Browsing Tag

cultura japonesa

0 In Japão/ Mais recentes

Cinco filosofias japonesas para implementar na sua vida agora!

Compartilhe:

A cultura oriental é realmente fascinante. A forma como eles lindam com a vida e com o coletivo são só algumas das filosofias que deveríamos implementar no nosso dia a dia. Tive a oportunidade de aprender mais sobre a cultura japonesa durante o encontro Japão.BR e divido com vocês os conhecimentos que a coach Carla Okubo compartilhou com o grupo:

1 – Omotenashi

A filosofia do Omotenashi prega que devemos tratar as pessoas da melhor forma possível e que sempre devemos nos anteciparmos as necessidades do outro. É como se fosse a arte de “bem cuidar” de alguém. Um exemplo dessa filosofia na prática é o ato de preparar um chá/uma sopa para outra pessoa.

2- Omoiyari

A expressão Omoiyari significa ter consideração. A ideia aqui é também se colocar no lugar do outro, mas desta vez sem julgamentos. Também pode ser aplicada a ter zelo pelo que é do outro e demonstrar respeito e cuidado com as diferenças.

Quem não se lembra dos japoneses limpados os estádios durante os jogos da Copa? Tal atitude faz parte dessa filosofia e eles aprendem isso desde pequenininhos. No Japão, as crianças limpam o ambiente escolar como forma de entenderem que aquele espaço pertence a todos e deve ser preservado. 

Foto: Marcelo Hide/Fotos Públicas

3 – Gaman

Na tradução, o significado de gamam se assemelha a nossa gíria “aguente firme”. Essa filosofia é aplicada a situações em que estamos impacientes ou que queremos resultados rápidos.

Durante a palestra de apresentação do evento, a Karla nos deu um exemplo muito interessante do que significa ‘gaman’. Após um desastre, diversos japonenses foram colocados em uma fila para receber bolinhos de arroz. Cada um recebia dois bolinhos, independente da idade. As crianças, como são mais frágeis, não tinham tanta paciência para esperar chegar a sua vez. Mas, os pais repetiam a palavra “gaman” para eles, ensinando-os a terem paciência e aprenderem a esperarem, pois quem estava na fila também tinha fome. Olha o senso de coletivo aqui!

4 – Mottainai

Mottainai quer dizer “não desperdice” e/ou “reaproveite”. Isso quer dizer que os japoneses detestam desperdício e sempre zelam pela comida, tempo, materiais e espaço, dando valor para tudo que está ao seu redor. Gratidão que fala?

5 – Kansha

Já até dei spoiler da última filosofia. Kansha se refere a gratidão. Como podemos ver através das demais filosofias descritas acima, os japoneses praticam a empatia, o senso de coletividade, o cuidado com o outro e com o ambiente onde vivem. E como é que eles arrematam tudo isso? Sendo gratos!

Toda situação, boa ou ruim, tem algo na qual podemos tirar uma lição. Mas, só enxergamos isso se aprendemos a ser gratos pelo o que nos acontece.

 

O Japão.Br teve a realização e apoio de:

 

 

Você também pode saber o que rolou no Japão.BR através dos sites dos outros participantes. Confira: Bagagem de Memórias, Tá na minha rota, SP da Garoa, Turistando com a Lu, Orientando-se pelo Mundo, Yomitai, Casa de Doda, Mulheres Viajantes, Abraço Mundo, Top 5 Tour, Itinerário de Viagem, Ideias na Mala, Viajante Móvel e Trippolis.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe:
1 In Mais recentes/ São Paulo

Japão.BR: encontro mostra influência da cultura japonesa em São Paulo

Compartilhe:

Nos dias 20 e 21 de outubro de 2018, o Kari Desbrava participou do Japão.BR, evento que tinha o objetivo de mostrar como a cultura japonesa se misturou com a brasileira. A iniciativa foi idealizada pela nikkei (como são conhecidas as pessoas com origem japonesa) Patricia Takehana, do blog Bagagens de Memórias.

O evento aconteceu em São Paulo, estado brasileiro com a maior população de descendentes japoneses do Brasil e maior colônia fora do Japão. Durante esses dois dias, eu e mais 15 blogueiros de viagem vivemos uma imersão na cultura nipo-brasileira, com direito a experiências gastronômicas, de compras, palestras e muita troca de conhecimento.

Programação do encontro

O encontro durou dois dias e teve uma programação mesclada, em que podemos aprender sobre o Japão do passado e do presente e como é sua relação com o Brasil. Foi muito interessante aprender algumas tradições e costumes de uma cultura tão diferente da nossa. Confira tudo que fizemos neste período:

Sábado

Bunkyo, Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil e bairro da Liberdade

O encontro começou com uma apresentação no Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil. Após uma breve apresentação do que iríamos fazer nos dois dias, foi a vez da Carla Okubu nos presentear com uma palestra sobre o que é “ser japonês”.

Posteriormente, a vice presidente do museu, Lidia Yamashita, fez uma visita guia pelo local para nos contar a história da imigração japonesa para o nosso país, que tem a maior comunidade de japoneses fora do Japão.

Por fim, passeamos pela Liberdade, o bairro mais japonês de São Paulo e ainda tivemos a possibilidade de fazer umas comprinhas. 

Museu da Imigração Japonesa fica no prédio onde funciona o Bunkyo

Museu da Imigração Japonesa

Quadro exposto no Museu da Imigração Japonesa

Peixaria Mitsugi (patrocínio Azuma Kirin)

Na hora do almoço, fomos conhecer a Peixaria Mitsugi. Fundada em 1971, o estabelecimento traz o melhor da culinária japonesa. E como conhecer a gastronomia de um país também é uma forma de saber mais sobre sua cultura, durante o tempo em que passamos no local experimentamos diversos pratos tradicionais do Japão como o missoshiru, wakame e sashimis. 

Pavilhão Japonês

Depois foi a vez de conhecer o Pavilhão Japonês, que fica dentro do Parque Ibirapuera, na região Sul de São Paulo. O prédio foi inspirado no Palácio Katsura, em Quioto, e foi entregue em 1954 pela colônia japonesa no quarto centenário da cidade de São Paulo. O local abriga um jardim, além de trazer uma mostra da memória e cultura japonesa. 

Hoko Restaurante

O estabelecimento reúne as mais variadas comidas asiáticas (asian food). Localizado na Fradique Coutinho, 166, reúne uma ótima cozinha com um bom custo benefício. Destaque para o Tyashu Bacon com Legume, Chicken Teriyaki Bowl e para o atendimento, que é excelente. 

Domingo

Café da manhã e visita técnica no Mercure Bela Vista

Um dos parceiros do evento foi o hotel Mercure Bela Vista. E o início do nosso domingo foi justamente nele. Fomos recebidos com um delicioso café da manhã, que tinha uma variedade de dar água na boca: café, leite, chá, sucos, bolos, pães, frutas, frios… Tudo super fresquinho e gostoso.

Em seguida fizemos uma visita técnica no local. Conhecemos algumas acomodações como quartos, banheiros, piscina, recepção e o heliponto. Destaque para esse último que nos possibilita ver São Paulo por um outro ângulo. 

Recepção do Hotel Mercure Bela Vista

 

Heliponto do Hotel Mercure Bela Vista

Japan House

A Japan House foi criada pelo governo japonês afim de proporcionar um intercâmbio cultural e trazer mais do Japão moderno para o nosso conhecimento. Atualmente, existem três Japan House’s pelo mundo: em Londres, Los Angeles e São Paulo.

Com um designer moderno, o local sempre tem exposições bacanas e interativas que mexem com o público, como foi o caso da ‘Aromas e Sabores’. De acordo com o diretor de eventos e operações na Japan House São Paulo, Cláudio Kurita, em média, as exposições ficam em cartaz por três meses. 

ABEUNI Food Experience

A Aliança Beneficente Universitária de São Paulo (Abeuni) é uma instituição beneficente que presta serviços assistenciais de saúde e educação, que acontecem durante todo o ano e visam atender comunidades localizadas na região do Jabaquara, em São Paulo. No segundo e último dia do encontro fomos conferir o Abeuni Food Experience, evento na qual tinha o objetivo de arrecadar fundos para os projetos da instituição.

No local conferimos as delícias feitas pelos chefs Guilherme Cardadeiro, Jiang Pu (chef do Chi Restaurante), Telma Shiraishi (chef do Restaurante Aizomê) e Waldomiro dos Santos (chef do Banqueteiro dos famosos), Cesar Yukio (chef Pâtissier) e Hachi Crepe & Café.  

Evento Abeuni Food Experience

Da direita para esquerda: vice-presidente e presidente da Abeuni e Patricia Takehana, do blog Bagagens de Memórias

 

O Japão.Br teve a realização e apoio de:

 

 

Você também pode saber o que rolou no Japão.BR através dos sites dos outros participantes. Confira: Bagagem de Memórias, Tá na minha rota, SP da Garoa, Turistando com a Lu, Orientando-se pelo Mundo, Yomitai, Casa de Doda, Mulheres Viajantes, Abraço Mundo, Top 5 Tour, Itinerário de Viagem, Ideias na Mala, Viajante Móvel e Trippolis.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações!

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Compartilhe: