Browsing Tag

Dicas

0 In Rio de Janeiro

Dicas para curtir os blocos de rua no Rio de Janeiro

O Carnaval do Rio é um dos mais famosos do Brasil. Seja pelos desfiles das escolas de samba, seja pelos blocos de rua, aqui tem espaço para todo mundo. Entretanto, vejo que algumas pessoas ainda possuem muitas dúvidas de como é o Carnaval de Rua do Rio. Sabendo disso, a intenção deste post é te ajudar a se programar e aproveitar da melhor forma possível a folia. 

LEIA MAIS: Manual de sobrevivência: Carnaval no Rio de Janeiro 

Aqui é Carnaval na cidade toda

No Rio, todos os lugares da cidade possuem blocos. Os mais famosos desfilam na Zona Sul, Centro e Zona Oeste. Pensando, nisso olhe a agenda de blocos e programa-se. Vale a pena se atentar também que muitos blocos divulgam o ponto de concentração e o horário no desfile em suas redes sociais. Por isso, é comum que o horário e local descrito em sites estejam errados. Logo, assim que decidir para qual bloco ir, dê uma olhada na página do Facebook ou no perfil do Instagram do bloco em questão para confirmar essas informações.

Diga não ao carro

A outra dica é sobre o transporte. Já que é carnaval na cidade toda, é comum que ruas estejam fechadas para a passagem do blocos. Logo, evite andar de carro, táxi, uber, ônibus. Já que você pode não conseguir descer onde deseja. Isso nos leva a próxima dica…

Ande de metrô

A melhor forma de se locomover no Carnaval do Rio é de metrô. Com ele, você consegue chegar nos principais blocos do Rio. Vale lembrar que nessa época do ano, ele funciona 24 horas. O que facilita bastante a nossa vida! 🙂

LEIA MAIS: Onde se hospedar no Rio de Janeiro?

Cuidado com seus pertences

Carnaval é sinônimo de folia. E a última coisa que a gente quer é se preocupar com algo. Por isso, já que você vai estar no meio da multidão, evite ir com objetos de valor (como cordões, relógios, etc), e guarde bem seus pertences. Uma boa dica é usar uma pochete estilosa ou ainda um doleira para guarda o dinheiro, documento e celular.

Conheço muitas pessoas que levam um celular velinho para caso aconteça algo  o prejuízo não ser grande.

Evite colocar o celular ou o dinheiro em bolsos que não sejam fechados para você não ser surpreendido com um furto.

Vale também colocar seus pertences em um saco plástico. É comum que em alguns blocos o pessoa jogue água dos trios para refrescar. Se você não quiser que seu celular leve um tibum é melhor embalar ele.

LEIA MAIS: 5 aplicativos para ajudar você a se virar no Rio de Janeiro

Hidratação é tudo

Beber é bom, maaaaas…. Não dê uma de principiante. Entre uma cerveja e outra, não esqueça de tomar água.  É bom para a saúde, para não sofrer de insolação e não ter ressaca no dia seguinte.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

 

*Foto do abre da matéria: Divulgação| Alexandre Vidal | Riotur

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Dicas de Viagem

Aprenda a montar a mala ideal para as férias

Montar uma mala para as férias pode ser uma missão complicada. Pensando nisso, nós do Kari Desbrava conversamos com a  consultora de Comportamento Profissional e de Etiqueta Social, Maria Inês Borges da Silveira, que separou algumas dicas para lhe ajudar nessa difícil jornada.

Para Maria Inês, a primeira coisa a ser feita antes de viajar é ver quantos dias vai ficar em determinado destino. “Também é importante ver como vai estar o clima no local e somente a partir dessas duas premissas começar a arrumar a mala”, comenta a especialista.

LEIA MAIS: O que levar na mala de mão + check list para imprimir e ajudar a organizar a viagem

Confira mais dicas da consultora para os mais diversos destinos:

– Lugares quentes

Segundo Maria Inês, tecidos leves são indispensáveis quando o destino é quente. Além disso, a especialista aponta quais itens não podem faltar na mala para lugares tropicais. Anote aí: chapéu ou viseira, sapatos confortáveis, rasteirinhas e chinelos, sandálias, bolsas de palha e rafia, óculos escuro, protetor, bermuda, camisetas e regatas.

“Já para a noite, aposte nas pantalonas de seda, camisas ou tops, ou ainda nos vestidos leves, que servirão para as mais diversas ocasiões como encontros em restaurantes, jantares e aniversários. Se o lugar tiver praia ou piscina, não esqueça os biquínis, maios e saída de banho”, ensina.

–  Lugares frios

Locais frios pedem roupas apropriadas. “Leve um casaco prático trecho-coat, um cardigã e aquela calça coringa de cor neutra. Para quem gosta de jeans, uma ou duas peças, além de camisas e malhas que combinem com os casacos e as calças. Uma bota confortável, sapato fechado estilo mocassim, uma bolsa prática para o dia, cachecol, gorro, calça de veludo ou couro e colete pratico que combinem entre si também facilitam na hora de montar o look. E não esqueça dos óculos e do protetor solar. Mesmo no frio eles sempre protegem a pele”, lembra Maria Inês.

LEIA MAIS: Glossário do viajante: Entenda o significado de alguns termos

– Viagem para uma estação de esqui:

“Além das peças citadas antes, acrescente um casaco Doudone. Ele é muito versátil e despojado. O ideal é usar ele com uma calça sequinha devido ao seu volume. Caso você tenha materiais para esquiar, não esqueça de levar, principalmente a própria bota”, sugere. “Porém, se não tiver esses equipamentos em casa, muito lugares são especializados em aluguel. Não encha-se de meias, suéteres e conjuntos de lã. O ideal para esquiar são as peças leves e impermeáveis, próprias para o esporte”, completa. 

Consultora dá dicas de como montar a mala de férias de acordo com cada destino Foto: Divulgação

– No frio ou no calor é bom levar:

“Um bom livro, necessaire com maquiagens e cremes que você goste de usar, secador de cabelo portátil, sombrinha dobrável, lentes de contato (caso use), prendedores de cabelo. Mesmo na praia, lembre-se de levar um agasalho ou cardigã, jaqueta bomber ou pashmina”, finaliza a especialista.

Com essas dicas, você nunca mais irá passar perrengue nas suas viagens!

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Listas/ Viagens

4 atitudes para não se endividar com as viagens de fim de ano

Quem não ama viajar no fim do ano? Viajar é tudo de bom sempre! Mas, logo depois das festas vem janeiro, um dos meses em que mais temos contas para pagar!!!, e os resquícios das compras de natal… Por isso, é bom ter um planejamento para não começar 2018 endividado e com as contas (e viagens) comprometidas! Para não passar por esse perrengue veja 4 dicas importantes: 

LEIA MAIS: 7 dicas que você deve seguir se quiser viajar mais  

1- Estipule o quanto vai gastar

Antes de viajar, saiba exatamente quanto pretende gastar. Escrevi pretende aqui, pois pode ser que você opte por gastar mais (cuidado com essa opção!) ou menos do que pretendia. Para saber quanto vai gastar em uma viagem faça o orçamento avaliando o destino, período, além de gastos com hospedagem, transporte, alimentação… Ah, não esqueça de separar um valor para os presentinhos ou possíveis compras.

2- Não tenha vergonha de negociar preços

Deixe a vergonha de lado e negocie os valores. Dessa maneira você pode conseguir descontos incríveis e que vão dar um alívio para o seu bolso. Sem falar, que quem sabe você não volta com um dinheirinho sobrando para a próxima viagem?

3- Saiba exatamente como anda sua vida financeira

Antes de viajar, é preciso entender como vai a sua vida financeira. Se você anda endividado, será mesmo que vale a pena se endividar mais ainda por uma viagem? Planejamento é o melhor amigo do viajante. Com ele você consegue viajar sem precisar arruinar suas finanças. Se mesmo assim, o bichinho da vontade de viajar te picar considere conhecer cidades próximas a sua ou mesmo pontos turísticos da sua própria cidade (oh, a filosofia do #DesbravaSuaCidade aí!), além de atividades ao ar livre, como parques, ou gratuitas, como museus. 😉

LEIA MAIS: Dicas para planejar uma viagem sozinha

4 – Lembre-se das contas

Como sabemos viajar é maravilhoso, mas fim e início de ano são meses de IPTU, IPVA, material escolar, matrícula, resquício de compras… Portanto, não gaste todo seu dinheiro na viagem e depois fique desesperado sem saber como pagar as contas. Tenha atenção e planeje-se, que com certeza muitas viagens virão, e dores de cabeça serão evitadas.

 

Salve a imagem abaixo e compartilhe com quem precisa dessa dica!

 

finanças-viagem-fim-do-ano

Vídeos que podem te ajudar a aprender a se educar financeiramente:

Se você gostou deste post compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Beijos,
Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Listas

7 dicas que você deve seguir se quiser viajar mais

Quem nunca se comparou com o amigo do Facebook que vive viajando? Quem nunca pensou como ele faz para viajar tanto? Então… vou te contar um segredo. Se você não nasceu em berço de ouro ou não ganhou na loteria, só tem um jeito de viajar: ECONOMIZANDO!

O que você faz com seu dinheiro? Já parou para pensar nisso? 🤔 Os gastos supérfluos, aqueles que normalmente a gente não monitora, geralmente são os responsáveis por levar boa parte do seu suado dinheirinho.

Mas, se você também está nessa sinuca de bico e se sente perdido quando pensa “Como posso começar a viajar?” vou te dar algumas dicas. Anota aí 📝

1. Tenha metas

Se você quer começar a viajar coloque isso como uma meta. Escreva em uma agenda, no Google Docs, cole no seu mural. Visualize sua meta sendo alcançada e busque sempre ler, ver fotos e vídeos sobre o destino para manter o foco!

2. Planeje-se com antecedência

Decido o destino, veja o quanto precisa para conhecê-lo e em quanto tempo consegue juntar esse dinheiro. Trace um plano! Para isso, será necessário rever seu orçamento e vê se não está desperdiçando dinheiro com bobagens.

3. Priorize sua meta

Para viajar é preciso ter dinheiro. Logo, se você quer mesmo viajar mais, pode ser que seja preciso abdicar de algumas coisas para conseguir algo maior. Você precisa mesmo de tantas “brusinhas”? É necessário mesmo comer fora todos os dias? Às vezes, com um pouquinho de esforço você consegue concretizar aquele plano tão sonhado! POUPAR AQUI É UM MANTRA!

4. Invista seu dinheiro

Faça o dinheiro trabalhar para você! Invista ele em aplicações que possam fazer ele render (Já ouviu falar de Tesouro Direto?). Mas, calma! Se você não entende nada de aplicações, comece pelo começo: guarde o dinheiro na poupança e estude sobre finanças e qual seria o melhor investimento para você. Só quando se sentir segura e estiver munida de informação o suficiente aplique a grana. Estar bem informada e saber o que está fazendo é essencial para não fazer besteira!

5. Procure formas alternativas de viajar

Existem muitas formas de viajar. Você pode ficar hospedada em albergues/hostels, trabalhar em troca de hospedagem, se hospedar na casa de um local, etc. Procure se informar sobre como viajar barato e escolha a possibilidade que esteja dentro do seu perfil.

6. Passagens em promoção

Monitore as passagens para o destino que você quer conhecer. Assim, quando o valor da passagem diminuir você saberá e poderá comprar com um preço mais em conta. Aplicativos como Voopter, Melhores Destinos, Kayak e Google Voos fazem isso 

7. Renda extra

Procure por atividades que possam lhe render uma grana extra. Traduzir um texto, vender algo que não usa mais, trabalhar através de algum aplicativo, etc. Com uma renda a mais fica mais fácil alcançar a meta para fazer sua viagem.

Bom, essas são algumas das coisas que faço desde que decidi começar a viajar mais. Se você achou essas dicas úteis, compartilhe esse post com quem você se importa!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Passeios/ Rio de Janeiro

A experiência de curtir o Rock In Rio

Gente animada, bonita, bem arrumada. Para todo canto que se olha, algo para fazer: desde shows simultâneos até atividades que vão de penteados a games. Como não deixar a euforia tomar conta?

Era possível ver no rosto das pessoas a alegria de estar ali seja por qual motivo for. Podia ser para ver a banda favorita, para encontrar com os amigos, para ostentar nas redes sociais. Não importava. O clima era de alegria, independente de como estava o mundo lá fora.

Aaaaah, e quem dera o mundo lá fora pegasse pelo menos metade daquela energia positiva. C-O-N-T-A-G-I-A-N-T-E!!!

LEIA MAIS: passeando pela Zona Portuária: AquaRio e Bar Imaculada
rock-in-rio-3

Foi a energia da diversidade, do rock, mas também do pop, do samba, do metal, do rap, da música brasileira, da internacional… E do protesto também. Do protesto pela preservação da amazônia, pelo basta na corrupção, por um governo mais justo. E quem disse que em festival não dá para protestar?

Foram risos, gritos, choros (de emoção, porque não?), fotos, muitas fotos, encontros com famosos, com amigos recentes, com amigos antigos, com o namorado, em família, sozinho. O importante é que os momentos bons ficarão na memória.

LEIA MAIS: trilha da Pedra do Pontal, no Recreio dos Bandeirantes
rock-in-rio-2

E peço desculpas a 2018… Mas, esperamos que 2019 chegue logo 🙂

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Viagens

Tá pensando em viajar? Veja a lista das cidades brasileiras com passagens aéreas mais baratas durante a primavera

A primavera é um ótimo período para viajar. A época é boa, pois apresenta temperaturas mais amenas, além de ainda estar em baixa temporada, o que significa preços mais baratos.

Nesta segunda-feira (11), a ViajaNet listou as dez capitais brasileiras que apresentam maior economia no valor médio das passagens aéreas. No topo do ranking está Curitiba com preços médios de R$ 356 no valor das passagens.

Recentemente, viajei para Curitiba pagando R$ 400 por quatro passagens aéreas. Clique aqui e confira as dicas deste destino.

Logo depois da capital paranaense, está Belo Horizonte, com valor médio de R$ 389, seguida por São Paulo, com valor médio de R$408.

Foram considerados no levantamento os meses de setembro a dezembro, a partir do dia 22/09 até o dia 21/12, com voos saindo de todos os aeroportos do Brasil.

Confira a lista completa:

Cidades  Custo médio de passagem
1. Curitiba R$356
2. Belo Horizonte R$389
3. São Paulo R$408
4. Campo Grande R$418
5. Vitória R$422
6. Goiânia R$444
7. Porto Alegre R$453
8. Brasília R$454
9. Florianópolis R$470
10. Rio de Janeiro R$500

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



2 In Paraná

Curitibando: Experimentei licor de merda!

Não é mais um título sensacionalista desses que você vê pela web somente para alcançar cliques. É isso mesmo que você leu. Quando fui a Curitiba experimentei o licor de merda. 

Maaaaaaas, se engana quem pensa que o licor de merda é feito de fezes (cocô). E agora vou explicar para vocês do que é feito e por qual motivo a bebida tem esse nome, no mínimo, curioso.

Para começar, o licor ganhou esse nome por conta de um protesto. Isso mesmo! É uma sátira.

licor-de-merda-2

Em 1970 Portugal vivia um momento conturbado. A insatisfação com o Estado Novo, em vigor desde 1933, aumentava a cada dia. Como forma de protestar contra a situação política pela qual Portugal estava passando, o comerciante Nuno Sérgio, da cidade de Cantanhede, inventou o Licor de Merda.

A ideia logo se espalhou e fez muito sucesso entre a população e inclusive entre políticos, como o ex-presidente português Mário Soares.

Depois do licor, surgiram outras receitas a base dessa bebida como a Mouse de Merda, Gelado de Merda e Caipimerda. 

licor-de-merda-3

Mas, afinal do que é feito?

O Licor de Merda é feito à base de leite e também contém baunilha, cacau, canela, açúcar e citrinos.

Em Curitiba, experimentei a bebida em uma lojinha que fica em frente a Ópera de Arame, um dos pontos turísticos da capital paranaense. Porém, você também pode comprá-lo pela internet. 

Me acompanhe no Pinterest! 

licor-de-merda

 

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In O que fazer no Rio/ Trilhas

Trilha da Pedra do Pontal, no Recreio dos Bandeirantes

Uma vista linda entre a praia do Recreio e a da Macumba. Assim defino o que é a recompensa de subir a trilha da Pedra do Pontal, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. O percurso ficou famoso através de fotos nas redes sociais, assim como a Pedra do Telégrafo, e despertou a curiosidade das pessoas em tirar aquela foto bacana naquela vista incrível. 

Sobre a trilha em si, ela é bem rápida. São uns 30 minutos de subida no máximo e ela é considerada leve. Mas, é preciso vencer o medo de “escalar” uma pedra, e ter certa força no braço, para ter direito a recompensa.

Outra parte da trilha que achei chatinha foi a primeira pedra na subida. Ela é bem escorregadia por conta da areia da praia. Então, já fica a dica: vá com um calçado antiderrapante, de preferência daqueles apropriados para trilha mesmo.

Tirando essas duas partes, a trilha é bem tranquila. De resto é chegar lá em cima e aproveitar a natureza 🙂

trilha-do-pontal-3

trilha-do-pontal-2

Dá para fazer sozinho?

Se você já está acostumado a trilhar dá para fazer sem o auxílio de guia tranquilamente. É uma pedra que você tem que subir. Não tem muita opção de caminho, então se perder é praticamente impossível. Só fique atento onde pisa e cuidado na hora de tirar fotos para não escorregar e cair.

Quanto a subida (e descida), já tem uma corda amarrada no local para os visitantes “escalarem” a pedra de chegada ao topo. Mas, se você tiver medo ou não tá acostumado a trilhar, aconselho ir com guia sim.

trilha-do-pontal-4

Quando faço trilhas sozinha (sem amigos, namorado, etc), na maioria das vezes vou com o pessoal do Pé na Trilha RJ (e não, não é publicidade!). Para trilhas dentro do Rio de Janeiro eles costumam cobrar R$ 20 por pessoa.

Como Chegar

Você pode ir de carro ou de ônibus. Se for de carro, chegue cedo, pois o estacionamento é rotativo e quanto mais tarde, maiores são as chances de não ter vaga.

Se for de ônibus, a condução vai depender do seu ponto de partida. Se vier da Baixada ou Zona Norte você pode pegar uma condução até a Central do Brasil e de lá pegar o ônibus 315. Se vier da Zona Sul as opções são: 309, linha integrada 1 (antiga 314) e linha integrada 3 (antiga 548).

Você também pode pegar o BRT expresso e ir até a estação Recreio Shopping. De lá para pedra do Pontal é cerca de 12 minutos de carro. O que, na minha opinião, não vale tão a pena.

O que levar?

O que levamos em toda trilha, hehehe. Água, protetor solar, óculos escuros, algo leve (como frutas) para comer, câmera para tirar foto e ir com calçado confortável.

trilha-do-pontal-5

Trilha da Pedra do Pontal

Onde: Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio

Nível: Leve

Tempo: Aproximadamente 30 min

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



2 In Dicas de Viagem/ Viagens

Três dicas para comprar passagens aéreas mais baratas

As passagens aéreas podem ser um dos maiores gastos de uma viagem. Por isso é bom ficar atento a algumas coisas para economizar na compra dos bilhetes. No poste de hoje, listei as TRÊS principais dicas que uso quando compro as minhas. Confira:

Monitore as tarifas

Use e abuse da tecnologia para achar passagens aéreas mais em conta. E o que não falta são aplicativos ou sites que fazem isso para você. Independente do aplicativo, eles funcionam basicamente da mesma forma: você cria um alerta com a data e local para onde pretende viajar e ele te avisa (por notificação no celular, e-mail, etc) quando aparacer a passagem mais barata. O Google Flights é um ótimo exemplo disso.

Outro aplicativo que gosto muito é o Voopter. Nele você cadastra até quatro datas diferentes e ele te avisa quando aparece a tarifa mais barata. Recentemente consegui comprar quatro passagens para Curitiba por R$ 100 cada. Isso mesmo que você leu, cada passagem saiu por 100 prata. Muito barato!

A monitoração do valor das passagens podem ser feitas por outros aplicativos ou sites como: Kayka, Momondo, Skyscanner, Wego, eDestinos, Decolar.com, Viaja Net, Flight Tonight (para voos baratos de emergência), entre outros.

Busque com o navegador anônimo

Outra coisa que sempre faço quando estou buscando por algo que quero comprar (qualquer coisa mesmo, independente de ser para viagem ou não) é procurar com um navegador anônimo. Quando você busca por um produto ou serviço com o navegador comum, os sites guardam os seus dados de navegação e quando você procura de novo pá: o preço tá maior.

Isso acontece pois quando você entra em um site, os robôs rasteiam os dados de cada visitante. E ao entrar no site novamente, os mesmos robôs sabem que não é a sua primeira vez naquele site e logo aumentam o preço. Às vezes o preço aumenta até durante a própria navegação. 

Por isso é tão importante procurar com o navegador anônimo, pois como o nome mesmo já dá ao entender, ele não deixa seus dados visíveis para estes robôs e daí você paga o preço mais barato.

Procure nos horários menos concorridos

Comprar uma passagem aérea na hora em que todo mundo está navegando na internet é aumentar as chances de pagar mais caro por elas. Logo, minha dica é procurar por passagens de madrugada. Nesse horário a maior parte dos mortais estão dormindo e logo os preços ficam mais baixos.

Alguns sites dizem que comprar a passagem aérea na terça-feira é mais barato. Bom, eu nunca consegui o preço mais em conta nesse dia, mas fica aí uma dica que você pode tentar. Já que tentar não custa nada, não é mesmo?

Dica extra: Além dos aplicativos que citei acima, use o Melhores Destinos. Ele mostra uma notificação a cada promoção de passagem aérea e você pode conseguir o seu bilhete para o lugar dos sonhos por um preço beeeem em conta. Acho que ele mais algum dos aplicativos citados anteriormente formam uma boa força tarefa na missão de encontrar passagens aéreas baratas.

Seguindo essas três dicas garanto que você conseguirá economizar! Aí é só aprontar as malas e viajar! 

 

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Dicas de Viagem/ Recentes

Dicas para planejar uma viagem sozinha

Viajar sozinha não é um bicho de sete cabeças. Mas, claro, que é necessário alguns cuidados a mais para evitar problemas. A preocupação vai desde a segurança de quem viaja sozinha (principalmente se for mulher) aos gastos, que podem ficar maiores do que em uma viagem dividida com alguém.

SE INSCREVA NO CANAL!

Por essas e outras que divido abaixo algumas dicas para quem quer viajar sozinha, mas não sabe por onde começar.

Pesquise, pesquise, pesquise

A pesquisa é algo essencial para qualquer viajante. Nela você define seu destino com base no orçamento disponível. Também é nessa parte que começamos a encontrar as particularidades do destino escolhido. Quais são as diferenças culturais? Os hábitos alimentares? É tranquilo de se locomover? Há opções de meios de transporte? Entre outras questões. 

18588945_1573470499352333_5033669419750232935_o

Nas ruínas de Joanes, em Salvaterra, Ilha de Marajó, no Pará

Planeje com antecedência

Planejar uma viagem com antecedência é fundamental. Assim é possível até economizar, quem sabe, para uma próxima viagem. Ou então não voltar com dívidas.

O planejamento com antecedência também previne que você entre em enrascadas. Ficar sem dinheiro durante a viagem? Não conseguir fazer o passeio que você tanto queria? Não saber como se deslocar de um lado para o outro? Tudo isso e muito mais pode ser evitado com planejamento.

Calcule os gastos

Saber quanto se vai gastar durante uma viagem é essencial para se evitar perrengues e essa etapa faz parte do planejamento. Uma boa dica é definir quanto você gastará por dia. Se exceder o limite estabelecido, no dia seguinte poupe. Se não gastou o combinado com você mesmo, você escolhe: gaste o que sobrou ou guarde junto com a reserva para emergências. 

18718125_1431868343542955_763303038_n

Fazenda Bom Jesus, em Soure, Ilha de Marajó

Faça um seguro viagem

Melhor prevenir do que remediar. A gente nunca sabe quando precisaremos de auxílio. E viajando, assim como no dia a dia, também estamos expostos a diversas situações desconfortáveis ou perigosas. Por isso, fazer um seguro viagem é tão importante. Para alguns destinos, como para países da Europa, é até obrigatório. Por isso, neste caso, deixe aquele pensamento de economia boba de lado. Sua segurança é fundamental. E ninguém merece pagar uma fatura caríssima de um atendimento médico só porque não fez o seguro.

Faça seu seguro viagem através do blog. Assim você ajuda o Kari Desbrava a produzir conteúdo de qualidade sem pagar nada a mais por isso

Deixe o medo em casa

kari-desbrava-para-viajando-sozinha-3

Deixar o medo de lado é essencial para conhecer novos lugares e novas pessoas

 

Depois de pesquisar e planejar a viagem é hora de se jogar e curtir. Tenha cuidado no destino escolhido, mas sem paranoias. Quem vive em grandes metrópoles já está acostumando a não dar mole por aí com objetos de valor ou andar sem cara de perdido, bancando o turistão. Ande com segurança, firme no seu propósito, que com certeza você voltará com uma bagagem de histórias para contar. 

Leia mais: Infográfico – 10 dicas para a segurança do viajante

Beijos,
Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox
Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox