Browsing Tag

Passeios

0 In Passeios/ Rio de Janeiro

A experiência de curtir o Rock In Rio

rock-in-rio-destaque

Gente animada, bonita, bem arrumada. Para todo canto que se olha, algo para fazer: desde shows simultâneos até atividades que vão de penteados a games. Como não deixar a euforia tomar conta?

Era possível ver no rosto das pessoas a alegria de estar ali seja por qual motivo for. Podia ser para ver a banda favorita, para encontrar com os amigos, para ostentar nas redes sociais. Não importava. O clima era de alegria, independente de como estava o mundo lá fora.

Aaaaah, e quem dera o mundo lá fora pegasse pelo menos metade daquela energia positiva. C-O-N-T-A-G-I-A-N-T-E!!!

LEIA MAIS: passeando pela Zona Portuária: AquaRio e Bar Imaculada
rock-in-rio-3

Foi a energia da diversidade, do rock, mas também do pop, do samba, do metal, do rap, da música brasileira, da internacional… E do protesto também. Do protesto pela preservação da amazônia, pelo basta na corrupção, por um governo mais justo. E quem disse que em festival não dá para protestar?

Foram risos, gritos, choros (de emoção, porque não?), fotos, muitas fotos, encontros com famosos, com amigos recentes, com amigos antigos, com o namorado, em família, sozinho. O importante é que os momentos bons ficarão na memória.

LEIA MAIS: trilha da Pedra do Pontal, no Recreio dos Bandeirantes
rock-in-rio-2

E peço desculpas a 2018… Mas, esperamos que 2019 chegue logo :)

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In O que fazer no Rio/ Recentes

Passeando pela Zona Portuária: AquaRio e Bar Imaculada

fachada-bar-imaculada

Uma das regiões do Rio que ninguém dava bola até a sua revitalização era a Praça Mauá. Os Jogos Olímpicos passaram, mas o legado naquela área ficou. E é de dois passeios super bacanas por lá que irei falar. Você pode optar por fazer os dois no mesmo dia ou um por vez. A escolha aqui é do freguês. Sobre os passeios me refiro ao AquaRio e ao Bar Imaculada. Cada lugar tem um perfil bem diferente, por isso a observação de qual conhecê-los ou conhecer os dois fica a critério de cada um.

Galeria: Espécies do AquaRio 

aquari-1

Já tinha visitado o AquaRio antes da inauguração e contei para vocês que ele prometia ser um lugar bem bacana no Rio para se conhecer. A promessa agora virou realidade e o aquário está aberto ao público. De antes da inauguração para agora mudou pouco coisa: as instalações foram concluídas e os aquários estão mais cheios.

Sobre as atrações e infraestrutura, lá você verá, além das mais variadas espécies marinhas, o Museu do Surf e o Museu de Ciência. Tem também lojas para comprar presentes temáticos, lanchonetes e estacionamento. Quanto ao preço, essa é a parte que dói. O valor da entrada é R$ 80. Com projeto Carioquinha, o ingresso sai por R$ 60 e meia R$40. Quem quiser pode optar por comprar o passaporte anual. Para isso será preciso desembolsar R$ 220 no passaporte individual e R$ 440 no passaporte família.

Leia mais: Como chegar no AquaRio e comprar ingressos

Depois de passear e se deslumbrar pelas belezas marinhas é hora de seguir para o Bar Imaculada. O AquaRio fica na Gamboa já o Bar Imaculada no Morro da Conceição. Para se deslocar de um para o outro pegue o VLT na estação Utopia AquaRio e solte na estação Parada dos Museus. Dessa estação para o Morro da Conceição você terá que ir andando. Coisa de 5 minutos. Veja o caminho no mapa abaixo:

Chegando no Bar Imaculada você se deparará com a cara da boemia carioca. O ar boêmio já começa na decoração do Imaculada. Cada mesa tem uma plaquinha colada com o nome de um sambista importante. Nas paredes, quadros divertidos, instrumentos e para completar o ambiente samba tocando no som ambiente do bar. 

imaculada

Quando for lá, não deixe de experimentar a caipirinha (R$ 19,90) e o caldinho de feijão (ou Feijão Amigo no cardápio por R$ 18). Se for almoçar/jantar recomendo o prato executivo de filé de frango com fritas (R$ 32,90). Às sextas-feiras, o bar serve a tradicional feijoada (R$39,50 meia e R$ 75,90 a completa), super bem falada. Confira o cardápio deles aqui

bar-imaculada

Já conhece o AquaRio e o Bar Imaculada?Me conta nos comentários!

 

***

Se você chegou até aqui embaixo é porque curte mesmo o blog. Logo, aproveito a oportunidade para lhe fazer um convite. Participe do nosso grupo do Facebook e vamos trocar uma ideia :)

Beijos,
Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



1 In O que comer no Rio

Café da manhã na Lagoa Rodrigo de Freitas por R$ 35

cafe-arab-lagoa-rodrigo-de-freitas-kari-desbrava

Tomar aquele café da manhã reforçado com certeza é uma coisa que que eu amo. Depois de conhecer o Dona Olinda, na Barra da Tijuca, foi a vez de tomar café com vista para a Lagoa Rodrigo de Freitas.

O lugar escolhido foi o quiosque do restaurante Arab. Como o nome já dá ao entender, o restaurante é de comida árabe. O café dá manhã de lá é bem servido e um café serve tranquilamente duas pessoas.

No café da manhã vem café, leite, suco de laranja, coalhada, pães árabe temperados com ervas finas, sanduíche de pão árabe com mussarela, tomate e cebola, e um tigelinha com frutas (ki wi, maçã e melão). Ufa!

E se você está pensando que esse banquete vai te custar o olho da cara, está enganado! Tuuuuuudo isso saí por um preço bem em conta e custa R$ 35. O Arab aceita pagamentos em dinheiro, crédito ou débito. Infelizmente, os vales comidas da vida não são aceitos. :(

Lagoa Rodrigo de Freitas

Imagina tomar café conferindo essa vista?

Depois da comilança, ainda dá para fazer um passeio na Lagoa. O quiosque do Arab fica em frente ao mirante de onde saem os passeios de pedalinho. Se você não tiver afim de andar de pedalinho, dá pra passar lá só para apreciar a vista ou tirar aquela foto bacana. 😉

Já para aqueles que gostam de andar, que tal uma volta na Lagoa?

Um típico passeio matinal com boa comida e contato com a natureza. Quer melhor do que isso? rs

E você? Onde gosta de tomar café da manhã no Rio? Me conta nos comentários!

Beijos,
Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



32 In Cidades Maravilhosas/ Paraty

Passeio no Alambique Engenho D’Ouro, em Paraty

Como contei para vocês neste post, um dos passeios que mais gostei de fazer em Paraty foi conhecer o Alambique Engenho D’ Ouro. Este passeio me fisgou por dois motivos: o guia do alambique explica como são produzidas as cachaças (ou seja, você ganha uma aula de como são produzidas as bebidas e uma aula de história ao mesmo tempo) e ainda pode experimentar as bebidas ao fim do passeio. Isso mesmo que você leu. 😉 Amantes de histórias, de cachaças ou dos dois, vão adorar conhecer o alambique.

Licores e cachaças expostos no alambique Engenho D'Ouro

Licores e cachaças expostos no alambique Engenho D’Ouro Foto: Divulgação

O alambique

Como falei acima, conhecer o Alambique Engenho D’Ouro é uma aula de história. Um mergulho não só na história da cachaça e também na do Brasil Colonial. O Engenho D’Ouro fica no bairro do Penha, na estrada Paraty-Cunha, bem próximo ao início do Caminho do Ouro (também conhecido como Estrada Real), criado no início do século XVIII para o escoamento do ouro de Minas Gerais através do porto paratiense.

Etapas da produção da cachaça Fotos: Divulgação

Etapas da produção da cachaça Fotos: Divulgação

 

E a história da cachaça e do Brasil colonial se cruzam, pois foi a partir desse fluxo comercial que a produção da bebida ganhou força. Para vocês terem uma ideia, de acordo com o Mapa da Cultura RJ, no ano de 1820 Paraty tinha 12 engenhos de açúcar e cerca de 150 alambiques. E por conta dessa tradição, o município acabou virando sinônimo de cachaça e foi  incluído no mapa de “Indicações Geográficas Brasileiras”, do Sebrae e do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), que atesta a procedência da aguardente com o selo “Cachaças de Paraty”.

Maaaas, voltando ao engenho D’Ouro…. o alambique começou com Francisco Carneiro dos Santos, conhecido na região como “Seu Chico” e que faleceu em 2009. Vindo de Cunha, no estado de São Paulo, Seu Chico começou a produzir a cachaça por prazer. E hoje, o que era brincadeira virou algo sério e o alambique é administrado por sua família.  Atualmente,  o alambique produz 10 mil litros da bebida por ano e recebeu o título de segunda melhor aguardente fluminense na categoria branca, no I Concurso de Cachaça do Rio de Janeiro, em 2012.

Além do alambique, o local também tem um restaurante e o bar da Marlene. O restaurante se tornou famoso por ter a melhor galinha caipira da região. Já o bar da Marlene é reconhecido pelos pastéis sempre sequinhos e fritos na hora.

Como aproveitar

A visita ao alambique custa R$ 5. Entretanto, pessoas até 15 anos não pagam.  O preço baratinho esconde toda a grandiosidade do local. Lá você aprende como a cachaça é produzida desde a moagem (processo de moer a cana de açúcar) até o envelhecimento da cachaça.

alambique_engenho_douro_kari_desbrava

Além disso, você vai descobrir que há vários tipos de cachaça. No Engenho D’Ouro são produzidas as cachaças Ouro, Prata, Jequitibá, Gabriela (minha preferida <3), Caramelada e Azuladinha (tradicional de Paraty). Confira a descrição de cada uma:

cachacas-_kari_desbrava

Foto: Reprodução Internet

 

Além das cachaças, no fim do passeio também é possível experimentar os licores e o Arac, uma bebida inspirada na antiga Pérsia e que é feita à base de anis.

Dica extra: Para deixar o passeio mais legal, vale conhecer a Cachoeira do Tobogã primeiro e depois almoçar no restaurante do Alambique e depois fazer a visita guiada e experimentar as bebidinhas. 😉

Esse passeio pode ser feito com a Eyà Paraty. Nosso guia foi o Alexsandro. Super atencioso, ele nos contou a história do local e nos levou até o alambique.

Como chegar

Alambique Engenho D’Ouro. Estrada Paraty-Cunha, Km 8, Penha Paraty / RJ, 23970-000, Brasil. Telefones: +55 (24) 98858-4212 ou +55 (24) 99832-7339

Realização de ….

A viagem a Paraty aconteceu graças aos patrocinadores e apoiadores deste ideia. Muito obrigada a: Paraty Convention & Visitors Bureau, responsável pela organização da viagem; Pousada Rumo dos Ventos; Restaurantes Punto Divino e Margarida Café; Adrenalina Mergulho; Teatro EspaçoParaty Tours; Associação de Jipeiros de Paraty

E aos parceiros que fizeram parte dos kits: Editora GloboPão de Mel da GemaChokolateria; Cereja DesignGate05Papel e Laço de FitaPati Costurinhas;  ViagemaLaços Gifts; Pulp Edições; SealBag Tilibra; Léa Foto e ArteClub de Viagens Moms Cia2GoVip Wash Spa Automotivo Boulevard Rio Shopping; e Cardume Print Shop .

Novamente, muito obrigada de coração as empresas que nos ajudaram a tornar esses sonho realidade! <3

paraty_parceiros_press_trip_kari_desbrava

*A press trip foi feita em parceria com a CVB de Paraty, entretanto, as opiniões expressadas aqui são fiéis a minha experiência. 😉

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



6 In O que comer no Rio/ Rio de Janeiro

Dona Olinda: Tome café da manhã de frente para praia

Pães e bolos

Hey desbravadores!

Tomar café da manhã é bom demais, né? Agora tomar café da manhã de frente para praia é melhor ainda. Pensando nisso, resolvi indicar um restaurante/padaria que conheci há pouco tempo e gostei bastante. O Dona Olinda fica na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, e além do buffet variado você ainda pode tomar seu café da manhã de frente para o mar. 

dona_olinda_kari_desbrava

O local fica na Avenida do Pepê e a vista linda com a boa comida fazem qualquer um começar o dia de bom-humor! No cardápio do café da manhã tem café, leite, frutas, tapioca, pão, ovo, salsinha, pão de queijo, suco de laranja, etc. O buffet é servido de 6h30 às 12h e custa R$ 39,80 por pessoa durante a semana e R$ 48 por pessoa aos fins de semana. 

cafe_da_manha_kari_desbrava

dona_olinda_kari_desbrava_2

cafe_da_manha_kari_desbrava_4

A área externa da padaria, que possui vista para praia. Neste dia estava chovendo, mas em dias de sol, a vista é super agradável

Quem quiser pedir à la carte também pode. Para conferir o cardápio do local e os preços clique aqui.

Conheci o Dona Olinda em um encontro com as meninas do coletivo De Viagem em Viagem e achei a comida tão boa que resolvi indicar para vocês. O local é uma boa opção para se comer bem e apreciar uma boa vista do Rio, fugindo um pouco do circuito da Zona Sul.

encontro_de_blogueiras_kari_desbrava

As meninas dos blog: Por Aí com os Pires, Uma Senhora Viagem, Freitas para o Mundo, Asas para que te quero, Lolepocket, Four Trip, Mariana Viaja e Viajando Por Aí

E vocês, onde gostam de tomar café no Rio? Me conta nos comentários! 😉

Como Chegar

Serviço. 

Dona Olinda. Av. do Pepê, 380 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ.

*Foto do alto: Site da Padaria Dona Olinda

*Fotos do Post: Flavia Zenke do blog Viajando por Aí

 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



16 In O que fazer no Rio

Minha experiência no Escape 60 

escape60-karidesbrava

Fui conhecer, junto com as meninas que integram o coletivo De Viagem em Viagem, como funciona o Escape 60. Para quem ainda não conhece ou nunca ouviu falar, o Escape 60 é uma empresa especializada em escape games e nesse jogo os participantes escolhem uma sala temática em que ficarão trancados e da qual deverão escapar em 60 minutos.

thumb_img_4996_1024

Foto de Dayana Lole do blog LolePocket

thumb_img_4985_1024

Foto de Dayana Lole do blog LolePocket

thumb_img_4990_1024

Foto de Dayana Lole do blog LolePocket

Para jogar nós escolhemos a sala “Lar das Crianças Peculiares” que foi inspirado no filme com o mesmo nome. Esta sala é temporária e fica na filial de Copacabana até o dia 15 de novembro (se quiser jogar nessa sala CORREEE!). Mas, existem outras salas, que são: Corredor da Morte, Escape Kitchen e Operação Resgate.

Trailler do ‘Lar das Crianças Peculiares’

Durante o jogo, não é possível entrar com celular e nem tirar foto de dentro das salas. A restrição é óbvia já que se fosse permitido, provavelmente, as fotos do local já estariam vazadas na web e o jogo perderia a graça. :p Além disso, a empresa oferece guarda volumes para você guardar seus pertences enquanto estiver jogando.

A sensação de jogar

O fato de você não saber o que vem pela frente é o que torna o jogo mais legal!

Em tempos de internet, onde basta dá um Google que você descobre praticamente tudo, participar de um jogo na qual você terá que revelar um mistério dá de fato um frio na barriga.

Os 60 minutos que pareciam muito tempo antes de entrar na sala tornam-se pouco tempo quando você está lá dentro. E você fica inquieta, nervosa e querendo vencer a brincadeira. O trabalho em equipe torna-se fundamental, pois várias cabeças com certeza pensam mais do que uma.

Depois de muito ler sobre o Escape 60, nada se compara ao fato de você está lá dentro jogando. E melhor ainda, nada se compara a sensação de conseguir escapar. E não é que conseguimos? Faltando 35 segundos para acabar o tempo conseguimos desvendar o mistério que faltava e tchã-ram: E-S-C-A-P-A-M-O-S 😉

Conseguiiiimos!!!

Conseguiiiimos!!!

A sensação de ir e vencer foi muito boa, hehehe.

Como participar?

Para participar é necessário agendar a data e o horário da sala escolhida através do site do Escape 60. O valor da brincadeira é de R$ 69 por pessoa de segunda à sexta até às 16h20 e R$79 por pessoa em dias de semana depois das 16h20, sábados, domingos e feriados. Para jogar é necessário no mínimo quatro pessoas.

Um fato interessante é que não há limites de idade. Ou seja, crianças também podem jogar. Porém, menores de 12 anos só jogam se tiverem acompanhados dos responsáveis.

Outro fato legal de contar é que o Escape 60 de Copacabana fica dentro do Shopping Cassino Atlântico, no terceiro andar. Como o Escape 60 abre antes do horário do shopping você pode se sentir perdido antes de entrar no prédio. Nesse caso, é bem provável que a entrada seja pela Avenida Nossa Senhora de Copacabana. Aí é só falar para o segurança que está indo no Escape 60 e ele abrirá a porta para você.

Serviço

Escape 60

Shopping Cassino Atlântico. Avenida Atlântica, nº 4240, loja 323, Copacabana, Rio de Janeiro. Horário de funcionamento: das 9h às 22h. Tel.: 55 21 2147-2757 /55 21 2147-2749.

Shopping Downtown. Avenida das Américas, n° 500, bloco 18, sala 101, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Horário de funcionamento: De segunda a domingo, das 9h30 às 00h. Tel.: 21 3597-2010 / 21 3597-2030.

As meninas também escreveram sobre suas percepções do Escape 60. Confira os posts:

Asas pra que te quero! – Escape Games no Rio de Janeiro: nos trancamos no Escape 60!

As viagens de Trintim –  Escape60′ em Copacabana

Lole Pocket – Escape 60: Uma hora para resolver o enigma e sair da sala. Você consegue ?

Mariana Viaja – Escape60: enigmas, corrida contra o tempo e diversão no jogo interativo

*Conhecemos a sala a convite do pessoal do Escape 60. Entretanto, tudo que está neste post expressa somente a opinião desta blogueira, escrita de maneira imparcial. 😉

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars

 



0 In Passeios/ Recentes

Dia dos Pais: Lugares legais para passear com o seu

fog-79456_1280

O dia dos pais tá chegando e começamos a pensar o que fazer com o nosso querido pai nesta data. Para facilitar a vida daqueles que ainda estão em dúvida da onde levar o pai para passear aí vão cinco dicas. Tem para pai aventureiro, culto, estiloso… Enfim, para todos os tipos de pais. Saca só!

1 – Bar da Laje

O Bar da Laje fica no Morro do Vidigal e além da vista sensacional tem um comida bem boa. Lá também tem rodas de samba. Se seu pai curte uma vista linda e um sambinha lá é um bom lugar para conhecer. Para ler como foi minha visita clica neste post.

2- Centro de visitantes das Paineiras

Próximo ao Cristo Redentor e das Paineiras, o Centro de Visitantes Paineiras foi inaugurado recentemente. Localizado no antigo Hotel Paineiras, a área ganhou uma loja, restaurantes e uma exposição sobre o Parque Nacional da Tijuca.  Neste post contei como ficou o local.

13839879_1130812486981877_1155846258_o

Loja do Centro de Visitantes Paineiras

3- Feira das Yabás

Seu pai gosta de comida popular, samba e cerveja gelada? Então, leve ele na Feira das Yabás, que rola todo segundo domingo do mês em Oswaldo Cruz. Tenho certeza que você e ele vão se amarrar. Clique aqui e confira meu passeio pela feira.

4- Museu do Amanhã

O Museu do Amanhã é a nova sensação do Rio. Tá localizado na Praça Mauá, que foi revitalizada para os Jogos Olímpicos 2016. Visitei ele há pouco tempo e listei 5 motivos para conhecê-lo. Quem sabe essa lista não ajuda você a convencer seu pai de ir lá.

5- Trilhas

Agora se seu pai for aventureiro tenho certeza que uma trilha fará ele extremamente feliz. Já dei dicas aqui no blog de lugares legais como Trilha do Morro dos Irmãos, do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Pedra do Telégrafo e Morro da Urca. Cada um desses cantinhos tem um ‘quê’ especial e vale a visita.

morro_dois_irmãos_kari_desbrava_7

Vista da trilha do Morro Dois Irmãos

***

Se você gostou deste post compartilhe nas redes sociais.

Beijos,

Kari.

 

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars

 

 



 

0 In Passeios

Conheça o Centro de Visitantes Paineiras

centro_de_visitantes_paineiras_kari_desbrava

O Rio ganhou mais uma atração turística. O Centro de Visitantes Paineiras foi aberto ao público neste sábado, mas o blog foi convidado para a inauguração para imprensa que rolou na quinta-feira (28). Quem me acompanha no Snapchat (Se ainda não, tá perdendo tempo! Me segue lá: karidesbrava) viu que mostrei o local para vocês. Mas, se você não pode me acompanhar por lá ou não tem Snap não fique triste. Esse post está aqui para isso, rs.

Após a revitalização, o Centro de Visitantes Paineiras ganhou uma área gastronômica na qual você faz sua refeição com uma vista de cair o queixo. Além disso, ainda tem uma loja de souvenirs no primeiro andar — que eu fiquei maluca e queria levar tudo para casa —  e uma exposição interativa contando a história do Parque Nacional da Tijuca.

centro_de_visitantes_paineiras_kari_desbrava

Bar_paineiras_kari_desbrava

 

coquetel_kari_desbrava

Coquetel de inauguração

Na parte da exposição, me chamou a atenção a maquete gigantesca do parque, a linha do tempo contando a história do local e os telões interativos no qual é possível aprender sobre biodiversidade, ecossistemas além de conhecer os parques nacionais nem que se seja por um telão.

13632855_1130812903648502_261351029_o

Maquete do Parque Nacional da Tijuca

13835761_1130813113648481_596683115_o

Exposição com painéis interativos

13835806_1130813100315149_1260613463_o

Linha do tempo com a história do Parque Nacional da Tijuca

 

Outra coisa bem bacana da exposição, é o telão gigante que passa um filme com cenas gravadas dentro do Parque Nacional da Tijuca. Tem cenas de meninos andado de skate na Estradas das Paineiras, rapel e até de voos de asa-delta. Gente fiquei fascinada!

13839879_1130812486981877_1155846258_o

Loja de souvernirs

 

Mascotes_jogos_olimpicos_rio_kari_desbrava

E das Paineiras é possível visitar o Cristo Redentor. Caso você vá primeiro ao Centro de Visitantes e depois queira ir para o Cristo é possível adquirir o ingresso direto nas Paineiras, em um moderno sistema de autoatendimento e senhas.  O novo formato foi criado com o objetivo de diminuir o tempo de espera no local, principalmente em períodos de alta temporada, além de oferecer mais conforto ao público, que vai poder aguardar o embarque aproveitando as atrações, sendo possível acompanhar o horário por meio de monitores distribuídos por todos os espaços.

LEIA MAIS: Como conhecer o Cristo Redentor no Rio de Janeiro

Serviço:

Centro de Visitantes Paineiras. Estrada das Paineiras, S/N. Diariamente, 8h às 19h. Horário especial no período dos Jogos Olímpicos (8 a 17 de agosto): 8h às 22h. Exposição “Floresta Protetora”: Entrada grátis / Classificação Livre.


***

Se você gostou deste conteúdo compartilhe nas redes sociais. 😉

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In O que fazer no Rio/ Passeios

5 motivos para visitar o Museu do Amanhã

Museu_do_Amanhã_Kari_Desbrava

No último domingo foi comemorado o Dia das Mães. E para celebrar essa data ~ dia das mães é todo dia tá gente ~ finalmente fomos (eu e minha coroa) conhecer o Museu do Amanhã.  “Tá, mas o museu já inaugurou faz séculos” você pode pensar. Sim, inaugurou faz um bocado de tempo, porém estava esperando um dia em que não estivesse muito sol para ir conhecê-lo, já que ouvi dizer que para entrar a fila é quilométrica.

Portanto, antes de listar os 5 motivos para você ir conhecer o Museu do Amanhã, já adianto logo: compre seu ingresso pela internet. Isso vai te poupar um tempão e ainda vai evitar que você (e seus amigos, acompanhante, etc) fiquem torrando no sol.

Dito isso, vamos aos motivos 😉

1 – Arquitetura de impressionar

De longe o prédio do Museu do Amanhã já chama a atenção. Todo branquinho, futurista. De longe ou de perto é incrivelmente bonito. Me surpreendeu positivamente e com certeza vai impressionar você também.

DCIM100GOPROGOPR0947.

Museu do Amanhã visto de longe

2 – Museus são legais

Deixe aquele pensamento de que museu é um lugar chato para trás. Museus são locais super bacanas onde na maioria das vezes as exposições no agregam algo: seja uma reflexão,  um conhecimento novo, conhecer alguém legal que gosta do mesmo tema que você, risadas… Dê uma chance a experiência.

DCIM100GOPROGOPR1040.

 3 – Dá pra se divertir gastando pouco

A entrada para o Museu do Amanhã custa R$ 10. A meia-entrada R$5. Se você tiver até 21 anos, for estudante de escolas e/ou universidades particulares, deficiente, servidor público, morador ou natural da cidade do Rio, portador da carteira Identidade Jovem ou for pagar o ingresso com cartão Santander tem direito a meia.

Já se for estudante ou professor da rede pública, tiver até 5 anos ou a partir de 60, for funcionário de museus ou associado do ICOM, for guia de turismo ou vizinho do Museu do Amanhã não paga entrada. Ou seja, é um programa que cabe no bolso.

4 – Rende fotos fantásticas 

A questão das fotos é algo que gosto muito de frisar, pois sou apaixonada por fotografia. E olha, que lugar bonito para se bater aquele retrato que merece uma moldura depois, sabe? Sai fascinada e com fotos bacanas.

Minha tradicional pose de braços abertos :)

Museu_do_Amanhã_Dia_das_mães_kari_desbrava

Mais um Dia das Mães visitando museus!

5- O MAR é ali do lado

Se depois do passeio no Museu do Amanhã você se animar pode visitar o museu que fica ao lado: o Museu de Arte do Rio (MAR). Já contei para vocês como foi minha visita a ela neste post.

Foto: Reprodução Facebook Museu do Amanhã / Thales Leite

Foto: Reprodução Facebook Museu do Amanhã / Thales Leite

Dica extra: Até o dia 30 de outubro está rolando a exposição O Poeta Voador, que conta a história de Santos Dumont. Interativa e com muitas surpresas, a mostra foi o ponto alto da visita. Veja um dos vídeos de apresentação da exposição:

Como chegar

O Museu do Amanhã fica na Praça Mauá, 1, Centro do Rio. É bom evitar ir de carro, já que o Museu não tem estacionamento. Vi que o estacionamento mais próximo fica na Rua Acre e custa R$ 25 independente de quanto tempo você for deixar o carro.

Para quem quiser ir de metrô, a estação mais próxima é a Uruguaiana.


***

 

Se você gostou deste post compartilha com seus amigos através das redes sociais. :)

 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars

 



Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox
Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox