Browsing Tag

solo travel

3 In Para mulheres

Mulheres que inspiram: 14 blogueiras incentivam garotas a deixarem o medo de lado e viajarem sozinhas

Dia 8 de março, também conhecido como o Dia Internacional da Mulher é uma data marcante. É uma data que nos lembra da luta que outras mulheres tiveram para que hoje tenhamos direitos até então inimagináveis, como votar, escolher ou não se queremos ser mães, entre outros. Que os avanços foram muitos, isso não tenho dúvida. Mas, queremos mais e podemos alcançar mais!

Um desses avanços que precisamos conquistar é o direito de viajar sozinha. Mas, esse “direito” não está ligado a uma lei, e sim, a tabus que carregamos devido a nossa criação patriarcal. E por querer desmistificar tabus, separei uma lista de mulheres que incentivam outras garotas a deixarem o medo de lado e se jogarem na próxima aventura. Confira: 

LEIA MAIS: Dicas para planejar uma viagem sozinha

Nacionais

As viagens de trintim

O espaço é comando pela Amanda Trintim. Com inúmeras viagens solo no currículo, entre elas Torres del Paine e África do Sul, a produtora de conteúdo também inspira outras mulheres. Confira: Sinais de que é hora de viajar sozinha  

Foto: arquivo pessoal

Ta indo para onde

No blog, a Fernanda Scafi compartilha relatos das suas viagens, muitas delas sozinha. Lá você encontra desde dicas práticas a inspiração. Destaco o post: Descobri que a melhor companhia para viajar sou eu mesma! Pensamentos sobre viajar sozinha e inspirações 

Amanda Viaja

Formada em Engenharia, a Amanda é colunista do Estadão e também escreve para o próprio blog, o Amanda Viaja. Além dos textos sobre viajar sozinha, ela também tem livros sobre o tema que podem te inspirar a viajar mais. São eles: “Histórias para Viajar” e o “Não comprei na Zara. Gastei na viagem”.estda

Mariana Viaja

A Mari também tem muitas viagens sozinha na bagagem, entre elas Nova York, destino dos sonhos para muitos, e minha querida Portugal. Ela gosta tanto do tema que criou uma sessão no blog somente para esse assunto. 

Foto: Lu Mattos Fotografia

 

LEIA MAIS: “‘Viajar sozinha é uma oportunidade de aprendizado’ – Bate-papo com Mariana Bueno, do blog Mariana Viaja” está bloqueado

Mulheres viajantes 

O projeto Mulheres Viajantes é comandado pela Thais Carneiro. Nele é possível encontrar relatos de outras mulheres que também viajam sozinhas e porque não se empoderar com essas histórias? Segundo a Thais, ela encontrou nas viagens uma forma de autoconhecimento, além da possibilidade de superar o término de um relacionamento abusivo. Hoje o projeto conta também com encontros. Saiba mais: www.mulheresviajantes.com

Na Estradas com as Minas

A Camila Santos é idealizadora da rede colaborativa “Na Estrada com as Minas”. Mãe da Clara, ela nos ensina como é possível viajar mesmo sendo mãe. Ou seja, existe sim vida após a maternidade! Confira: As delícias e dificuldades de ser uma mãe que ocupa  

Foto: arquivo pessoal

 

Viajante solo

Com mais de 15 anos viajando pelo mundo, a Denise Tonin compartilha todo seu conhecimento no Viajante solo. Destaque para as dicas que ela manda no Whatsapp. Vale a pena se inscrever na lista! 

LEIA MAIS: Mas, e você vai sozinha?

Mochilão Trips

Conheci a Carol Moreno, na minha viagem a Curitiba. Gente boa demais, ela organiza o Tour Comida de Boteco pela capital paranaense, além de dar dicas de como viajar sozinha e de forma barata no blog Mochilão Trips.

Internacionais

A dangerous business

No Dangerous Business (Negócio Perigoso), a Amanda dá dicas para garotas que querem viajar sozinhas. Entre os posts legais estão o “Por que não tenho medo de viajar sozinha”. 

Travel Yourself 

Caitlin criou o blog há setes anos para atualizar seus amigos e familiares sobre suas viagens. Mas, pegou tanto gosto pela coisa que continua produzindo conteúdo e inspirando outras mulheres até hoje. 

Voyager for life 

Indiana, Renuka vive em um sociedade bem paternalista. Mas, a moça não se deixou intimidar e mostra os encantos da Índia e outros destinos em seu blog, o Voyager For Life

Girls vs Globe 

O Girls vs Globe traz textos sobre viagens e aborda o turismo responsável. No site, também é possível encontrar dicas sobre o estilo de vida vegano e sustentabilidade. 

LEIA MAIS: Desafio: Vai viajar sozinha? 10 curiosidades sobre minhas viagens

Ashley no exterior

Ashley Fleckenstein viajou sozinha pela Europa, Ásia e Índia. Ela também conheceu a Islândia. E os relatos dessa jornada você encontra no Ashley no Exterior

Girl Unspotted

O Girl Unspotted é dedicado a viagens solos femininas. Nele, é possível encontrar uma grande quantidade de conselhos e dicas para você começar a planejar as próximas aventuras. 

 

E você, acompanha alguma mulher viajante que não está nessa lista? Compartilha a dica nos comentários!

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Para mulheres

Insegurança, falta de dinheiro e de tempo livre impedem que as brasileiras viajem mais, aponta pesquisa

Sempre me perguntei por qual motivo as mulheres ainda viajam menos que os homens no Brasil. Bom, agora tenho a resposta para minha dúvida… Segundo uma pesquisa realizada pelo Voopter, em que mais de 5 mil mulheres foram ouvidas, os principais motivos para não viajar sozinha são: pouco dinheiro, falta de tempo e insegurança.

Ainda segundo o estudo, o principal impeditivo apontado pelas viajantes é a falta de dinheiro. Isso foi comentando em 86,6% dos casos. De acordo com o levantamento, o resultado reflete as diferenças salariais, já que elas ainda recebem 16% menos que os homens no Brasil, conforme dados do Ministério do Trabalho. Tal fato representa uma média de R$ 6 mil em um ano, dinheiro que poderia ser utilizado por uma viagem pela América do Sul, por exemplo.

Outro fator que atrapalha as mulheres a viajarem mais é a falta de tempo livre (50,8%). Este motivo possivelmente está atrelado a jornada dupla de trabalho, já que as brasileiras gastam em média 7,5 horas a mais que os homens por semana com atividades domésticas, aponta um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.

As mulheres também viajam menos por conta da insegurança e do medo (31,8%), principalmente da violência de gênero (45,7%). Esse é o grande desafio que ainda impede uma parte delas (37,3%) de embarcar em uma viagem solo, apesar de desejar viver essa experiência, que muitas brasileiras (54,2%) já experimentaram.

O levantamento também aponta que a maioria das mulheres não viaja a trabalho (74,6%) e quando o assunto é lazer, elas embarcam apenas uma vez ao ano (41,4%) ou até três vezes nesse mesmo período (35,3%). As viajantes que participaram da pesquisa têm majoritariamente entre 25 e 34 anos (37%) e entre 18 e 24 anos (33,6%).

A pesquisa faz parte da campanha Viaje, mulher!, que defende o direito de todas conhecerem novos lugares, culturas e pessoas, de forma segura e com liberdade. 

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



2 In Para mulheres/ Viagens

Desafio: Vai viajar sozinha? 10 curiosidades sobre minhas viagens

Fui desafia pela Rayane Azevedo, do blog AzWanderlust, a responder dez perguntas sobre minhas viagens sozinha. Como adoro um desafio topei de cara e as respostas você confere abaixo.

Ah, o desafio foi elaborado pela Rayane e pela Mariana, do Mariana Viaja. Clique aqui e aqui para conferir as respostas dessas minas viajantes 🙂

E como não poderia deixar de ser, antes de começar a responder as minhas perguntas, desafio a Marcela Falco do blog Diário de Navegador a responder as 10 perguntas.

1 – Quando e onde foi sua primeira vez (de viagem solo, viu? rs)?

A primeira vez que viajei sozinha foi aos 16 anos para Saquarema. Não foi exatamente uma viagem solo, pois foi somente o trajeto de ida sozinha. Mas, pra mim, na época foi emocionante e angustiante ao mesmo tempo ter em mãos a responsabilidade de me virar completamente sozinha, mesmo que por algumas horas.

Depois disso, passear sozinha na minha própria cidade se tornou algo natural. Então, é super comum me ver pelo Rio conhecendo novos lugares na minha própria companhia. Agora, viagem viagem mesmo, a minha primeira solo foi em maio deste ano para Belém e Ilha de Marajó. Além do desafio de estar sozinha, também tive o desafio de não ser um destino tão desenvolvido e em que não é comum ter mulheres viajando sozinha. Foi desafiador e, por isso, acredito que voltei mais confiante.

LEIA MAIS: Dicas para planejar uma viagem sozinha

2 – Por que você foi sozinha: era uma vontade ou foi necessidade?

Necessidade. Queria muito curtir o Carnaval na região dos Lagos, mas só poderia ir depois do pessoal que estava na casa. Então, comprei a passagem e fui.

3 – Você costuma planejar ou é daquelas que arruma a mala e vai?

Gosto de planejar. Sou metódica demais pra me jogar sem o mínimo de planejamento. Mas, um dia desejo viajar assim, sem planos para ver como é a experiência.

kari-solo-travel

Na sequência: em Marajó, Belém, Niterói e no Centro do Rio

4 – Já passou algum perrengue desesperador por estar sozinha? E como deu a volta por cima?

Não e que bom que não! Mas, se acontecer volto aqui e mudo a resposta.

5 – Costuma ficar em albergue ou hotel? E prefere mala ou mochila?

Sobre o albergue ou hotel vai depender da localização, preço, etc. Agora, sobre mala ou mochila com toda certeza mochila. É mais prático e mais fácil de carregar e vigiar as coisas. Mala dá muito mais trabalho.

6 – O que deu muito errado? E o que deu muito certo?

Errado ainda nada. Agora certo todas as experiências e amigos que fiz no caminho. Além do autoconhecimento adquirido. Isso é uma coisa que ninguém me tira 🙂

7 – Já pegou carona ou se hospedou na casa de alguém?

Não. Prefiro os meios tradicionais, rs. Não tenho esse nível de desapego, mas admiro muito quem tem. Quanto a se hospedar na casa de alguém sozinha, acho que se eu reservar através de uma plataforma como Airbnb até tenho coragem. Agora, carona essa acho que tô fora mesmo! hehehe

LEIA MAIS: Mas, e você vai sozinha?

8 – Você acha que viajar sozinha é perigoso?

E que lugar não é perigoso? O mundo como todo é perigoso. Por isso, não acho que essa resposta seja uma justificativa para não viajar sozinha. Acho que viajar sozinha traz mais vantagens do que desvantagens. Agora, é claro que sempre tomamos alguns cuidados, como não dar mole com os pertences, sempre nos comunicar com nossos amigos e familiares, compartilhar a localização, não exagerar no álcool…

9 – Tem filho, namorado, marido, cachorro papagaio? Como conciliar isso com as viagens solo?

Namoro, mas não acho que isso seja impedimento para ter um momento meu. Temos tempo para nós, para nós com nossos familiares, para nós com nossos amigos e para cada um ficar sozinho também. E nesse tempo sozinha porque não viajar? Acho isso super saudável pro relacionamento, afinal ninguém precisa esquecer sua individualidade só porque está namorando.

10 – O que não pode faltar na sua bagagem?

Roupas confortáveis e versáteis. Viajando, sozinha ou não, só tem eu para carregar a minha bagagem logo levar muito peso, já que sou eu que vou ter que carregar, está fora de cogitação. Apesar de não ser fácil levar pouca coisa, posso dizer, com certo orgulhinho, que tenho conseguido 🙂

BONUS: Inspire mais mulheres a viajarem sozinhas! Em três palavras, o que é viajar sozinha para você?

Viajar sozinha é ter mais liberdade para fazer as coisas na hora que quiser e se quiser. O que significa ser mais independente também. Além de melhorar o conhecimento sobre nós mesmos. É um mergulho em si próprio.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars