ainda será de afasto. Depois de uns 8 min de caminhada, a mata estará na sua frente e é só desbravá-la.

 

Kari Desbrava Trilha Morro da urca

KariDesbrava Morro da Urca Trilha

Trilha Morro da Urca - kari desbrava

Trilha Morro da Urca

Apesar da trilha ser tranquila, o início dela é um pouco íngreme, o que pode cansar um pouco quem não está com preparo físico ideal. Se você se enquadra no grupo dos sedentários, não se preocupe, pois é só ir subindo devagar que tudo dá certo.

Quase chegando no bondinho terá um desvio para direita onde tem uma espécie de “mirante”. Vale dá aquela parada para  apreciar a vista, tirar uma foto bacana, pegar um ventinho na cara e descansar para subir de novo. Depois do mirante, mais uns 5 minutos de caminha e você terá chegado lá.  Aí é só se esbaldar!

Mirante Trilha Morro da Urca Kari Desbrava

Agora…. tchan tchan tchan tchan: A hora da descida. Para voltar, você pode descer pela trilha mesmo já que para descer todo santo ajuda, hahaha. O caminho de volta é o mesmo que o da ida. Só não deixe para descer pela mata quando estiver escuro, pelo amor.

Mas, se você quiser pode ficar lá em cima e ver o pôr-do-sol, uma das coisas mais lindas dessa vida. <3  Nesse caso, a descida deve ser feita pelo bondinho. Nos fins de semana e feriados, o valor do ingresso para descer é de R$ 20 inteira e R$ 10 meia, entre 16h e 19h30. Nos dias de semana, a descida do bondinho após às 19h é grátis.

Agora, atenção para dicas importantes para quem deseja iniciar nessa vida de trilhas:

– Faça a trilha cedo e verifique o tempo. Não se deve trilhar com chuva ou após dias chuvosos, já que o solo fica úmido, aumentando o risco de acidentes.

– Leve água. De preferência, coloque a água para congelar, pois ela irá derreter durante o percurso. Subir uma trilha e ficar morrendo de sede definitivamente não é uma boa ideia.

– Leve alimento, mas nada muito pesado. Opte por frutas, barra de cereal. Algo para suprir sua fome durante o percurso, mas que não te deixe empanturrada.

– Não esqueça do filtro solar e do repelente. Você estará no meio da natureza, então, é sempre bom ter um cuidado com a pele, já que ninguém merece ficar queimada ou com alergia por causa de picada de inseto.

– Vá de tênis. Pode parecer bobagem, mas ainda tem gente que é sem noção e vai trilhar de chinelo ou salto alto. Oi? Pois é, isso mesmo que você leu. Como alguém quer andar na floresta de salto? Portanto, lembre-se: Não arrisque, é a sua segurança.

– E agora, uma recomendação pessoal. Eu prefiro trilhar de calça. Me into mais segura já que sou megaalérgica a picada de mosquitos sem contar que, assim, evito arranhões ou machucados.

 

 

Mais informações sobre o Bondinho do Pão de Açúcar:

Tel: (21) 2546-8433

Site: http://www.bondinho.com.br/

Email: 

 

Para mais sugestões de passeios clique aqui.

Fica aí minha sugestão de passeio legal e barato! 😉

 

Beijos,

Kari.



Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox
Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox