Browsing Tag

Boêmia

0 In O que fazer no Rio/ Recentes

Passeando pela Zona Portuária: AquaRio e Bar Imaculada

fachada-bar-imaculada

Uma das regiões do Rio que ninguém dava bola até a sua revitalização era a Praça Mauá. Os Jogos Olímpicos passaram, mas o legado naquela área ficou. E é de dois passeios super bacanas por lá que irei falar. Você pode optar por fazer os dois no mesmo dia ou um por vez. A escolha aqui é do freguês. Sobre os passeios me refiro ao AquaRio e ao Bar Imaculada. Cada lugar tem um perfil bem diferente, por isso a observação de qual conhecê-los ou conhecer os dois fica a critério de cada um.

Galeria: Espécies do AquaRio 

aquari-1

Já tinha visitado o AquaRio antes da inauguração e contei para vocês que ele prometia ser um lugar bem bacana no Rio para se conhecer. A promessa agora virou realidade e o aquário está aberto ao público. De antes da inauguração para agora mudou pouco coisa: as instalações foram concluídas e os aquários estão mais cheios.

Sobre as atrações e infraestrutura, lá você verá, além das mais variadas espécies marinhas, o Museu do Surf e o Museu de Ciência. Tem também lojas para comprar presentes temáticos, lanchonetes e estacionamento. Quanto ao preço, essa é a parte que dói. O valor da entrada é R$ 80. Com projeto Carioquinha, o ingresso sai por R$ 60 e meia R$40. Quem quiser pode optar por comprar o passaporte anual. Para isso será preciso desembolsar R$ 220 no passaporte individual e R$ 440 no passaporte família.

Leia mais: Como chegar no AquaRio e comprar ingressos

Depois de passear e se deslumbrar pelas belezas marinhas é hora de seguir para o Bar Imaculada. O AquaRio fica na Gamboa já o Bar Imaculada no Morro da Conceição. Para se deslocar de um para o outro pegue o VLT na estação Utopia AquaRio e solte na estação Parada dos Museus. Dessa estação para o Morro da Conceição você terá que ir andando. Coisa de 5 minutos. Veja o caminho no mapa abaixo:

Chegando no Bar Imaculada você se deparará com a cara da boemia carioca. O ar boêmio já começa na decoração do Imaculada. Cada mesa tem uma plaquinha colada com o nome de um sambista importante. Nas paredes, quadros divertidos, instrumentos e para completar o ambiente samba tocando no som ambiente do bar. 

imaculada

Quando for lá, não deixe de experimentar a caipirinha (R$ 19,90) e o caldinho de feijão (ou Feijão Amigo no cardápio por R$ 18). Se for almoçar/jantar recomendo o prato executivo de filé de frango com fritas (R$ 32,90). Às sextas-feiras, o bar serve a tradicional feijoada (R$39,50 meia e R$ 75,90 a completa), super bem falada. Confira o cardápio deles aqui

bar-imaculada

Já conhece o AquaRio e o Bar Imaculada?Me conta nos comentários!

 

***

Se você chegou até aqui embaixo é porque curte mesmo o blog. Logo, aproveito a oportunidade para lhe fazer um convite. Participe do nosso grupo do Facebook e vamos trocar uma ideia :)

Beijos,
Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Passeios/ Sambas

Roteiro da Boemia Carioca #2: Beco do Rato

Beco_do_Rato_Kari_desbrava

[Leia o post ouvindo Nascente da Paz – Fundo de Quintal]

O “Roteiro da Boemia Carioca” de hoje vai falar de um reduto do bom samba. E é justamente por ser do samba que muita gente que curte outros ritmos musicais talvez nunca tenha ouvido falar de lá. Eu mesma conheci faz pouco tempo e fiquei completamente encantada com o local. Adivinha de onde to falando? Tchan, tchan, tchan!!! É claro que é do Beco do Rato.

Beco do Rato: Uma ótima opção para quem quer curtir um bom samba

Beco do Rato: Uma ótima opção para quem quer curtir um bom samba Foto: Karilayn Areias

Localizado na Rua Joaquim Silva, na Lapa, o bar abriu em 2005 e de lá pra cá é só sucesso. A primeira coisa que me chamou a atenção foi o cuidado com a decoração. Tem quadros de famosos sambistas “espalhados” cuidadosamente por todos os lados. Também há fotos, uns mini-postes no salão,  o nome de sambistas e compositores cravados na mesa e uma enorme estátua de São Jorge. O dono da casa, seu Márcio Pacheco, responsável também pelo Samba Luzia, é filho de Ogum e por isso a bela homenagem ao santo.  

A programação do local é muito variada. Às terças, a partir das 19h, acontece as “Terças Desamplificadas” que traz uma roda de samba e o espaço para novos compositores mostrarem seus trabalhos e perpetuarem o ritmo que é a cara do Rio. Quinta-feira lá é dia de mais samba, desta vez com a roda sendo comandada por Mosquito e Inácio Rios. Já as sextas, é dia de voz é violão com Bruno Garcia, a partir das 18h.

 

Para comer, tem diversas iguarias. Eu recomendo o sanduíche de linguiça mineira com queijo (lingüiça mineira with cheese sandwich) ou os pastéis que são uma delícia. Quem curte uma cervejinha e um bom samba, não pode deixar de conhecer esse cantinho tão especial do Rio.

Serviço

Beco do Rato. Rua Joaquim Silva, n° 11, Lapa.

 

***

Se você gostou deste conteúdo compartilhe nas redes sociais.

Beijos,

Kari.

 

 

 



0 In Passeios/ Sambas

Roteiro da Boemia Carioca #1: Quadra da Mangueira

quadra_da_mangueira_kari_desbrava

[Leia este post ouvindo “A menina dos olhos de Oyá – Mangueira 2016”]

Quadra da Mangueira

Quadra da Estação Primeira de Mangueira lotada Foto: Reprodução Facebook

Com uma vasta programação de samba, na minha humilde opinião a qualidade “de Cidade Maravilhosa” atribuída ao Rio de Janeiro em boa parte se deve a isso. Berço do ritmo, o que não falta por aqui são rodas de samba com muito batuque, gente bonita, cerveja gelada e muita diversão, com o perdão do clichê. E por ser assim, eu, uma admiradora nata do Rio, resolvi homenagear essa boemia toda fazendo a série “Roteiro da Boemia Carioca”, na qual compartilharei com vocês rodas de sambas conhecidíssimas e outras nem tanto assim, para o conhecimento e diversão de todos.

Para dá o ponta pé inicial da nova série, começarei pela quadra da escola Estação Primeira de Mangueira. Fundada em 1928, a Mangueira é uma das mais tradicionais escolas do Rio. Para quem é carioca ou conhece um pouco de carnaval isso não é novidade. Mas ir a quadra da escola talvez seja. Muitos tem medo de ir lá por ela ficar aos pés do Morro da Mangueira, porém, fui e achei muito tranquilo. Tinha policiamento e todo mundo só queria festejar.

12270039_974102729319521_221556746_n

No ritmo do Carnaval 2016. Me sentindo a passista, hehehe

A infraestrutura da quadra me chamou muita atenção. Limpa, colorida, ampla, e arejada (eles tem um teto retrátil :O ), essas características com certeza trazem um conforto a mais para o folião. Sem falar na energia. Perdi as contas de quantas vezes fiquei arrepiada com o som da bateria Surdo Um (esse é o apelido da bateria deles :P).

A escola também tem uma lojinha de suvenir que vende vários objetos com tema próprio: camisas, copos, chaveiros, chapéus, e até apetrechos para cabeça (esse da foto acima comprei lá).  A entrada custou R$ 30, mas o valor do ingresso varia de acordo com o evento. Portanto é sempre bom verificar o preço antes de ir.

Se me pedirem para resumir a quadra da Mangueira em uma palavra seria: Energia. Tudo nela, desde as cores até as pessoas, te fazem sentir viva e ter mais vontade de sair sambando por aí. Apesar de ser uma Portelense convicta, não posso deixar de admitir que meu coração ficou encantado pela Mangueira.

12278138_974106112652516_803670093_n

Da direita para esquerda: Fachada da quadra da Mangueira, apresentação de um grupo formado só por mulheres, curtindo um sambinha, teto retrátil.

Como chegar?

Quadra da Estação Primeira de Mangueira: Rua Visconde de Niterói, 1072.

Melhor opção: Táxi. Se você não sabe onde fica, vai beber ou não quer se preocupar em achar uma vaga, vá por mim, vá de táxi.

De ônibus: As linhas 711 (Rio Comprido – Rocha Miranda) e 371 (Praça Seca – Praça da República), antiga 284,  passam em frente a quadra e podem ser uma opção para quem deseja economizar.

Carro: Não aconselho, pois fica lotado e fica bem complicado de achar uma vaga para estacionar. Sem falar, que samba geralmente é um local com bastante opção de bebidas. Então lembre-se: se for dirigir, não beba.

 

 

 

Se você gostou desse conteúdo compartilhe nas redes sociais. 😉

 

Beijos,

Kari.

 



0 In Carioquices/ O que comer no Rio/ Passeios

Roteiro gastronômico e cultural de Benfica

Festival_Cadeg_kari_desbrava

Benfica é um pequeno bairro da Zona Norte do Rio localizado entre São Cristóvão e Bonsucesso.  Antes conhecido por sua violência, depois da instalação da UPP na favela do Arará são outros fatores que chamam a atenção para o bairro. Com um roteiro boêmio, a região esconde riquezas culturais que muitos cariocas e turistas ainda não conhecem. Abaixo listarei um pouco das maravilhas culturais e gastronômicas do local.

Roteiro Gastronômico

Cadeg – É no bairro de Benfica que está o Mercado Municipal do Rio (Cadeg). Lá é possível encontrar de um tudo: flores, queijos, bebidas, boa comida, etc. Para a alegria geral da nação, neste mês de novembro está rolando o 3° Festival Gastronômico onde o bacalhau é o carro-chefe dos principais pratos.  Além disso, a programação conta com apresentação de uma banda cover do Legião Urbana e um campeonato de boxe. Legal, né?

Quem curtiu a ideia, pode aproveitar o festival até o dia 22 deste mês. Mas, independente do festival ou não, a Cadeg é um lugar muito legal de se conhecer, principalmente se você está em busca de boa comida.

O Mercado Municipal do Rio é um boa opção por quem procura por boa comida Foto: Taísa Azevedo

O Mercado Municipal do Rio é um boa opção por quem procura por boa comida Foto: Taísa Azevedo

Zinhos Bier- Com uma pizza dos deuses, o Zinhos Bier é referência gastronômica da região. Do churrasco a boas sobremesas, o restaurante tem um cardápio variado. Outra boa pedida do bar é a promoção chopp brahma de 350 ml por 2,50, de terça a quinta-feira, das 16 às 19h. Sempre bom lembrar que o estabelecimento oferece wi-fi grátis.

Adonis – A marca do bar é o chopp gelado. Há quatro opções para os amantes da bebida: tulipa grande, a versão schnitt (com bastante colarinho e servido na pressão), no tamanho garotinho e na versão black, com 500ml e servido em copo especial. Já a estrela do cardápio da casa é o bacalhau, com destaque para o saboroso bolinho de bacalhau.

Roteiro Cultural

Samba de Benfica – Com quatro anos de existência, o “Samba de Benfica” realiza uma roda de samba no segundo domingo de cada mês, a partir das 15h. A roda de samba surgiu depois de um grupo de amigos se reunirem para tocar o ritmo carioca.  A entrada para curtir a boa música é gratuita.

Foto: Flávio Santos/ Reprodução Facebook

Roda de Samba “Samba de Benfica” Foto: Flávio Santos/ Reprodução Facebook

E aí, que tal aproveitar o fim de semana pra apreciar uma boa comida e cair no samba?

 

Serviço:

Cadeg. Rua Capitão Felix, 110, Benfica. Te.: (21) 3890-0202 / 3526-5717.

Zinhos Bier. Rua São Luís Gonzaga, 2330, Benfica. Tel.: (21) 3890 1704.

Adonis. Rua São Luiz Gonzaga, 2.156 – Loja A, Benfica. Te.: (21) 3890-2283.

Samba de Benfica. Rua Professora Esther de Melo, altura do número 260, Benfica.

 

***

Se você gostou deste conteúdo compartilhe nas redes sociais. 😉

 

Beijos,

Kari.

 

 

 

 



Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox
Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox