All Posts By

Karilayn Areias

0 In Dicas de Viagem

Aprenda a montar a mala ideal para as férias

Montar uma mala para as férias pode ser uma missão complicada. Pensando nisso, nós do Kari Desbrava conversamos com a  consultora de Comportamento Profissional e de Etiqueta Social, Maria Inês Borges da Silveira, que separou algumas dicas para lhe ajudar nessa difícil jornada.

Para Maria Inês, a primeira coisa a ser feita antes de viajar é ver quantos dias vai ficar em determinado destino. “Também é importante ver como vai estar o clima no local e somente a partir dessas duas premissas começar a arrumar a mala”, comenta a especialista.

LEIA MAIS: O que levar na mala de mão + check list para imprimir e ajudar a organizar a viagem

Confira mais dicas da consultora para os mais diversos destinos:

– Lugares quentes

Segundo Maria Inês, tecidos leves são indispensáveis quando o destino é quente. Além disso, a especialista aponta quais itens não podem faltar na mala para lugares tropicais. Anote aí: chapéu ou viseira, sapatos confortáveis, rasteirinhas e chinelos, sandálias, bolsas de palha e rafia, óculos escuro, protetor, bermuda, camisetas e regatas.

“Já para a noite, aposte nas pantalonas de seda, camisas ou tops, ou ainda nos vestidos leves, que servirão para as mais diversas ocasiões como encontros em restaurantes, jantares e aniversários. Se o lugar tiver praia ou piscina, não esqueça os biquínis, maios e saída de banho”, ensina.

–  Lugares frios

Locais frios pedem roupas apropriadas. “Leve um casaco prático trecho-coat, um cardigã e aquela calça coringa de cor neutra. Para quem gosta de jeans, uma ou duas peças, além de camisas e malhas que combinem com os casacos e as calças. Uma bota confortável, sapato fechado estilo mocassim, uma bolsa prática para o dia, cachecol, gorro, calça de veludo ou couro e colete pratico que combinem entre si também facilitam na hora de montar o look. E não esqueça dos óculos e do protetor solar. Mesmo no frio eles sempre protegem a pele”, lembra Maria Inês.

LEIA MAIS: Glossário do viajante: Entenda o significado de alguns termos

– Viagem para uma estação de esqui:

“Além das peças citadas antes, acrescente um casaco Doudone. Ele é muito versátil e despojado. O ideal é usar ele com uma calça sequinha devido ao seu volume. Caso você tenha materiais para esquiar, não esqueça de levar, principalmente a própria bota”, sugere. “Porém, se não tiver esses equipamentos em casa, muito lugares são especializados em aluguel. Não encha-se de meias, suéteres e conjuntos de lã. O ideal para esquiar são as peças leves e impermeáveis, próprias para o esporte”, completa. 

Consultora dá dicas de como montar a mala de férias de acordo com cada destino Foto: Divulgação

– No frio ou no calor é bom levar:

“Um bom livro, necessaire com maquiagens e cremes que você goste de usar, secador de cabelo portátil, sombrinha dobrável, lentes de contato (caso use), prendedores de cabelo. Mesmo na praia, lembre-se de levar um agasalho ou cardigã, jaqueta bomber ou pashmina”, finaliza a especialista.

Com essas dicas, você nunca mais irá passar perrengue nas suas viagens!

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Paraná/ Viagens

O que fazer em um fim de semana em Curitiba

Curitiba é um destino que com certeza vale a pena conhecer. Seja pelo clima mais ameno, pela educação dos curitibanos, pelos parques ou pelo bares… cada quesito é uma atração à parte. Pensando nisso, elaborei este roteiro com dicas do que vale visitar na capital do Paraná.

Ah, as dicas abaixo foram selecionadas com base na minha experiência na cidade. Espero que gostem das indicações 😉

Você sabia que pode reservar sua hospedagem através do Kari Desbrava? Somos afiliados do Booking.com 🙂 Fazendo sua reserva através do blog você me ajuda a continuar produzindo conteúdo de qualidade e não paga nada a mais por isso

– Parque Tanguá

Simplesmente o lugar mais lindo da cidade. Bem cuidado, limpo e com uma natureza exuberante. 

– Parque Barigui

Pelo que percebi é onde os curitibanos aproveitam para se exercitar e encontrar com a galera. Além, é claro, de passear com a família e animais de estimação. Vale levar umas coisinhas e fazer um piquenique. 

LEIA MAIS: O que você deve saber sobre o Airbnb

– Tour comida de boteco

Sou fã de um boteco e fiquei super feliz quando descobri que em Curitiba tinha esse tipo de passeio. O tour é organizado pela Carol Moreno, do blog Mochilão Trips, e basicamente você visita diversos bares, bebe, conhece gente nova e se diverte muito. Contei mais sobre essa experiência nesse post aqui

– Jardim Botânico

É um dos principais pontos turísticos da capital paranaense e o primeiro que visitei durante minha viagem a cidade. Destaco como ponto alto da visita o estufa de ferro e vidro, que foi inspirada no Palácio de Cristal de Londres, e o Jardim de Sensações. 

Serviço: Rua Eng°. Ostoja Roguski, s/n°. – Jardim Botânico. Horário: das 06h00 às 20h00 durante o horário de verão. E das 06h00 às 19h30 durante o horário de inverno.

– Ópera de Arame

A construção também é um dos símbolos de Curitiba. Lá funciona como uma espécie de casa de espetáculos com capacidade para 1.572 espectadores. Faz parte do Parque das Pedreiras. 

Serviço: R. João Gava, 970 – Abranches. De terça a domingo, das 8h às 18h.

– Experimentar Licor de Merda  

Ao sair da Ópera de Arame encontrei um bar que vendia Licor de Merda. O nome claro me chamou atenção e fui lá experimentar. Neste post aqui contei para vocês como foi essa experiência.

– Feirinha do Largo da Ordem

É uma feirinha, estilo a Feira do Lavradio, no Rio de Janeiro. Tem gente bonita, bibelôs para comprar e muitos bares abertos. Acontece todo domingo, das 9 às 14h. 

Serviço: Setor Histórico – Rua São Francisco X Rua Mateus Leme X Largo da Ordem X Rua Claudino dos Santos X Rua Kellers.

– Bar do Alemão

Um dos bares mais famosos da cidade. Fica no Largo da Ordem. Uma boa pedida é ir na feirinha e terminar o passeio no Alemão. Experimente o chopp submarino: uma dose de steinhäger na caneca do chope. De quebra, você ainda pode levar a caneca pequeninha de lembrança.

Serviço: Rua Dr. Claudino dos Santos, 63. Aberto diariamente das 11h da manhã às 2h da madrugada. Inclusive aos domingos e feriados.

– Museu do Olho

O Museu Oscar Niemeyer, também conhecido como Museu do Olho, é uma obra de arte em si. Vale a visita pela sua beleza e grandiosidade.

– Torre da Oi

A torre da Oi permite ver a cidade de Curitiba lá do alto, com uma visão de 360°. São 109,5 metros de altura e uma vista de cair o queixo.

Serviço: Rua Professor Lycio Grein Castro Vellozo, 191, Mercês. Aberto de terça a domingo e feriados, das 10h às 19h. *Venda de ingressos até as 18h30.

– Bar de E-sports 

Quem gosta de bar e vídeogames precisa conhecer o Coooldonw. O espaço reúne diversas atividades para os fãs de E-Sports.

– Arena da Baixada  

Conhecer a Arena é um passeio e tanto para os amantes de futebol. Mas, até aqueles que não são muito ligados ao esporte se divertem no tour. Contei para vocês mais sobre esse experiência nesse post aqui.

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Dicas de Viagem/ Viagens

Como economizar mais R$ 6 mil por ano e viajar mais!

Existem várias formas de se economizar para conseguir viajar mais. Mas, se engana quem acha que para juntar essa grana é preciso fazer grandes cortes no orçamento. Na grande maioria dos casos, uma pequena mudança de hábito já faz grande diferença e já te permite juntar uma boa quantia.

Leia mais:4 atitudes para não se endividar com as viagens de fim de ano

E hoje vou falar sobre uma pesquisa da Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalho (Assert) e Instituto Datafolha que mostrou que um grande vilão das nossas finanças é comer fora de casa. Segundo a pesquisa, publicada em agosto de 2017,  o trabalhador gasta, em média, R$36,94 por dia para se alimentar na rua no Rio. Já a média nacional está em R$32,94.

Ou seja se você optar por levar comida de casa, pode conseguir economizar cerca de R$ 540 por mês. O que em um ano, sem as férias, resulta em uma economia de mais de R$ 6 mil (R$ 6.480 para ser mais exata). Porrannnn!! Imagina quantos destinos você não consegue conhecer com essa quantia? Sem falar, que é muito mais saudável levar comida de casa né?

Por onde começar…

Desde que inventaram o Google, nossa vida ficou muito mais fácil. Se você não saber cozinhar, basta buscar por tutorias no Youtube e nas “internetê” da vida que você encontra várias informações que te ajudam a iniciar nessa aventura que pode ser uma cozinha.

Mas, se você gosta de referências… vou te ajudar com as que uso para conseguir economizar e ainda comer bem 🙂

LEIA MAIS: 7 dicas que você deve seguir se quiser viajar mais  

– Blogs sobre marmitas

Blogs são uma ótima referência para diversos assuntos. E no ramo da gastronomia não é diferente. Um blog que me ajuda muito a como levar marmita para o trabalho, além de ter me ensinado como conservar a comida e como me planejar melhor foi o Minha Marmita Tem.

– Aplicativos de receitas

No meu celular tenho dois aplicativos de receitas: o TudoGostoso e o Receitas Light. Ambos me ajudam a ter mais criatividade e variar na cozinha. Assim, não preciso comer a mesma coisa todo santo dia. 

– Canais de culinária no Youtube

O Youtube é uma ótima fonte de pesquisa e inspiração (aproveita e se inscreve lá no canal vai!). Com as imagens, fica muito mais fácil transformar um prato em realidade. Os canais que gosto de acompanhar são: Ana Maria Brogui, Receitas de Minuto, Master Chef Brasil e Tastemade Brasil.

LEIA MAIS: Dicas para planejar uma viagem sozinha

– ‘Marmitas e Merendas’, no GNT

O canal da TV paga, GNT, exibe um programa muito legal sobre o universo das marmitas. O “Marmitas e Merendas” pode ser mais uma fonte de inspiração para quem quer começar a levara comida de casa, mas não sabe por onde começar.

Agora me conta. Qual é a sua maior dificuldade quanto o assunto é economizar para viajar?

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Rio de Janeiro

Onde se hospedar no Rio de Janeiro?

A Cidade Maravilhosa é um destino muito procurado o ano todo. Mas, no período de dezembro a janeiro o número de viajantes no Rio de Janeiro chega a dobrar. Para se ter uma ideia, somente este ano (2018), mais de seis milhões de turistas são esperados na cidade para o Carnaval.

Com tanta gente, o valor da hospedagem pode ficar bem mais caro. Pensando nisso, separei alguns lugares bons e baratos que valem a pena aqui no Rio. Confere só:

Você sabia que pode reservar sua hospedagem através do Kari Desbrava? Somos afiliados do Booking.com 🙂 Fazendo sua reserva através do blog você me ajuda a continuar produzindo conteúdo de qualidade e não paga nada a mais por isso.

Na Zona Sul

– Urca Hostel

Com nota 8,8 no Boking, o Urca Hostel tem boas avaliações quando o assunto é localização, custo-benefício, funcionários e conforto. Para quem não conhece o Rio, a Urca é um bairro da Zona Sul, um pouco mais afastado dos principais, conhecido por sua tranquilidade. 

– Hostel in Rio Suites

Essa acomodação fica no bairro do Flamengo, na Zona Sul do Rio. Sua localização é muito bem avaliada, com nota 8,9. 

Leia mais: Manual de sobrevivência: Carnaval no Rio de Janeiro

– Arena Ipanema Hotel

O Arena fica em Ipanema. Tem nota 8,9 em média. Já nas categorias tem nota 9,3 em localização, 9 em funcionários, 9 em limpeza, 8,9 em conforto, 8,3 em custo-benefício, 8,7 em comodidades, 8,3 em café da manhã, 8,8 em Wi-Fi gratuito. 

– Hotel Novo Mundo 

O hotel é um tipo de hospedagem 4 estrelas. Segundo sua descrição, fica a 3 minutos a pé da praia do Flamengo. Também fica perto do Palácio do Catete e a apenas 400 m da Estação de Metrô Catete. Tem nota 8,2 no Booking. 

– Petit Rio Hotel

O Petit Rio Hotel fica a dois quarteirões da Estação de Metrô Catete e a 3.4 km do Pão de Açúcar. O café da manhã está incluso no valor da diária. Tem nota 9,0 no Booking. 

– Ipanema Beach House

Com ótima localização, o Beach House é uma boa opção para quem deseja ficar na Zona Sul do Rio pagando pouco. 

 

Você sabia que pode reservar sua hospedagem através do Kari Desbrava? Somos afiliados do Booking.com 🙂 Fazendo sua reserva através do blog você me ajuda a continuar produzindo conteúdo de qualidade e não paga nada a mais por isso.

Na Zona Oeste

– Hostel Solar do Recreio

O Solar Recreio tem nota 9,3 no Booking. Ele é super bem avaliado em todos os quesitos. Destaque para o conforto e Wi-fi.

– Hostel Canoas

Esse hostel também é bem avaliado. Tem notas acima de 8 em todos os requisitos com destaque para funcionários, limpeza e custo-benefício. 

– Hostel da Barra

O Hostel da Barra fica próximo a Estação de Metrô Jardim Oceânico. Tem nota 9,3 no Booking , com ótimas avaliações para os quesitos funcionários, limpeza, localização, entre outros. 

 

Ah, se optar por se hospedar nessa região da cidade, aproveite para conhecer as praias da Joatinga e Grumari. 🙂

Na Zona Norte

– Arena Maracanã Hostel

O Maracanã Hostel fica bem próximo do estádio do Maracanã e também próximo das estações de metrô de São Cristóvão, Maracanã e São Francisco Xavier. Junta uma localização bacana com um preço em conta. Tem nota 8,4 no Booking. 

Centro

– Casa Nova Hotel 

Esse hotel fica no bairro da Lapa, no Centro do Rio. Tem nota 8,9, com destaque para a limpeza e o custo-benefício. 

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Listas/ Viagens

4 atitudes para não se endividar com as viagens de fim de ano

Quem não ama viajar no fim do ano? Viajar é tudo de bom sempre! Mas, logo depois das festas vem janeiro, um dos meses em que mais temos contas para pagar!!!, e os resquícios das compras de natal… Por isso, é bom ter um planejamento para não começar 2018 endividado e com as contas (e viagens) comprometidas! Para não passar por esse perrengue veja 4 dicas importantes: 

LEIA MAIS: 7 dicas que você deve seguir se quiser viajar mais  

1- Estipule o quanto vai gastar

Antes de viajar, saiba exatamente quanto pretende gastar. Escrevi pretende aqui, pois pode ser que você opte por gastar mais (cuidado com essa opção!) ou menos do que pretendia. Para saber quanto vai gastar em uma viagem faça o orçamento avaliando o destino, período, além de gastos com hospedagem, transporte, alimentação… Ah, não esqueça de separar um valor para os presentinhos ou possíveis compras.

2- Não tenha vergonha de negociar preços

Deixe a vergonha de lado e negocie os valores. Dessa maneira você pode conseguir descontos incríveis e que vão dar um alívio para o seu bolso. Sem falar, que quem sabe você não volta com um dinheirinho sobrando para a próxima viagem?

3- Saiba exatamente como anda sua vida financeira

Antes de viajar, é preciso entender como vai a sua vida financeira. Se você anda endividado, será mesmo que vale a pena se endividar mais ainda por uma viagem? Planejamento é o melhor amigo do viajante. Com ele você consegue viajar sem precisar arruinar suas finanças. Se mesmo assim, o bichinho da vontade de viajar te picar considere conhecer cidades próximas a sua ou mesmo pontos turísticos da sua própria cidade (oh, a filosofia do #DesbravaSuaCidade aí!), além de atividades ao ar livre, como parques, ou gratuitas, como museus. 😉

LEIA MAIS: Dicas para planejar uma viagem sozinha

4 – Lembre-se das contas

Como sabemos viajar é maravilhoso, mas fim e início de ano são meses de IPTU, IPVA, material escolar, matrícula, resquício de compras… Portanto, não gaste todo seu dinheiro na viagem e depois fique desesperado sem saber como pagar as contas. Tenha atenção e planeje-se, que com certeza muitas viagens virão, e dores de cabeça serão evitadas.

 

Salve a imagem abaixo e compartilhe com quem precisa dessa dica!

 

finanças-viagem-fim-do-ano

Vídeos que podem te ajudar a aprender a se educar financeiramente:

Se você gostou deste post compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Beijos,
Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In O que fazer no Rio

Confira o calendário de eventos 2018 do Rio de Janeiro

Quem curte um evento vai amar 2018. Isso porque no ano que vem a Cidade Maravilhosa ganhará um calendário de eventos que abrangerá o ano todo. A novidade foi nomeada de Calendário Rio de Janeiro a Janeiro.

Dentre as festas que agitarão o Rio estão: o festival Zytrons, Rio Montreau Festival, Rio Bossa & Jazz, Festeja Brasil (de música sertaneja), Festival Ultra (de música eletrônica), Musical da Pequena Sereia e Pop Load Festival.

Para os amantes dos esportes tem 3X3 Espetacular, a volta dos X Games para o Rio, Rio Open, Rio Wood Fest e Grangiro de ciclismo.

Também sediaremos eventos de negócios, como Rio Boat Show e Wired Festival, dedicado à inovação em economia, ciências, segurança, entretenimento, cultura, design e lifestyle.

Nas áreas de moda e gastronomia estão programadas atrações consagradas como Veste Rio e Elle Fashion Preview e novidades como o Rio Shopping Show.

Confira abaixo a lista dos 100 eventos já confirmados: 

calendario-eventos-riodejaneiro

* A lista completa será divulgada em janeiro de 2018.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Rio Grande do Sul

Casa Mario Quintana: uma celebração à cultura

Uma atração que queria muito conhecer em Porto Alegre era a Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ). Poeta com textos inspiradores, andar por aqueles corredores onde Quintana viveu é realmente emocionante.

Lá conheci o quarto de Mario Quintana, além de visitar um acervo sobre a cantora Elis Regina, exposições e um café no terraço do antigo Hotel Magistc. Mas, o local tem muito mais atrações: como por exemplo teatro, cinema e até biblioteca. É uma verdadeira celebração da cultura!

Todos esses que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão…
Eu passarinho!

( Mario Quintana )

Como começou

Onde hoje funciona a Casa de Cultura Mario Quintana antes era o Hotel Magistic. Foi nesse hotel que Quintana viveu entre 1968 e 1980, no apartamento 217. O escritor é natural da cidade gaúcha de Alegrete, mas adotou Porto Alegre, também chamada de Poá, como sua cidade do coração.

O Magistic teve seu auge entre a década de 30 e 50. Além de Quintana, lá também se hospedaram grandes nomes da política nacional e do mundo artístico como os ex-presidentes Getúlio Vargas, Jango Goulart e Virginia Lane.

A virada de hotel para casa de cultura aconteceu em 1980 quando o Governo do Estado de Porto Alegre comprou o hotel da empresa Barisul.

Atrações

Como falei acima, a Casa de Cultura Mario Quintana tem diversos espaços dedicados a cultura. Deste, conheci quatro, que são:

– Quarto do Mário Quintana 

O ambiente é uma reconstrução fiel do cômodo onde Mario Quintana viveu. O quarto traz móveis e objetos pessoais que foram usados pelo escritor.

casa-mario-quintana-3

– Acervo Elis Regina

O local foi planejado para reunir documentos e materiais sobre a vida e carreira da “Pimentinha”, como era chamada. Os objetos foram doados por fãs da artista e colecionadores.

casa-mario-quintana-2

Funcionamento: de terças às sextas, das 9h às 18h. Sábados, domingos e feriados de 12h às 18h.

– Restaurante Café Santo de Casa

O café/restaurante fica no terraço da centro cultural. Como o próprio nome já dá ao entender, o restaurante é todo decorado com peças religiosas: de Nossa Senhora a Buda. Além disso, as sobremesas sã bem saborosas! Experimentei um brownie com sorvete e churros com açúcar salpicado por cima e calda de chocolate. Deu água na boca só de relembrar! 

casa-mario-quintana casa-mario-quintana-4 casa-mario-quintana-5

– Espaço para exposições 

Entre os noves espaços de exposições, visitei a Galeria Xico Stockinger. Nela, que fica no 6 andar do prédio, funciona o Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (MACRS), criado em 1992.

casa-mario-quintana-6

Viajar é trocar a roupa da alma. (Mário Quintana)

Serviço

Casa de Cultura Mario Quintana. Rua dos Andradas, 736, Centro Histórico de Porto Alegre. Horário de funcionamento: de terças às sextas, das 9h às 21h. Sábados, domingos e feriados, de 12h às 21h.

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Belém

Mangal das Garças, um pedaço da riqueza amazônica no centro de Belém

Muito verde, natureza, preservação ambiental. Se essas palavras lhe chamam a atenção com certeza você vai gostar deste post. Durante minha viagem ao Pará, conheci lugares lindos que fica até difícil dizer qual foi o que mais gostei. Mas, no top 5 está o Mangal das Garças, que fica bem próximo ao Centro Histórico de Belém.

O Parque Naturalístico Mangal das Garças foi criado em 2005 com o intuito de revitalizar uma área de cerca de 40.000 metros quadrados às margens do Rio Guamá. O resultado disso é um espaço que une natureza, com as mais variadas atrações da fauna e flora da Amazônia, e atrações turísticas que deixam os visitantes encantados.

magal-das-garças-3 magal-das-garças-4

magal-das-garças-12

O Mangal das Garças é dividido em nove atrações, que são elas:

-Memorial Amazônico da Navegação

-Farol de Belém

-Viveiro das Aningas

-Restaurante Manjar das Garças

-Mirante do Rio

-Lago Cavername & Lago da Ponta

-Fonte de Caruanas

-Borboletário

-Armazém do Tempo

Destas, as que mais me encantei e que vale demais a visita são o Borboletário e o Viveiro das Aningas. Em ambas as visitas, os responsáveis pelo espaço explicam a rotina dos animais, mostram do que eles se alimentam e você entende mais um pouquinho da grandiosidade da nossa natureza.

magal-das-garças-7 magal-das-garças-9 magal-das-garças-10

Também ouvi falar super bem do restaurante Manjar das Garças, mas como cheguei lá depois do horário do almoço não consegui conhecê-lo. Fica para uma próxima viagem a Belém.

O Farol de Belém estava interditado quando fui 🙁 Queria tanto tirar uma foto do parque lá de cima. Mas, isso também vai ficar para uma próxima viagem.

Quando for, aproveite para andar bastante pelo parque e explorar os encanto que só a região amazônica tem.

Tarifas e horários de funcionamento

O Mangal das Garças funciona de terça a domingo, das 9h às 18h. A entrada no parque é gratuita, porém para conhecer o Borboletário, o Farol, o Viveiro e o Memorial da Navegação da Amazônia é preciso pagar. O valor da entrada de cada atração custa R$ 5. Caso queira conhecer todas as atrações vale comprar o passaporte, que dá acesso a todos os espaços por R$ 15 (uma economia de R$ 5.

O Mangal das Garças também possui estacionamento com 107 vagas. O valor da hora neste caso é de R$ 5.

Eles também oferecem a opção de passeio guiado. As visitas podem ser feitas de terça a sexta-feira, nos horários das 9h, 10h30, 14h30 e 16h. O tour pode ser agendado aqui.

Para mais informações, só entrar em contato com o Mangal através do telefone (91) 3242-5052 ou e-mail: agendamento@mangalpa.com.br.

Curiosidades que aprendi no Mangal

– Os guarás, aqueles pássaros vermelhos, originalmente tem as penas acinzentadas, mas adquirem aquela coloração por conta da alimentação à base de um caranguejo rico em caroteno;

– As arraias (raias) de água doce ou amazônicas são coloridas, diferentemente das arraias de água salgada.

magal-das-garças-11

– Alguns animais que estão no Mangal das Garças, e que recebem cuidados das equipes do local, seriam traficados, foram recuperados em operações do Ibama e levados para o Mangal por não terem mais condições de viverem na natureza.

Confira outros posts sobre o Pará:

Pará: diversidade cultural e riquezas do Norte do Brasil

Passeio de barco pela orla de Belém

Review Manga Hostel: hospedagem em Belém do Pará

O que fazer na Ilha de Marajó

Passeio na Fazenda Bom Jesus, na Ilha de Marajó

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In Paraná

‘Cooldown’: um bar para apaixonados por esportes eletrônicos

Quem ama esportes eletrônicos com certeza vai gostar desse bar. O Cooldonwn é uma hamburgueria que reúne diversos espaços para os fãs dos e-sportes se divertirem (e jogarem!).

Entre os ambientes do Cooldown estão: a arena cooldown, espaço voltado para torneios, amistosos e treinos de times; telões e TVs, que transmitem eventos e programação dos E-sportes, como jogos de League of Legends (LoL), e o universo Geek; Cabines de streaming, com espaços de streaming individuais e coaching; além, é claro, de um cardápio temático de hambúrgueres, saladas, aperitivos e sobremesas inspirados nos jogos.

bar-esports-3

bar-e-sports

Durante a viagem a Curitiba, eu e mozão (Leo) conhecemos esse espaço. No tempo em que ficamos no bar, o Leonardo ‘sondja’ Castelo aproveitou para jogar LoL na arena enquanto eu experimentava uma das sobremesas do cardápio.

Depois, demos um rolé pelo bar, que é bem grande, assistimos a um dos jogos que passava no telão e experimentamos mais comidinhas. Entre os nossos pedidos estavam: a Mana Potion (Vodka, Infusão Fresh, Curaçau Blue, Limão e Monster Ultra); Fried Super Minions (Batatas Fritas acompanhados de uma camada de Bacon e Cheddar derretido); e Hambúrguer Capitão (Pão de Hambúrguer, Queijo Cheddar, Geléia de Pimenta, Bacon Hambúrguer Bovino de 170g). 

bar-e-sports-4

bar-e-sports-2

Por fim, conhecemos até a área de fumante, que é decorada inspirada no jogo Counter Strike (CS).

O mais bacana do Cooldonw é que de fato ele cumpre com a sua proposta: a de oferecer uma experiência completa em entretenimento para amantes e entusiastas de E-Sports, jogadores ou não.

No caso, tanto eu (que não jogo) quando Leo (que ama jogar) nos divertimos bastante e tivemos uma tarde super agradável lá. Fica a dica para quem for a Curitiba!

Confira mais posts sobre Curitiba:

Visita guiada a Arena da Baixada

Tour Comida de Boteco

Curitibando: experimentei licor de merda!

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



0 In O que fazer no Rio/ Rio de Janeiro/ Trilhas

Pedra Bonita: o que você precisa saber para fazer essa trilha

A Trilha da Pedra Bonita é um dos picos mais lindos e mais fáceis de fazer do Rio de Janeiro. Ela fica dentro do Parque Nacional da Tijuca, entre a Pedra da Gávea e os bairros de São Conrado e Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

Dito isso, a intenção desse texto é te ajudar a fazer ela sozinha, caso queira, ou te apresentar a opção de ir em grupo.

LEIA MAIS: Tudo sobre voar de asa delta

A trilha

Apesar de apresentar alguns trechos íngremes, a Trilha da Pedra Bonita é considerada leve. Na minha opinião, “a pior parte” é o trecho íngreme para chegar até a entrada da trilha. Mas, existe um macete para aqueles que não quiserem subir essa parte a pé. É possível subir essa ladeira de carro e estacionar o veículo próximo a rampa de voo livre. Neste caso, só existe dois poréns: você terá que pagar o estacionamento e terá que chegar cedo, já que ele é pequeno e lota rápido.

DCIM100GOPROGOPR1629.
Sobre a trilha, ela é bem tranquila. Só atente-se a altitude, que pode dificultar um pouco a respiração (principalmente se você tiver algum problema respiratório). Portanto, lembre-se de levar aqueles itens necessários de toda trilha.

Na maior parte do percurso, a caminhada é agradável, pois os visitantes passam por dentro da mata fechada, o que significa sombra e uma brisa. Próximo ao cume, a vegetação fica mais baixa, sem a proteção natural das árvores, e o sol mais forte. Logo, um boné/chapéu nessas horas cai super bem.  

DCIM100GOPROGOPR1588.

DCIM100GOPROGOPR1579.

DCIM100GOPROGOPR1576.

Assim que se chega na Pedra Bonita, temos uma surpresa mais do que agradável: uma vista linda! Lá de cima podemos ver a Pedra da Gávea, Praias da Barra, São Conrado, Leblon e Ipanema, além do Morro Dois Irmãos, Floresta da Tijuca e algumas partes da Zona Sul. Sério, não tem como sair de lá sem achar essa cidade MARAVILHOSA!

DCIM100GOPROG0071563.

trilha-pedra-bonita-kari-desbtrava-12

trilha-pedra-bonita-kari-desbtrava-11

DCIM100GOPROG0031436.

trilha-pedra-bonita-kari-desbtrava-6

Para os mais animados, vale levar comidinhas frescas e fazer um piquenique lá em cima. Com aquele vistão da cair o queixo, não tem como não ser um programa bacana.

Por fim, na descida dê uma passadinha na pista de voo livre, da onde partem os vôos de asa delta e parapente. Quem sabe você não se anima e não topa voar? 

DCIM100GOPROGOPR1609.

Como chegar

Falei no tópico anterior que é possível ir de carro para a Pedra Bonita. Mas, também é possível ir de transporte público. Aqui vou ensinar as duas formas.

De carro, se você vier da Zona Sul ou Zona Oeste, a opção é ir pela Estrada da Canoa até encontrar uma placa indicando o início do trajeto (Estrada da Pedra Bonita). Agora, se você vier da Zona Norte ou Baixada Fluminense, a melhor opção é pelo Alto da Boa Vista. Caso você não tenha um carro, você pode alugar um através do link de afiliados aqui do blog. Nesse caso, você ajuda o Kari Desbrava a continuar produzindo conteúdo sem pagar nada a mais por isso 😉

Já de ônibus, você pode pegar um até o Alto da Boa Vista, descer no Corpo de Bombeiros do Alto e pegar o ônibus 448 (Alto da Boa Vista – São Conrado). Ele te deixará na porta da ladeira rumo ao início da trilha. Caso tenha dúvida, basta perguntar ao motorista 😉 

DCIM100GOPROGOPR1635.

Se mesmo com as dicas acima, restar alguma dúvida, vale consultar os aplicativos Google Maps e Moovit.

Por conta própria ou em grupo?

Você pode fazer as trilhas do Rio por conta própria ou em grupo. Na minha opinião, para fazer por conta própria, só se você já tiver feito o percurso antes. Para uma primeira vez, ainda mais se você não for do Rio, aconselho a ir com grupos de trilha. Digo isso, para evitar transtornos de se perder na mata ou ainda de se perder no trajeto e acabar parando em alguma favela e acontecer algo mais grave. Sem falar, que em passeios em grupo você sempre acaba fazendo amizades 🙂

Esse passeio da Pedra Bonita fiz com o pessoal do Sou+Carioca, um projeto idealizado pela Gabriela Palma, do blog Gaby Pelo Mundo. O Sou+Carioca tem basicamente a mesma filosofia deste blog: a de incentivar as pessoas a conhecerem a própria cidade. 

Geralmente, em cada passeio paga-se um valor (em torno de R$ 20 por pessoa). O pagamento é feito no início do passeio e você ganha uma pulseira para identificar quem é do grupo.

Vale lembrar, que os grupos de trilhas, são compostos por pessoas das mais variadas idades, tipos e condicionamentos físicos. Logo, tenha paciência e seja cordial, pois nem todo mundo tem o mesmo pique que você. Um boa dose de empatia e alegria fazem o passeio ser bom para todos!

Também verifique se a empresa contratada para o tour ou se os guias do grupo de trilha são credenciados no Ministério do Turismo. Evite fazer passeios com pessoas ou empresas não credenciadas. O profissional credenciado foi treinado e está apto a fazer passeios turísticos, diferentemente de alguém não credenciado. Isso é de suma importância para a sua segurança.

Trilha da Pedra Bonita

Nível:  Leve a moderado
Tempo de duração Até 40 minutos
Onde Parque Nacional da Tijuca
Quanto Grátis

 

Confira posts sobre outras trilhas:

Morro da Urca

Pedra do Telégrafo

Dois Irmãos

Pedra do Pontal

Parque Nacional da Serra dos Órgãos

***

Se você achou esse texto interessante compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Assim, além de ajudar o blog, você ainda ajuda algum amigo que precisa saber dessas informações! 

Beijos,

Kari.

Você sabia que através do ‪#‎KariDesbrava‬ você pode reservar seu hotel, contratar um seguro viagem ou alugar um carro? É só clicar nos links abaixo! Assim você resolve tudo da sua viagem e ainda ajuda o blog a se manter sem pagar nada a mais por isso.

Reserve seu hotel com Booking
Seguro Viagem Real Seguros
Alugue um automóvel com a Rentcars



Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox
Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox