0 In Belém

Review Manga Hostel: hospedagem em Belém do Pará

manga-hostel-belem-para

Um tipo de hospedagem que sempre cogito quando vou viajar são os hostels/albergues. Opções mais baratas que hotéis e a possibilidade de fazer amigos é uma coisa que me atrai nesse tipo de hospedagem. Por isso, quando fui para Belém, no Pará, também optei por ficar em um hostel.

Depois de muita pesquisa no Booking, escolhi ficar no Manga Hostel e nesse texto vou expor o que achei do local.

O hostel

O que mais gostei no Manga Hostel foi a recepção e os amigos que fiz lá. O pessoal do hostel é muito acolhedor e simpático e acho que isso é essencial para o viajante se sentir em casa.

Durante a minha viagem ao Pará, fiquei lá nos meus dois primeiros dias em Belém e nos dois últimos. Nesse meio tempo conheci Marajó.

Entre as outras coisas que gostei também estão o fato do quarto ter banheiro. Isso facilita muito a vida, sem falar que você não precisa ficar carregando as coisas de um lado para o outro, minimizando as chances de esquecer alguma coisa e ter que voltar no quarto para buscar. 

manga-hostel-belem-para-6

manga-hostel-belem-para-4

O café da manhã é simples: tem pão, manteiga, queijo, presunto, café, leite e frutas. Mas está dentro do padrão de um hostel.  O albergue fica perto de um supermercado e de locais para comer, facilitando assim a vida de quem quer cozinhar.

Outra coisa bacana é que tem piscina, um refresco e tanto para o calorão de Belém.

manga-hostel-belem-para-2

Sobre as coisas que não gostei… O compartimento para guardar a bagagem que fica embaixo da beliche era muito difícil de fechar. Jesus! Como eu sofria toda vez que tinha que guardar minha mochila. Encaixar o cadeado então era mais complicado ainda… hahaha

Fora isso, o Wi-Fi era bem complicado. Caía bastante e praticamente não pegava no quarto. Para uma viajante conectada como eu, essa parte era bem difícil.

Sobre localização, o Manga Hostel fica no bairro São Brás. Sinceramente, pelo mapa achei que fosse mais perto dos pontos turísticos. Não é longe e tem a opção de pegar ônibus no terminal próximo ao hostel, mas para uma mulher sozinha não achei Belém tão segura e por isso resolvi me locomover de Uber. No fim, por esse quesito, achei que poderia ter escolhido uma hospedagem mais próxima aos locais que queria conhecer e ter feito mais coisas a pé.

Sobre a hospedagem

Pontos positivos:

– Equipe atenciosa;

– Banheiro dentro do quarto;

– Cama confortável;

– Piscina;

Ponto negativos:

– Compartimento para guardar a bagagem;

– Wi-fi fraco;

– Localização razoável;

 

E você, já viajou para Belém? Onde ficou hospedado? Me conta nos comentários!

 

Confira outros posts sobre o Pará:

Pará: diversidade cultural e riquezas do Norte do Brasil

Passeio de barco pela orla de Belém

O que fazer na Ilha de Marajó

Passeio na Fazenda Bom Jesus, na Ilha de Marajó

***
Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox
Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox