Browsing Tag

Paraná

0 In Paraná/ Viagens

O que fazer em um fim de semana em Curitiba

Compartilhe:

Curitiba é um destino que com certeza vale a pena conhecer. Seja pelo clima mais ameno, pela educação dos curitibanos, pelos parques ou pelo bares… cada quesito é uma atração à parte. Pensando nisso, elaborei este roteiro com dicas do que vale visitar na capital do Paraná.

Ah, as dicas abaixo foram selecionadas com base na minha experiência na cidade. Espero que gostem das indicações 😉

Você sabia que pode reservar sua hospedagem através do Kari Desbrava? Somos afiliados do Booking.com 🙂 Fazendo sua reserva através do blog você me ajuda a continuar produzindo conteúdo de qualidade e não paga nada a mais por isso

– Parque Tanguá

Simplesmente o lugar mais lindo da cidade. Bem cuidado, limpo e com uma natureza exuberante. 

 

– Parque Barigui

Pelo que percebi é onde os curitibanos aproveitam para se exercitar e encontrar com a galera. Além, é claro, de passear com a família e animais de estimação. Vale levar umas coisinhas e fazer um piquenique. 

 

LEIA MAIS: O que você deve saber sobre o Airbnb

– Tour comida de boteco

Sou fã de um boteco e fiquei super feliz quando descobri que em Curitiba tinha esse tipo de passeio. O tour é organizado pela Carol Moreno, do blog Mochilão Trips, e basicamente você visita diversos bares, bebe, conhece gente nova e se diverte muito. Contei mais sobre essa experiência nesse post aqui

– Jardim Botânico

É um dos principais pontos turísticos da capital paranaense e o primeiro que visitei durante minha viagem a cidade. Destaco como ponto alto da visita o estufa de ferro e vidro, que foi inspirada no Palácio de Cristal de Londres, e o Jardim de Sensações. 

 

 

Serviço: Rua Eng°. Ostoja Roguski, s/n°. – Jardim Botânico. Horário: das 06h00 às 20h00 durante o horário de verão. E das 06h00 às 19h30 durante o horário de inverno.

– Ópera de Arame

A construção também é um dos símbolos de Curitiba. Lá funciona como uma espécie de casa de espetáculos com capacidade para 1.572 espectadores. Faz parte do Parque das Pedreiras. 

 

Serviço: R. João Gava, 970 – Abranches. De terça a domingo, das 8h às 18h.

– Experimentar Licor de Merda  

Ao sair da Ópera de Arame encontrei um bar que vendia Licor de Merda. O nome claro me chamou atenção e fui lá experimentar. Neste post aqui contei para vocês como foi essa experiência.

– Feirinha do Largo da Ordem

É uma feirinha, estilo a Feira do Lavradio, no Rio de Janeiro. Tem gente bonita, bibelôs para comprar e muitos bares abertos. Acontece todo domingo, das 9 às 14h. 

Serviço: Setor Histórico – Rua São Francisco X Rua Mateus Leme X Largo da Ordem X Rua Claudino dos Santos X Rua Kellers.

– Bar do Alemão

Um dos bares mais famosos da cidade. Fica no Largo da Ordem. Uma boa pedida é ir na feirinha e terminar o passeio no Alemão. Experimente o chopp submarino: uma dose de steinhäger na caneca do chope. De quebra, você ainda pode levar a caneca pequeninha de lembrança. 

 

Serviço: Rua Dr. Claudino dos Santos, 63. Aberto diariamente das 11h da manhã às 2h da madrugada. Inclusive aos domingos e feriados.

– Museu do Olho

O Museu Oscar Niemeyer, também conhecido como Museu do Olho, é uma obra de arte em si. Vale a visita pela sua beleza e grandiosidade. 

 

– Torre da Oi

A torre da Oi permite ver a cidade de Curitiba lá do alto, com uma visão de 360°. São 109,5 metros de altura e uma vista de cair o queixo. 

 

Serviço: Rua Professor Lycio Grein Castro Vellozo, 191, Mercês. Aberto de terça a domingo e feriados, das 10h às 19h. *Venda de ingressos até as 18h30.

– Bar de E-sports 

Quem gosta de bar e vídeogames precisa conhecer o Coooldonw. O espaço reúne diversas atividades para os fãs de E-Sports.

– Arena da Baixada  

Conhecer a Arena é um passeio e tanto para os amantes de futebol. Mas, até aqueles que não são muito ligados ao esporte se divertem no tour. Contei para vocês mais sobre esse experiência nesse post aqui.

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
0 In Paraná

Visita guiada pela Arena da Baixada, em Curitiba

Compartilhe:

Em minha viagem a Curitiba conheci o estádio Joaquim Américo Guimarães, mais conhecido como Arena da Baixada, do time Atlético Paranaense. Não sei vocês, mas apesar de não acompanhar muito futebol, super curto conhecer estádios (mozão que foi comigo então nem se fale, rs).

Bom, sobre a visita guiada pelo estádio vale dizer que eles são super pontuais. Se está marcado para começar às 10h30, eles vão começar às 10h30 em ponto!!! Lembro que quando a gente foi nos atrasamos um pouco porque foi difícil acordar depois do Tour Comida de Boteco. Aí, quando chegamos, o passeio já tinha começado. Porém, sorte que não perdemos quase nada. Então fica a dica: chegue um pouquinho antes do horário marcado 😉

 

O passeio

A Arena da Baixada é considerada, desde os anos 90, um dos estádios mais modernos do Brasil. Além de ter sido o primeiro estádio da América Latina a ter o teto retrátil. Segundo a guia nos informou, o teto demora cerca de 28 minutos para abrir e por conta do tempo que leva não fazem essa demonstração durante o passeio. Mas, o tour não deixa de ser legal por conta disso.

No passeio conhecemos mais da história do estádio e logo no início podemos ver as maquetes do local. Em seguida, somos convidados a ver o estádio da tribuna, uma espécie de camarote, e depois vamos para uma “apresentação dos jogadores”, em que o pessoal que faz o passeio pode tirar foto com a camisa do Atlético como se tivesse sido a nova contratação do clube (esse parte deve ser demais para quem é atleticano).

Depois, vamos conhecer o vestiário em que os jogadores ficam. Podemos andar livremente pelas instalações e nos sentirmos os próprios esportistas.

 

 

 

 

Posteriormente, vivenciamos a parte mais emociante na minha opinião. Andar pelo corredor em que os jogadores passam até chegar ao campo. Essa parte é acompanhada de um áudio como se o estádio estivesse lotado. Simplesmente arrepia!

No fim, vamos ver a a taça do um dos campeonatos do Atlético (não lembro qual, rs) e vemos o campo mais uma vez. 

Resumindo o passeio dura mais ou menos uma hora e meia. De tão divertido, esse tempo passa voando. Então, aproveite bastante!

Ah, os ingressos podem ser comprados na bilheteria do estádio e a forma de pagamento é em dinheiro ou cartão.

 

Serviço
Visita Guiada Arena da Baixada. Rua Buenos Aires, 1260 – Curitiba/PR. De terça a domingo, às 9h30, 10h30, 14h, 15h e 16h. Ingressos: R$ 20 (inteira); R$ 10 (meia-entrada), R$ 5 para sócio torcedor.

***
Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
2 In Paraná

Curitibando: Experimentei licor de merda!

Compartilhe:

Não é mais um título sensacionalista desses que você vê pela web somente para alcançar cliques. É isso mesmo que você leu. Quando fui a Curitiba experimentei o licor de merda. 

Maaaaaaas, se engana quem pensa que o licor de merda é feito de fezes (cocô). E agora vou explicar para vocês do que é feito e por qual motivo a bebida tem esse nome, no mínimo, curioso.

Para começar, o licor ganhou esse nome por conta de um protesto. Isso mesmo! É uma sátira.

licor-de-merda-2

Em 1970 Portugal vivia um momento conturbado. A insatisfação com o Estado Novo, em vigor desde 1933, aumentava a cada dia. Como forma de protestar contra a situação política pela qual Portugal estava passando, o comerciante Nuno Sérgio, da cidade de Cantanhede, inventou o Licor de Merda.

A ideia logo se espalhou e fez muito sucesso entre a população e inclusive entre políticos, como o ex-presidente português Mário Soares.

Depois do licor, surgiram outras receitas a base dessa bebida como a Mouse de Merda, Gelado de Merda e Caipimerda. 

licor-de-merda-3

Mas, afinal do que é feito?

O Licor de Merda é feito à base de leite e também contém baunilha, cacau, canela, açúcar e citrinos.

Em Curitiba, experimentei a bebida em uma lojinha que fica em frente a Ópera de Arame, um dos pontos turísticos da capital paranaense. Porém, você também pode comprá-lo pela internet. 

Me acompanhe no Pinterest! 

licor-de-merda

 

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe: