Browsing Category

Rio de Janeiro

0 In O que fazer no Rio

Confira o calendário de eventos 2018 do Rio de Janeiro

rio-de-janeiro

Quem curte um evento vai amar 2018. Isso porque no ano que vem a Cidade Maravilhosa ganhará um calendário de eventos que abrangerá o ano todo. A novidade foi nomeada de Calendário Rio de Janeiro a Janeiro.

Dentre as festas que agitarão o Rio estão: o festival Zytrons, Rio Montreau Festival, Rio Bossa & Jazz, Festeja Brasil (de música sertaneja), Festival Ultra (de música eletrônica), Musical da Pequena Sereia e Pop Load Festival.

Para os amantes dos esportes tem 3X3 Espetacular, a volta dos X Games para o Rio, Rio Open, Rio Wood Fest e Grangiro de ciclismo.

Também sediaremos eventos de negócios, como Rio Boat Show e Wired Festival, dedicado à inovação em economia, ciências, segurança, entretenimento, cultura, design e lifestyle.

Nas áreas de moda e gastronomia estão programadas atrações consagradas como Veste Rio e Elle Fashion Preview e novidades como o Rio Shopping Show.

Confira abaixo a lista dos 100 eventos já confirmados: 

calendario-eventos-riodejaneiro

* A lista completa será divulgada em janeiro de 2018.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In O que fazer no Rio/ Rio de Janeiro/ Trilhas

Pedra Bonita: o que você precisa saber para fazer essa trilha

trilha-pedra-bonita-kari-desbtrava-5

A Trilha da Pedra Bonita é um dos picos mais lindos e mais fáceis de fazer do Rio de Janeiro. Ela fica dentro do Parque Nacional da Tijuca, entre a Pedra da Gávea e os bairros de São Conrado e Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

Dito isso, a intenção desse texto é te ajudar a fazer ela sozinha, caso queira, ou te apresentar a opção de ir em grupo.

LEIA MAIS: Tudo sobre voar de asa delta

A trilha

Apesar de apresentar alguns trechos íngremes, a Trilha da Pedra Bonita é considerada leve. Na minha opinião, “a pior parte” é o trecho íngreme para chegar até a entrada da trilha. Mas, existe um macete para aqueles que não quiserem subir essa parte a pé. É possível subir essa ladeira de carro e estacionar o veículo próximo a rampa de voo livre. Neste caso, só existe dois poréns: você terá que pagar o estacionamento e terá que chegar cedo, já que ele é pequeno e lota rápido.

DCIM100GOPROGOPR1629.
Sobre a trilha, ela é bem tranquila. Só atente-se a altitude, que pode dificultar um pouco a respiração (principalmente se você tiver algum problema respiratório). Portanto, lembre-se de levar aqueles itens necessários de toda trilha.

Na maior parte do percurso, a caminhada é agradável, pois os visitantes passam por dentro da mata fechada, o que significa sombra e uma brisa. Próximo ao cume, a vegetação fica mais baixa, sem a proteção natural das árvores, e o sol mais forte. Logo, um boné/chapéu nessas horas cai super bem.  

DCIM100GOPROGOPR1588.

DCIM100GOPROGOPR1579.

DCIM100GOPROGOPR1576.

Assim que se chega na Pedra Bonita, temos uma surpresa mais do que agradável: uma vista linda! Lá de cima podemos ver a Pedra da Gávea, Praias da Barra, São Conrado, Leblon e Ipanema, além do Morro Dois Irmãos, Floresta da Tijuca e algumas partes da Zona Sul. Sério, não tem como sair de lá sem achar essa cidade MARAVILHOSA!

DCIM100GOPROG0071563.

trilha-pedra-bonita-kari-desbtrava-12

trilha-pedra-bonita-kari-desbtrava-11

DCIM100GOPROG0031436.

trilha-pedra-bonita-kari-desbtrava-6

Para os mais animados, vale levar comidinhas frescas e fazer um piquenique lá em cima. Com aquele vistão da cair o queixo, não tem como não ser um programa bacana.

Por fim, na descida dê uma passadinha na pista de voo livre, da onde partem os vôos de asa delta e parapente. Quem sabe você não se anima e não topa voar? 

DCIM100GOPROGOPR1609.

Como chegar

Falei no tópico anterior que é possível ir de carro para a Pedra Bonita. Mas, também é possível ir de transporte público. Aqui vou ensinar as duas formas.

De carro, se você vier da Zona Sul ou Zona Oeste, a opção é ir pela Estrada da Canoa até encontrar uma placa indicando o início do trajeto (Estrada da Pedra Bonita). Agora, se você vier da Zona Norte ou Baixada Fluminense, a melhor opção é pelo Alto da Boa Vista. Caso você não tenha um carro, você pode alugar um através do link de afiliados aqui do blog. Nesse caso, você ajuda o Kari Desbrava a continuar produzindo conteúdo sem pagar nada a mais por isso 😉

Já de ônibus, você pode pegar um até o Alto da Boa Vista, descer no Corpo de Bombeiros do Alto e pegar o ônibus 448 (Alto da Boa Vista – São Conrado). Ele te deixará na porta da ladeira rumo ao início da trilha. Caso tenha dúvida, basta perguntar ao motorista 😉 

DCIM100GOPROGOPR1635.

Se mesmo com as dicas acima, restar alguma dúvida, vale consultar os aplicativos Google Maps e Moovit.

Por conta própria ou em grupo?

Você pode fazer as trilhas do Rio por conta própria ou em grupo. Na minha opinião, para fazer por conta própria, só se você já tiver feito o percurso antes. Para uma primeira vez, ainda mais se você não for do Rio, aconselho a ir com grupos de trilha. Digo isso, para evitar transtornos de se perder na mata ou ainda de se perder no trajeto e acabar parando em alguma favela e acontecer algo mais grave. Sem falar, que em passeios em grupo você sempre acaba fazendo amizades :)

Esse passeio da Pedra Bonita fiz com o pessoal do Sou+Carioca, um projeto idealizado pela Gabriela Palma, do blog Gaby Pelo Mundo. O Sou+Carioca tem basicamente a mesma filosofia deste blog: a de incentivar as pessoas a conhecerem a própria cidade. 

Geralmente, em cada passeio paga-se um valor (em torno de R$ 20 por pessoa). O pagamento é feito no início do passeio e você ganha uma pulseira para identificar quem é do grupo.

Vale lembrar, que os grupos de trilhas, são compostos por pessoas das mais variadas idades, tipos e condicionamentos físicos. Logo, tenha paciência e seja cordial, pois nem todo mundo tem o mesmo pique que você. Um boa dose de empatia e alegria fazem o passeio ser bom para todos!

Também verifique se a empresa contratada para o tour ou se os guias do grupo de trilha são credenciados no Ministério do Turismo. Evite fazer passeios com pessoas ou empresas não credenciadas. O profissional credenciado foi treinado e está apto a fazer passeios turísticos, diferentemente de alguém não credenciado. Isso é de suma importância para a sua segurança.

Trilha da Pedra Bonita

Nível:  Leve a moderado
Tempo de duração Até 40 minutos
Onde Parque Nacional da Tijuca
Quanto Grátis

 

Confira posts sobre outras trilhas:

Morro da Urca

Pedra do Telégrafo

Dois Irmãos

Pedra do Pontal

Parque Nacional da Serra dos Órgãos

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Rio de Janeiro

Como andar de VLT, no Centro do Rio

vlt

Uma das melhorias que o Rio de Janeiro ganhou com os Jogos Olímpicos foi o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Agora, andar pelo Centro do Rio ficou muito mais fácil. Quem conheceu o Centro do Rio antes do VLT sabe que o trânsito na Rio Branco era horrível. Uma via pequena para uma quantidade enorme de ônibus e carros.

Atualmente, a quantidade pessoas que andam pela Rio Branco ainda é enorme, mas a vida ficou muito mais fácil e esse post tem o objetivo de explicar para vocês como funciona o VLT carioca.

Informações importantes

O VLT tem duas linhas. A Linha 1 (azul), que liga o Santos Dumont a Rodoviária Novo Rio e a Linha 2 (verde) que liga a Praça XV a Rodoviária Novo Rio. Ambas as linhas funcionam de 06h a 00h e o valor da tarifa é de R$ 3,80.

Você pode recarregar o seu bilhete para entrar no VLT nas estações de embarque. Para isso, basta procurar um terminal de autoatendimento, escolher a forma de pagamento (dinheiro, moedas e cartão de débito) e pronto seu bilhete estará com saldo.

mapa-vlt

Mas ATENÇÃO! O pagamento da tarifa é feito assim que se entra no VLT. Não há cobradores para isso, você entra e encosta seu cartão na máquina e o valor da passagem será debitado.

Em caso de não pagamento, você pode ser multado em R$ 170 ou em R$255, se for reincidente. Há agentes dentro do VLT que fiscalizam se o passageiro pagou a tarifa. Por isso, a qualquer momento você pode ser surpreendido por um fiscal pedindo seu cartão para conferir se a passagem realmente foi paga. Ou seja, não pagar a passagem não é uma boa opção!

Através do VLT você também pode chegar no aeroporto Santos Dumont ou em pontos turísticos como o Museu de Arte do Rio, o Museu do Amanhã e o AquaRio. E o melhor, sem precisar atravessar a Avenida Rio Branco a pé e chegar suada nos lugares, rs.

Leia também:

Como chegar e sair dos aeroportos do Rio

Passeando pela Zona Portuária: AquaRio e Bar Imaculada

Manual de sobrevivência: Carnaval no Rio de Janeiro

***

Se você gostou deste conteúdo compartilhe com seus amigos :)

Beijos,

Kari.

 

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Passeios/ Rio de Janeiro

A experiência de curtir o Rock In Rio

rock-in-rio-destaque

Gente animada, bonita, bem arrumada. Para todo canto que se olha, algo para fazer: desde shows simultâneos até atividades que vão de penteados a games. Como não deixar a euforia tomar conta?

Era possível ver no rosto das pessoas a alegria de estar ali seja por qual motivo for. Podia ser para ver a banda favorita, para encontrar com os amigos, para ostentar nas redes sociais. Não importava. O clima era de alegria, independente de como estava o mundo lá fora.

Aaaaah, e quem dera o mundo lá fora pegasse pelo menos metade daquela energia positiva. C-O-N-T-A-G-I-A-N-T-E!!!

LEIA MAIS: passeando pela Zona Portuária: AquaRio e Bar Imaculada
rock-in-rio-3

Foi a energia da diversidade, do rock, mas também do pop, do samba, do metal, do rap, da música brasileira, da internacional… E do protesto também. Do protesto pela preservação da amazônia, pelo basta na corrupção, por um governo mais justo. E quem disse que em festival não dá para protestar?

Foram risos, gritos, choros (de emoção, porque não?), fotos, muitas fotos, encontros com famosos, com amigos recentes, com amigos antigos, com o namorado, em família, sozinho. O importante é que os momentos bons ficarão na memória.

LEIA MAIS: trilha da Pedra do Pontal, no Recreio dos Bandeirantes
rock-in-rio-2

E peço desculpas a 2018… Mas, esperamos que 2019 chegue logo :)

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In O que fazer no Rio/ Trilhas

Trilha da Pedra do Pontal, no Recreio dos Bandeirantes

trilha-do-pontal-destaque

Uma vista linda entre a praia do Recreio e a da Macumba. Assim defino o que é a recompensa de subir a trilha da Pedra do Pontal, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. O percurso ficou famoso através de fotos nas redes sociais, assim como a Pedra do Telégrafo, e despertou a curiosidade das pessoas em tirar aquela foto bacana naquela vista incrível. 

Sobre a trilha em si, ela é bem rápida. São uns 30 minutos de subida no máximo e ela é considerada leve. Mas, é preciso vencer o medo de “escalar” uma pedra, e ter certa força no braço, para ter direito a recompensa.

Outra parte da trilha que achei chatinha foi a primeira pedra na subida. Ela é bem escorregadia por conta da areia da praia. Então, já fica a dica: vá com um calçado antiderrapante, de preferência daqueles apropriados para trilha mesmo.

Tirando essas duas partes, a trilha é bem tranquila. De resto é chegar lá em cima e aproveitar a natureza :)

trilha-do-pontal-3

trilha-do-pontal-2

Dá para fazer sozinho?

Se você já está acostumado a trilhar dá para fazer sem o auxílio de guia tranquilamente. É uma pedra que você tem que subir. Não tem muita opção de caminho, então se perder é praticamente impossível. Só fique atento onde pisa e cuidado na hora de tirar fotos para não escorregar e cair.

Quanto a subida (e descida), já tem uma corda amarrada no local para os visitantes “escalarem” a pedra de chegada ao topo. Mas, se você tiver medo ou não tá acostumado a trilhar, aconselho ir com guia sim.

trilha-do-pontal-4

Quando faço trilhas sozinha (sem amigos, namorado, etc), na maioria das vezes vou com o pessoal do Pé na Trilha RJ (e não, não é publicidade!). Para trilhas dentro do Rio de Janeiro eles costumam cobrar R$ 20 por pessoa.

Como Chegar

Você pode ir de carro ou de ônibus. Se for de carro, chegue cedo, pois o estacionamento é rotativo e quanto mais tarde, maiores são as chances de não ter vaga.

Se for de ônibus, a condução vai depender do seu ponto de partida. Se vier da Baixada ou Zona Norte você pode pegar uma condução até a Central do Brasil e de lá pegar o ônibus 315. Se vier da Zona Sul as opções são: 309, linha integrada 1 (antiga 314) e linha integrada 3 (antiga 548).

Você também pode pegar o BRT expresso e ir até a estação Recreio Shopping. De lá para pedra do Pontal é cerca de 12 minutos de carro. O que, na minha opinião, não vale tão a pena.

O que levar?

O que levamos em toda trilha, hehehe. Água, protetor solar, óculos escuros, algo leve (como frutas) para comer, câmera para tirar foto e ir com calçado confortável.

trilha-do-pontal-5

Trilha da Pedra do Pontal

Onde: Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio

Nível: Leve

Tempo: Aproximadamente 30 min

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



4 In Fotografia/ Rio de Janeiro

Fotógrafo de viagens: Por que contratar um?

Menina na escadaria Selarón, no Rio de Janeiro

Tira selfie. Saiu ruim. Tira de novo. Huuum, ainda não tá boa. Pega o tripé. Jesus não consigo fazer isso sozinha. Olha para as pessoas em sua volta e pensa: “Pra quem eu vou pedir?”. Ah, já sei, aquele senhor tem cara de que bate foto bem. Vai lá, pede. O senhor tira a foto. Puts, saiu ruim. Fica chato pedir de novo? Sorri. Fica sem graça. Pede para outra pessoa. Dessa vez pegam mais chão do que você. Tenta duas, três, quatro. Desiste e vai pra casa.

Quem nunca passou pela situação acima que poste a primeira selfie? hahaha Tirar foto pode parecer tarefa simples, mas exige uma certa dedicação e vai muito além do que apertar um botão, como muitos pensam.

LEIA MAIS: As melhores fotos com a hashtag #KariDesbrava #3

E tirar fotos quando estamos passeando/viajando sozinha não é tarefa fácil mesmo. Claro que existe artimanhas para se tentar alcançar a foto perfeita. Mas, ouso dizer que NADA, nada mesmo, se compara a um fotógrafo de verdade. 

Kari-na-Lapa-8

Nos Arcos da Lapa

Kari-na-Lapa-3

Kari-na-Lapa

Kari-na-Lapa-2

Por isso que nem pestanejei ao aceitar o convite da Lu Mattos para um ensaio fotográfico. A Lu é fotógrafa de viagens e deixa o registro de momentos especiais ainda mais bonitos.

No Brasil, essa modalidade de fotografia ainda não é tão comum quanto lá fora. Porém, é um mercado que está cada vez mais ganhando adeptos. E ao contrário do que você possa estar pensando não custa seus rins, rs.

Kari-na-Lapa-5

Kari-na-Lapa-4

Com a tradicional plaquinha do Circo

O ensaio

A Lu é um verdadeiro amorzinho. Te deixa super a vontade. Normalmente, estou do outro lado: relatando o outro, fotografando o outro, e não sendo retratada. Sabendo disso, imaginei que ia ficar muito tensa e que não ia rolar nada. Falei com a Lu que até pensei em desistir do ensaio. Ainda bem que não dei pra trás.

No início ficar tensa é natural. Mas, depois relaxei e o ensaio fluiu. O resultado é esse aí que compartilho com vocês. E assim como eu curti, espero que vocês gostem :) 

Kari-na-Lapa_2LM6209tb

Kari-na-Lapa_2LM6298tb

Kari-na-Lapa_2LM6321tb

Kari-na-Lapa-7

Na Rua do Lavradio

Kari-na-Lapa-6
LEIA MAIS: Sete perfis sobre o Rio de Janeiro para seguir no Instagram

Como contratar

Você pode entrar em contato coma Lu através dos seguintes meios:

Celular: (21) 99458-5508
E-mail: lumattosfotos@gmail.com
Site: www.lumattos.com.br
Redes sociais: facebook.com/lumattosfotos | @lumattosfotos

Como não curto quando não me falam o preço das coisas, já que gosto de programar como gastarei o meu dinheiro e quero saber se determinado gasto cabe ou não no meu orçamento, pedi para Lu me passar quanto custa um ensaio. Por isso, segue abaixo a tabela de preços referentes a agosto de 2017: 

pagamentos-ensaio

 

Bom, como vocês podem ver, o valor não é estratosférico. E uma foto bem tirada de momentos especiais não tem preço! 😉

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In O que comer no Rio/ Rio de Janeiro

Cachorro-quente tradicional e vegano em Botafogo

cachorro-quente-yolo

Comer está entre as coisas mais maravilhosas desse mundo. E quando se trata de cachorro-quente então… quem não gosta? Recentemente conheci a YOLO, que entre as filiais possui uma loja em Botafogo, na Zona Sul do Rio. A especialidade da casa é justamente o que… adivinha? CACHORRO-QUENTE, é claro!

LEIA MAIS: Vista de cair o queixo no Vidigal

Eles vendem tanto cachorro-quente tradicional quanto o vegano. Como não sou muito chegada em coisas veganas experimentei o tradicional Fera (Salsicha viena, cheddar e ketchup bacon / R$20) com cebola frita e pão australiano, este último ingrediente novidade no cardápio da casa.

cachorro-quente-batata-yolo

Cachorro-quente Fera, placa com a ideologia da Yolo e o Currywurs, que contém salsichão de vitela com ketchup de bacon, curry e páprica

 

Por falar em novidade, a Yolo de Botafogo reabriu faz pouco tempo com um espaço mais aconchegante. O local que antes tinha a proposta de um “drive-thru humano”, agora, ganhou duas mesas comunitárias, além de um balcão com noves lugares e muito rock and roll de música ambiente. Ideal para bater um papo com os amigos. :)

Voltando as comidas, também experimentei batatas artesanais (R$10 – R$15) e nachos (R$6) com os molhos da casa que são: molho de gorgonzola, cheddar, ailoli, maionese de sriracha, pesto de coentro e katchup de bacon. Ah, um salve especial para o de ketchup com bacon que é SACANAGEM de tão gostoso!

batata-molhos-yolo

As batatas com quatro dos seis molhos oferecidos pela casa. Destaque para o ketchup com bacon

 

Outro prato que curti bastante foi o Currywurs, que contém salsichão de vitela com ketchup de bacon, curry e páprica. Ele é meio apimentado, mas como curto alimentos picantes, gostei desse prato. Aliás, esse prato estará no Rio Gastronomia 2017, que rola nesse fim de semana no Pier Mauá.

De bebida, pedi o chopp Pilsen (R$8 – 300 ml e R$12 – 500ml). Mas, quem quiser pode experimentar o de trigo (Weiss, R$10 – 300 ml e R$ 14 – 500ml).

LEIA MAIS: Café da manhã na Lagoa Rodrigo de Freitas por R$ 35

Ah, e se você é amante de uma sobremesa, eles vendem brownie (tradicional e vegano). E se tiver com preguiça de ir até lá, eles atendem através dos aplicativos IFood e SpoonRocket. Show demais!

Curiosidades sobre a YOLO

– O nome YOLO veio das iniciais da expressão “you only live once”, que em português significa “você só vive uma vez”. Interessante, né?

– Em 2016, a Veja Rio elegeu a Yolo como o lugar com um dos melhores cachorros-quentes da cidade no concurso Comer & Beber;

– Para os amantes de comida vegana, a casa conta com salsicha, feita de aipim com soja, e pães veganos;

– Os cachorros- quentes são chamados carinhosamente de monstros;

Serviço
Endereço:
R. Mena Barreto, 100 – Botafogo. Telefone: (21)(21) 4128-4042. Terça, quarta e quinta das 12h à 0h; sexta das 12h às 2h; sábado das 19h às 2h. Domingo e segunda, fechado.

Que tal me seguir no Pinterest? Dê um pin nessa imagem e me acompanhe por lá também!
yolo-cachorro-quente

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

*Fui convidada para conhecer a Yolo pela Lupa Comunicação. Apesar do convite, esse texto reflete mesmo minha opinião. 

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



1 In O que fazer no Rio/ Rio de Janeiro

‘Coffeeaholic’: curso te ensina mais sobre o café

coffeeaholic-5

Sempre gostei muito de café. Essa bebida para mim é daquelas indispensáveis para começar bem o dia. Funciona como um sacolejo para acordar. Seja com leite, puro ou expresso, café com certeza eu não dispenso.

E foi por isso, que assim que recebi o convite para participar do ‘Coffeeaholic’, uma oficina para entender mais sobre o café, nem titubeei e aceitei na hora.

#Curiosidade 1: O café é a bebida mais tomada do mundo.

coffeeaholic

O material utilizado no workshop

Durante a aula, que dura cerca de 1h30, a Carmen Urarahy, dona da Sofa Café, uma cafeteria super linda em Copacabana, discorre todo seu conhecimento (e amor) sobre essa bebida. Ela conta como surgiu o café, como ele veio parar no Brasil, como está o mercado do café atualmente, etc.

Entre as coisas que aprendi estão que o café surgiu na Etiópia e que o Brasil vende o melhor café para fora e nós ficamos com o pior, que tem até propriedades cancerígenas. :O (Essa informação me chocou bastante, por sinal!).

#Curiosidade2: Baristas são profissionais especializados na preparação de café.

Os métodos de passar café:

Os métodos de passar café: hario 60, frenchpress, chemex, aeropress

No fim da aula, a Carmem seleciona o mesmo grão e passa ele em quatro métodos distintos: hario 60, frenchpress, chemex e aeropress. Essa etapa é para mostrar como a forma de se passar o café transforma o sabor dele. E muda mesmo!

Antes de começar achei que quase não ia perceber a diferença. Mas, ao final, onde provamos os quatro tipos, é possível ver nitidamente como a bebida fica diferente.

#Curiosidade 3: Desde sua origem o café sempre esteve associado a requinte, urbanização e intelectualidade.

Fazendo o degustador e comprovando que cada método faz o café ficar diferente sim

Fazendo o degustador e comprovando que cada método faz o café ficar diferente sim

Em uma ficha você vai anotar o que você acha do aroma, gosto, acidez e retrogosto de cada café. E nessa parte que fiquei convencida das diferenças. Dos quatro cafés, a forma que mais gostei foi o hario, o mais vendido da loja. E o mais legal dessa brincadeira toda, é que além de beber café, você ainda brinca de degustador.

Se você ama café e ficou com vontade de fazer o workshop basta ligar para a Sofa Café e marcar uma data e horário. A aula custa R$ 80. Ainda há mais quatro tipo de workshops. São eles: Espresso, Café Coado, The Coffee Star e Infantil. 

Serviço:
Sofa Café RJ. Avenida Nossa Sra. de Copacabana, 300 – Copacabana, Rio de Janeiro. Telefone: (21) 2543-9107.

Que tal me seguir no Pinterent? Dê um pin nessa imagem e me acompanhe por lá também! 

arte pinterest

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

 

*Apesar de ter sido convidada para participar do workshop, esse texto reflete mesmo minha opinião. 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



2 In Agenda

Confira os eventos que agitam o Rio neste fim de semana

Calçadão de Copacabana

O fim de semana está chegando e com ele uma porção de eventos agitam a Cidade Maravilhosa :) Pensando nisso, separei algumas coisas do que estarão rolando no Rio para você aproveitar o fim de semana. Confere só!

Exposição Nivarna

Tá rolando um exposição super bacana sobre o grupo Nivarna. A mostra“Nirvana: Taking Punk To The Masses” fica até o dia 22 de agosto no Museu Histórico Nacional. Os ingressos custam R$25,00 de terça a quinta (R$12,50 meia entrada) e R$35,00 de sexta a domingo (R$17,50 meia entrada). Você pode comprar as entradas aqui.

nirvana-exposicao-seattle-divulgação

Exposição sobre o Nirvana

WebFestValda 2017

O festival tem a apresentação de 10 bandas independentes. Entre os shows estão os das bandas Fuzzcas e Machete Bomb. A cantora Pitty encerra o circuito. O evento acontece nesta sexta (7), na Fundição Progresso.

Eu Amo Baile Funk

De volta a sua casa, o Eu amo baile funk acontece no Circo Voador. A velha guarda do funk marcará presença e botará todo mundo para rebolar. O portão às 23h e a classificação etária é 18 anos.

Festa Bacaníssima

A festa Bacaníssima completa três anos na tradicional casa de festas Gafieira Elite. Para os mais animadinhos, terá dose dupla de Cuba libre a noite toda. Segura essa!

Arraiá da Catedral 

Neste sábado e domingo, a Cadetral do Rio realiza seu arraiá. A festa começa às 16h e vai até às 19h. A entrada é franca.

catedral_metropolitana_do_rio_de_janeiro

Catedral tem arraiá nesse fim de semana Foto: Divulgação

Circuito Junta Local

No domingo, o bairro de Botafogo recebe o Circuito Junta Local, que é uma feira de pequenos produtores em parceria com os craques gastronômicos do bairro. Comida boa com certeza você encontrará por lá! 😉

E você, o que vai fazer nesse fim de semana?

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Rio de Janeiro

‘Eu amo férias’: MetrôRio lança cartão com desconto na tarifa para incentivar o turismo pela cidade

Metrô do Rio de Janeiro

O MetrôRio lançou nesta terça-feira uma novidade que pode aliviar neste momento de crise o bolso dos cariocas e dos turistas que visitam a cidade. O bilhete “Eu amo férias” dá direito a seis viagens por dia, por sete dias seguidos, no valor total de R$ 60. O valor equivale a uma economia de 70% da tarifa cobrada normalmente pela concessionária. E quem não gosta de economizar???

Leia mais: Manual de sobrevivência: Carnaval no Rio de Janeiro

Essa iniciativa  será válida até 30 de setembro. Os interessados poderão adquirir o bilhete nas estações de Del Castilho, Carioca, Largo do Machado, Botafogo, Cardeal Arcoverde, Siqueira Campos, Cantagalo, Nossa Senhora da Paz, Antero de Quental e Jardim Oceânico, das 9h às 19h, e, a partir de julho, na rede de hotéis Accor da cidade.

O cartão poderá ser pago em dinheiro e com cartões de débito e de crédito, com os promotores de venda nas estações selecionadas. Na rede Accor, o produto poderá ser adquirido na recepção dos hotéis.

 

 



Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox
Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox