Browsing Tag

febre amarela

0 In Dicas/ Viagens

[VÍDEO]: Febre amarela e como ela afeta a vida do viajante

Compartilhe:

Algumas cidades brasileiras estão vivendo um surto, ou a eminência de um, de febre amarela. Por causa disso, uma campanha de vacinação foi iniciada em vários estados e a procura por imunização tem crescido. Mas como a febre amarela afeta a vida de quem viaja? Quais cuidados temos que ter antes de ir para um lugar em que a doença circula? Saiba essa e outras respostas assistindo o vídeo abaixo.

Após o vídeo, tem um FAQ com algumas perguntas e respostas que também podem lhe auxiliar.

Porque e quando devo tomar a vacina?

É preciso se vacinar se você está em uma área de risco da doença ou se vai viajar para uma. O ideal é tomar a vacina com até 10 dias de antecedência de uma viagem, já que o efeito de proteção começa a contar a partir do décimo dia após a vacinação.

Existe contra indicação?

Sim. A vacina é contra-indicada para crianças com menos de seis meses; para pessoas com alergia grave ao ovo; para pessoas com hipersensibilidade a algum dos componentes da vacina; para portadores de imunodeficiências; e pessoas em de tratamento com quimioterapia/ radioterapia.

Maiores de 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam crianças menores de seis meses e portadores de HIV precisam ser avaliadas e ter autorização médica para tomar a vacina.

Qual a diferença entre dose fracionada e dose integral?

A dose fracionada vale por oito anos.  Já a  dose integral vale para a vida inteira e é essa que a pessoa tem que tomar para poder embarcar para viagens internacionais.

Para que serve o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP)?

O certificado é o documento que comprova que você de fato se vacinou contra a febre amarela ou outras doenças.

Em que casos devo apresentar o certificado de vacinação contra febre amarela?

Em viagens internacionais para países que exigem a apresentação do cartão. Consulte aqui se o destino para onde você vai tem essa exigência.

Como emitir o cartão de vacinação?

Para emitir o CIPV é  preciso ir a um posto habilitado da Anvisa e apresentar a documentação necessária que é: carteira de identidade, passaporte ou outro documento oficial com foto, ou certidão de nascimento para menor de idade; comprovante de vacinação preenchido corretamente, caso a vacina tenha sido aplicada em outra data e local. Confira aqui os endereços dos postos.

Se eu não posso tomar a vacina e preciso viajar, o que devo fazer?

É preciso tirar um atestado médico, escrito em inglês ou francês, que comprove que você não pode receber a vacina. A anvisa tem um modelo de formulário para estes casos. Confira aqui.

O macaco transmite a febre amarela?

Não. O transmissor da febre amarela é o mosquito. O macaco é tão vítima da doença quanto nós, humanos. Um macaco doente serve como alerta para nós de que a doença está circulando em áreas próximas a gente. Se você vê um macaco com comportamento atípico (movimentos lentos, destacado do grupo) acione a Vigilância Sanitária do seu município para que o animal seja localizado e estudado. 

Se você mora no estado do Rio, pode entrar em contato com as secretarias de Saúde do município ou do estado através do telefone (21) 98596-6553 ou e-mail: notifica@saude.rj.gov.br

Vale lembrar, que matar macacos é crime ambiental! Além disso, ao matá-lo você está desequilibrando o ecossistema.

 

*As indicações deste post foram tiradas do site da Anvisa e da FioCruz
.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe: